3ª Temporada - Mais que Melhores Amigos - 32º Capitulo

|

POV ARTHUR

O dia ontem tinha sido agitado e um pouco cansativo. Digamos que a parte pior foi ter de arrumar a bagunça toda, ontem à noite  até tarde, mas com a ajuda da Lua tudo se tornava mais fácil. É certo que cansou um pouco arrumar tudo, mas o mais importante é que o primeiro aniversario da minha filha foi celebrado com sucesso. Todo o mundo adorou, especialmente ela que viu novas coisas pela primeira vez, como por exemplo aquele bolo enorme, assim como aquelas brincadeiras diferentes dos outros dias.

Hoje de manhã, o meu acordar foi um pouco diferente. digamos que mais doloroso, do que o normal. Senti uma espécie de dentada na minha mão e quando acordei, desnorteado completamente, vi que tinha sido a minha pequena… a Lua estava ao lado dela, acordada, toda sorridente.

Arthur ri: isso é o que eu penso que é? – perguntei ainda, cheio de sono
Lua ri: veja com os seus próprios olhos

Eu peguei a Juliana e sentei ela no meu colo, depois, devagar, abri a sua boquinha para que eu pudesse ver o dentinho que ela ganhou hoje. Ainda era bem pequeno, mas foi o suficiente para morder.

Arthur ri: quando foi isso? ela não tinha ontem, pois não? – perguntei animado
Lua ri: não… mas lembra que ela estava mordendo mais do que o normal a chupeta? Então… esse foi o resultado.
Arthur ri: que linda a minha pequena com um dentinho… tenho de postar isto agora no instangram!
Lua ri: eu já postei uma foto hoje.

Não tem explicação o carinho que eu recebo no twitter de cada fã. Todos têm aquela mensagem diferente, criativa e que me faz abrir um sorrisao, lendo. São sem duvida, de mais!

(…)

Eu estava a fim de ir a lugares diferentes. Queria passear um pouco com a Lua e a Juliana e quem sabe talvez mais tarde passar um pouco na casa da minha mãe. Ontem eu tive pouco tempo com ela e mal deu para conversar direito.

Lua: cinema?
Arthur: a Juliana não pode entrar
Lua: praia?
Arthur: tá muito sol pra ela
Lua: casa de amigos?
Arthur: não, quero algo diferente
Lua: irmos a uma festa?
Arthur: que festa?
Lua ri: pior que eu não sei também
Arthur ri: boba! Que tal irmos àquele parte que tem jogos em que ganhamos prémios e tals…
Lua: àquele que nunca fomos?
Arthur: nunca mesmo…
Lua: tá, vamos lá

A verdade é que agente já tinha saído de casa, mas eu estava dirigindo sem rumo. O pior é que esse tal parque ficava no outro lado da cidade, ou seja, o sentido contrário do que eu estava dirigindo.
Então tive de voltar para trás, o que nem me aborreceu, porque a Juliana estava acordada e estava “falando”…

Lua: ela nunca mais disse “mamãe”
Arthur: ela só diz quando quer

A verdade é que fomos cantando até lá e chegamos rapidinho.
Estava mó confusão de pessoas. A Juliana foi ao meu colo e não sei porquê, começou a olhar muito para os balões/bexigas que um senhor lá vendia. Eu comprei um para ela e adivinhem com que desenho animado?

Lua: a Minnie de novo Arthur?
Arthur: você queria o quê pra ela? O mickey?
Lua: sempre mudava um pouco né? Eu cansei de ver a Minnie
Arthur ri: e do meu beijo, você cansou?
Lua ri: disso nunca! – respondeu e ainda me roubou um selinho

Continuamos andando naquilo que podíamos chamar de feira. Mais à diante tinha aqueles carrosséis de crianças. Eu imagina, a Juliana, daqui a uns anos andando ali a toda a hora e ainda pedindo por mais voltas.

Lua: vamos andar com ela lá?
Arthur: não Lu… aquilo roda de mais
Lua ri: tem medo de ficar zonzo é?
Arthur ri: um pouco…
Lua: vem, por favor! Vamos com a Ju…
Arthur: aff, tá! – ela me convenceu

Com os olhos que a Lua tem, é impossível ela não convencer alguém de fazer alguma coisa.
Eu comprei dois passagens, para mim e para a Lua, que tinha acesso a 1 volta. Acho que isso ia chegar

(…)

Digamos que foi o suficiente para eu ficar zonzo. Lá a Juliana, adorou!

Lua: que tal jogar ali? – ela apontou para outra barraquinha
Arthur: tudo menos carrosséis!

Ela já ria das minhas atitudes. O que ficou mais engraçado foi ver o meu vicio por aquele jogo idiota da barraquinha que a Lua escolheu vir.
O objetivo era deitar a baixo todas as 12 latinhas apenas com a jogada de uma bola. Eu tentei umas 4 vezes e quando acertei fiz mó barraco.

Xx: pode escolher um prémio – disse o dono daquela barraquinha viciante
Lua: eu quero… - ela via vários disponíveis – Aquele ali – ela escolheu um ursinho diferente
Arthur: obrigado! – agradeci, quando o homem me deu o boneco
Lua: para acabar o dia em grande, agente podia ir comer algodão doce. O que você acha?
Arthur ri: ótima ideia…

Isso fazia me lembrar aquelas nossas idas, todos os dias, enquanto melhores amigos, que agente fazia quando saia da escola. Tinha dias que ela pagava e tinha outros dias que era eu que pagava…


Corrigindoooo: a web termina no cap 40 e nao no 30 xD


7 comentários:

  1. Ai ta acabando aaaa vou chorar mentira é de emoção pq ta linda e vai fazer falta
    Ass:Manu

    ResponderExcluir
  2. Posta ++++++++++++++++++
    Ameeii *-*

    ResponderExcluir
  3. Tliste u~u ! Não pode acabar agora poxa ! Vou sentir muita falta dessa web, eu amo ela ! AH obrigado pela divulgação ! Obrigado mesmo :-D Beijão <3

    ResponderExcluir
  4. Já está quase acabando. :(
    Vou sentir falta da web...

    ResponderExcluir
  5. Posta maais ? Triste pq vai acabar , já está na minha rotina ler sua web.

    ResponderExcluir
  6. Já tô morrendo de saudade dessa web!!!

    ResponderExcluir