Uma Linda Mulher - CAP.72

|



Uma Linda Mulher - Capítulo Bônus




Capítulo 72:


Ao chegar em casa Arthur se deparou com o silêncio e com a ausência de Lua e de Gabriel. Tirou o paletó e os sapatos, caminhou até a cozinha vendo seu prato de comida em cima da mesa, sorriu morto de fome, precisava apenas de um bom banho. E foi o que fez depois de longos 20 minutos, com os cabelos molhados, cheiroso, limpo e bem relaxado, apenas com uma calça preta de moletom das tantas que tinha, esquentou sua comida, com um copo de suco fez uma excelente refeição, olhou o relógio e nada da Lua chegar, se preocupou. Depois de deixar o prato dentro da pia, subiu escovou o dente. Já na sala, novamente, ligou a televisão, assistindo a um canal de esportes, fechou os olhos sorrindo. Céus se sentia tão cansado.
Lua caminhou o shopping inteiro com Gabriel, o menino animado apontava a tudo como presente para Arthur. Haviam jantado, animados, conversado sobre o dia de ambos, e feito planos para o aniversário de Arthur. Gabriel, cansado de caminhar, agora estava no colo de Lua, que de salto alto parecia nem se importar com o peso do garoto que lhe alisava os cabelos em quanto apontava algumas coisas na vitrine. Lua sorriu novamente ao ver apontar para um carrinho de controle remoto enorme, o beijou na cabeça, entrando na loja, não resistindo a dar esse mimo ao garoto.
Gabriel – Mais é aniversário do papai, mãe! – sorriu, com os olhos brilhando ao pegar a caixa ainda maior que ele do presente. 
Lua – Eu sei…– lhe sorriu lhe beijando a ponta do nariz – Mais esse é um presente por você ser um bom garoto. – sorriu a balconista que lhe devolvia o cartão de crédito. 
Caixa – Mais Alguma coisa Senhora Aguiar?
Lua – Não, obrigada. 
Gabriel – Obrigado. – Lua sorriu o pegando pela mão saindo da loja. 
Caixa – De nada…– sorriu se despedindo do garoto atendendo ao próximo cliente. 
Já no carro, no banco de trás com o sinto de segurança, Lua olhou o menino, com a cabeça tombada profundamente adormecido, sorriu ao estacionar o carro na garagem de casa, desceu sem pegar suas coisas. Pegou Gabriel no colo, abrindo a porta com certa dificuldade, céus ele crescia tão rápido. Abriu a porta e ouviu o som da televisão, chegando na sala sorriu ao ver que Arthur dormia com o controle remoto na mão. Subiu as escadas deixando Gabriel em seu quarto, o trocou colocando o pijama, ouviu as reclamações do pequeno em quanto dormia, o beijou nas bochechas o cobrindo saindo do quarto. Descendo até o carro, tirou a caixa do carrinho, e sua bolsa, travou o carro entrando em casa, trancou a porta ativando o alarme. Com muito custo após deixar tudo no chão do corredor, tirou os sapatos e o blazer, abaixou o volume da televisão se sentando no sofá, Arthur estava desmaiado de cansaço, sorriu. Tomaria um banho e depois o acordaria para irem para cama. Depois de 40 minutos, já de camisola com os cabelos presos em um rabo de cavalo alto, descalça desceu até a sala, lentamente e sorrindo se sentou no colo de Arthur, de frente para ele, como haviam feito amor à madrugada inteira, lhe beijou os olhos, as bochechas, os lábios, a orelha, sorriu ao ver o sorriso de Arthur, ainda de olhos fechados o mesmo lhe pegou pela cintura lhe abraçando, e Lua lhe beijou o pescoço.
Lua – Vem, vamos para cama…
Arthur – Cadê o Gabriel? – perguntou ainda sonolento.
Lua – Dormindo no quarto dele…
Arthur – Preciso dar um beijo de boa noite…– finalmente abriu os olhos olhando nos de Lua. 
Lua – Olá! – sorriu lhe beijando os lábios mais uma vez. 
Arthur – Olá! – Lua se levantou, e Arthur se levantou logo em seguida. Desligando a televisão subiram os dois apagando as luzes na escada. Arthur foi até o quarto do filho, lhe dando uma sessão de beijos, lhe acariciou os cabelos, depois de cinco minutos com um beijo de despedida saiu do quarto abaixando a intensidade da luz o abajur. Fechou a porta, caminhando até seu quarto, sem enxergar nada deitou se na cama, na qual Lua já estava deitada, se abraçou a ela, deitando sua cabeça nos seios da mesma lhe acariciando o braço. 
Arthur – Como foi seu dia?
Lua – Normal, foi mais tranquilo hoje, o ano está acabando Thur, estamos no final de Outubro já. 
Arthur – Ainda não parei para pensar nisso. – sorriu. 
Lua – E o seu dia como foi? – Lua gargalhou 
Arthur – Engraçadinha, foi cansado e bem sonolento... O jantar estava delicioso.
Lua – Hum, eu sei…– fechou os olhos caindo de sono - Disse a Nelita para fazer um das suas comidas preferidas.
Arthur – Notei…- fechou os olhos caindo de sono como Lua. – Sinto sono…
Lua – Eu também…
Arthur – Amo você…
Lua – Eu também…– Lua sorriu da situação, e Arthur fez o mesmo, não deu nem 5 minutos e ambos caíram casados no sono.
Arthur se levantou com o despertador, parecia um novo homem, havia se deitado cedo e se sentia completamente descansado a essa hora da manhã. Olhou o relógio, ainda era cedo, seu aniversário seria amanhã, e mal podia esperar para ver o que Lua havia aprontado. Com cuidado saiu dos braços da mulher profundamente adormecida, lhe beijou os lábios a cobrindo com o lençol até o pescoço, Lua se remexeu se virando de lado. Rapidamente Arthur como de praxe tomou um banho se arrumou, e em 30 minutos estava magnífico em um terno cinza claro, com os cabelos penteados, pegou sua pasta e se perfumou, olhou na cama novamente e sorriu. Caminhou até o quarto de Gabriel lhe dando um beijo de Bom dia, nessa mesma hora o garoto acordou, sorriu pulando no colo de Arthur.
Arthur – Bom dia amigão. – lhe beijou a testa lhe acariciando os cabelos. 
Gabriel – Senti saudades papai...– o abraçou com força e Arthur sorriu de olhos fechados retribuindo o abraço apertado e gostoso. 
Arthur – Eu também senti saudades, está tudo bem com você? 
Gabriel – Sim está…– olhou Arthur. – Amanhã é o seu aniversário. – sorriu animado e Arthur fez o mesmo.
Arthur – Eu sei…– se sentou na cama com o garoto no colo.
Gabriel – Nós temos uma surpresa, eu e a mamãe…– fez uma cara de sapeca. – Mais antes que você me pergunte não vou falar nadica. Nenhuma dica, nem nada, eu prometi para a mamãe. – Arthur sorriu. 
Arthur – Ahhh nenhuma pista pequenininha assim? – gesticulou com os dedos e Gabriel negou com a cabeça fechando os olhos.
Gabriel – Nada de nada.
Arthur – Será que se eu te encher de cócegas você me fala? – Gabriel sorriu e disse que não mais uma vez. – Hum, e se eu te encher de beijos? - Novamente Gabriel fez que não com a cabeça. – Ahh droga, desisto! - Arthur sorriu junto com filho. – Vamos almoçar nós dois hoje? 
Gabriel – Almoçar, um almoço de homens? – Arthur assentiu. 
Arthur – Exatamente, um almoço dos homens da casa, eu e você.
Gabriel – Não, só eu sou o homem da casa, a mamãe disse que eu sou um bom garoto. – Arthur sorriu.
Arthur– Tem razão, me desculpe homem da casa, é só você que possui esse cargo; -Gabriel sorriu, se contorcendo dos beijos e cócegas que Arthur lhe fazia. – Vou passar aqui 13:00 para te pegar certo?
Gabriel – Certo.
Arthur – Então me dê um beijo de bom dia, e volte para a cama. – Gabriel assentiu, dando um beijo em Arthur voltou para cama com um sorriso nos lábios, após ser coberto pelo pai e com um beijo de tchau Arthur se despediu, indo trabalhar. 
Após de despedir do filho com uma série de cócegas, Lua arrancou, não se demorando muito para chegar até a Venturini. Deu bom dia a Karla com um sorriso descansado, a noite de sono, havia sido maravilhosa. Se sentou em sua mesa, e o tempo pareceu passar depressa, 20 minutos antes do almoço, pegou o telefone ligando para Marieta, sentia saudades. 
Marieta – Oi minha filha…– sorriu ao outro lado da linha – Gabriel está melhor?
Lua – Oi Marieta, está novo em folha. E você como está?
Marieta – Estou bem, Lua, estamos indo né, nessa casa tão grande é difícil ficar sozinha... 
Lua – Já disse que as portas da minha casa estão abertas para você Marieta, quando você quiser ou precisar sabe que eu, Arthur e Gabriel adoraríamos recebe la.
Marieta – Eu sei Lua, mais ahhh deixa esse assunto para lá, Mel me ligou...
Lua – Sério, bandida, não me ligou ainda, como ela está, e o bebê?
Marieta – Por incrível que pareça ela está bem Lua, não chorou pelo menos quando falou comigo, está animada com a gravidez, mais sente falta do Robert, tem o visto por aí?
Lua – Sabe que não, faz tempo que não vejo o Robert, quer dizer, ele trabalha mais na Aguiar do que aqui, mais acho que tirou uma semana de licença se não me engano. Eu e Arthur não falamos mais sobre esse assunto.
Marieta – E meu filho como está? Animado para amanhã, aliás Lua, o que vamos fazer?
Lua – Arthur está ótimo. Acho que está sim animado. – sorriu, assinando outro documento. – Pensei em um jantar bem confortável e tranquilo, sei que não está muito acostumada, mais pensei em uma pizzaria, em um canto da cidade, não é muito grande mais é bastante limpa, eu e Arthur fomos até lá uma vez, quando ainda não éramos casados.
Marieta – Por mim tudo bem, lhe comprei um relógio. Ahh é um espetáculo, ele vai amar.
Lua – Tenho certeza que vai.
Marieta – E a você o que ele pediu de presente? – Lua sorriu fechando os olhos. 
Lua – Se você adivinhar te dou uma prenda.
Marieta – Não faço a mínima idéia. 
Lua – Me pediu mais um filho…– Marieta soltou um gritinho de excitação, acompanhado com uma gostosa gargalhada.
Marieta – Ahh, bem que conversamos sobre isso, há algum tempo atrás, perguntei se vocês teriam mais filho, e ele não soube me responder. 
Lua – Há um tempo atrás as coisas estavam bem diferentes...
Marieta – É minha filha eu sei…
Lua – Certo, então peça para o motorista te deixar nesse endereço, anota aí. – Lua disse o endereço, se despediu de Marieta desligando o telefone. Voltou a fazer algumas anotações. Bateram na porta, ela pediu que entrasse e sorriu com que viu...
Gabriel – Surpresaaaaaa! – Arthur sorriu com o filho no colo a olhando, atolada de trabalho. 
Arthur – E ai gatinha, rola almoçar comigo e com esse garotão aqui? - Lua gargalhou, estendendo os braços para que Gabriel fosse até seu colo, o filho a abraçou e Lua lhe encheu de beijos.
Gabriel – Íamos almoçar só eu e o papai, almoço de homens sabe mãe. Mais bateu uma saudade de você! – Lua sorriu lhe apertando as bochechas, Arthur se aproximou lhe dando um selinho demorado. 
Lua – Me dê 5 minutos, para terminar isso aqui. – pegou o telefone. – Karla, dá um pulinho aqui a minha sala por favor? – Depois de alguns instantes Karla bateu na porta entrando.
Arthur – Boa tarde.
Gabriel – Boa tardeeee.
Karla – Boa tarde Senhor Aguiar, Olá Gabriel tudo bem?
Gabriel – Sim, tudo ótimo. – Karla sorriu, conversou algumas palavras com Lua para logo depois sair da sala. Lua se levantou pegando sua bolsa, no banheiro retocou a maquiagem. Na saída, com Gabriel no colo Arthur a pegou pela cintura aproximando seus corpos…
O almoço, havia sido maravilhoso e eletrizante, por parte de Gabriel e de Arthur que aprontavam como crianças. Lua havia dado boas gargalhadas, a melhor parte havia sido quando haviam corrido pelo restaurante inteiro brincando de pega, pega. A sobremesa melecou toda a boca e rosto de Gabriel, e a guerra de chocolate quase foi feita se Lua não tivesse brecado se fazendo de séria para ambos. Gabriel segurou o riso, e Arthur baixou a cabeça fazendo o mesmo, será que algo agora poderia dar errado? Lua se perguntou ao ver como pai e filho, gargalhavam...








Está ai o capítulo bônus amores, vocês merecem. :)
Até amanhã, beijos.
Com mais 10 comentários, posto o próximo capítulo.

17 comentários:

  1. Ahhh q lindos, fofos, amaveis e tudo de bomm...
    N preciso m dizer q ameii de paixão esse cap bônus né.. Postaa maisss

    ResponderExcluir
  2. To amaaaaaando *---* climaa boom de LuAr *--*

    ResponderExcluir
  3. Gabriel é fofo demais , quando vem o próximo baby?

    ResponderExcluir
  4. Acho q n aguento tanto suspense.. Posta mais mulher..

    ResponderExcluir
  5. Q fofo eles tendo esse momento família

    ResponderExcluir
  6. Maaaais mais mais, gabriel um amor ♥♥♥♥♥

    ResponderExcluir
  7. Quero saber o que vai acontecer desses mistérios do arthur haha poste mais logo

    ResponderExcluir
  8. Tbm quero saber oq vai acontecer.. Posta maisss

    ResponderExcluir
  9. O que será que vai acontecer no próximo? Ahhh o Gabriel é um lindo ♥.♥

    ResponderExcluir
  10. Que fofos!!! B

    By: Naat '

    ResponderExcluir
  11. Posta maisss por favorr

    ResponderExcluir