Destinos Traçados - 17° Capitulo

|
                       



     -Capitulo Anterior:
Lua: pra que?
Arthur: pra agente conversar
Lua: que eu saiba não temos nada o que conversar
Arthur: vai amor por favor
Lua: não
Arthur: então eu já vou agora não venha mais atrás de mim –ela se sentiu meio culpada porque foi ‘criança’ e foi abrir a porta-

Arthur: eu sabia que isso iria funcionar –falou empurrando ela pra dentro do quarto-
Lua: então isso era só um plano pra mim abrir?
Arthur: claro se não fosse isso você não abria
Lua: que idiota –bateu nele-
Arthur: ta doendo sabia amor?
Lua: é pra doer mesmo
Arthur: tem certeza que você quer bater em mim? –falou se aproximando e ela já sentindo a respiração dele no pescoço dela, já ficou arrepiada-
Lua: seu safado
Arthur: que nada eu quero é aproveitar
Lua: então vamos
Arthur: hum você também gosta disso ne?
Lua: aprendi com você
Arthur: uai
  Ele logo a jogou na cama e começou a encher de beijos por todo o corpo ainda mesmo por cima da roupa e logo tratou de tirar a roupa de Lua a deixando só com as peças intimas e ela fez o mesmo com ele.
Arthur percorria as suas mãos no corpo da amada e logo foram parar nos seios de Lua,
ele até que tentou  tirar ou mesmo arrancar o sutiã de Lua que com a ajuda dela foram parar em algum lugar no quarto,
ele se maravilhou mais uma vez ao ver aqueles pares de seios vantajosos dela e sentiu um enorme desejo de senti-los logo então ele começou com sua caricias naquele lugar.
Ela sentiu a excitação dele ao passar aos mãos pelo membro dele que ainda estava coberto, logo tratou de libera e o orgão dele saltou para fora,
os seus olhos brilharam ao ver aquela cena.. então ela se abaixou mais um pouco e ficou a altura do membro dele assim pegando-o e fazendo ali tudo o que tinha direito.
 Sem perca de tempo ele pegou apressadamente uma camisinha, deslizou pelo seu membro volumoso que fez Lua se animar mais, mais que apressadamente ele penetou nela fazendo investidas um pouco lenta que com a ajuda dela foi se intensificando cada vez mais, depois
eles sentiram uma onda de prazer invadirem seus corpos.. minutos depois eles se deitaram na cama já exaustos porem felizes.

POV NARRADOR

 Eram 18:00 quando Arhtur se levantou e logo viu a sua amada na cama.. dormindo feito um anjo e sorriu ao lembrar o momento de amor que teve a pouco tempo.

POV ARTHUR

 Eu tenho muita sorte de ter a Lua ao meu lado, ela é a mulher mais pra ver se tinha alguém lá e logo encontrou Chay deitado no sofá olhando pro teto

Arthur: iae mané porque ta aqui?
Chay: ué porque eu quero
Arthur: um poço delicadeza viu
Chay: foi mal cara é que eu e a Mel brigamos e ela me expulsou do quarto ai eu vim pra cá
Arthur: porque? Tu fez o que com ela Chay?
Chay: eu não fiz nada
Arthur: então o que aconteceu?
Chay: aa cara a Mel que fica dizendo que isso de nós dois só ta ficando e eu vim aqui toda vez dormir na casa dela não é legal
Arthur: aata, a Mel sempre foi assim cara, ela nunca foi de levar homem pra casa a não ser que seja seu namorado
Chay: então quer dizer que pra que eu continue com ela tenho que pedi-la em namoro?
Arthur: eu acho que é isso sim, porque você ainda não pediu ela em namoro se ta gostando dela?
Chay: você sabe que eu não sou o cara certo pra namorar né
Arthur: então deixa de iludir ela e sai fora
Chay: eu não estou iludindo a sua irmã cara, eu to gostando dela sério
Arthur: então se você diz que gosta dela, o certo é você pedi-la em namoro
Chay: mais eu não quero magoa-la, você sabe como eu sou né
Arthur: então quer dizer que a minha irmã é só mais uma das suas ficantes –falou alto e começando a ficar irritado-
Chay: não cara que isso, você sabe que eu respeito muito a Mel
Arthur: então não fique brincando com os sentimentos dela, se você não quer namorar com ela diga a ela e acabe pois é melhor ela sofrer agora do que depois
Chay: calma Arthur sou eu Chay seu amigo
Arthur: você é meu amigo mais não é só por causa disso que eu vou lhe apoiar em tudo
Chay: eu não estou querendo dizer isso..
Arthur: eu não quero ser grosseiro só quero lhe dizer uma coisa. Pense bem no que vai fazer porque se minha irmã sofrer por sua causa eu não repondo por mim
Chay: isso é uma ameaça?
Arthur: claro que não Chay até porque você é meu amigo e não vou lhe ameaçar, isso só é um aviso porque você sabe muito bem como eu sou com a Mel.. eu a defendo de tudo e sabe como ela é frágil então não brinque com os sentimentos dela
Chay: claro que não.. isso nem é minha intenção, bom eu vou pensar no que fazer e não vou faze-la sofrer
Arthur: acho bom
Chay: cara relaxa.. bom estou morrendo de fome e você?
Arthur: sempre né?
Chay: nem sempre é porque faz um tempão que não como
Arthur: que faz um tempão o que, você almoçou a pouco
Chay: nada disso faz tempo
Arthur: você não tem jeito mesmo, bom vamos na cozinha vê se tem algo

 POV NARRADOR

Eles foram.. enquanto isso no quarto de Lua ela acorda e sente um vazio na cama se vira e vê que o Arthur não está lá

Lua: onde será que ele tá? Será que já foi sem ao menos me dar um xau? Não não.. você me arrumar - ela se arrumou e desceu pra cozinha quando chegou estavam o thur e o chay comendo - amor porque não me acordou?
Arthur: você estava tão linda dormindo que deu pena – disse indo em direção a lua e dando um selinho na mesma -
Lua: oi Chay
Chay: oi Luinha
Lua: o que vocês estam.. - sentiu um enjoo forte e correu para o banheiro -


 O que será que aconteceu com Lua?, fiquem um pouquinho curiosos :).   Mais tarde tem mais!

8 comentários:

  1. está ótima a web posta mais, parabéns

    ResponderExcluir
  2. ameeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei

    Ana

    ResponderExcluir
  3. Omg ela ta gravida?? OO` posta logo amo de paixao essa web :)

    ResponderExcluir
  4. Uoool Luinha gravida? Seriooo isso? Se sim, eu vooou amaaar!

    ResponderExcluir