Uma Linda Mulher - 2ª TEMP. | CAP.86

|


Uma Linda Mulher - 2ª Temporada





Capítulo: 86

Lua – Arthur? – o chamou desencostando da parede. – Seu dedo…
Arthur – O que tem meu dedo? - ele retrucou se preparando para sair.
Lua – Está sem aliança… – Arthur subiu sua mão, apertou os olhos negando com a cabeça.
Arthur – Lua… - a chamou quando ela já caminhava até a porta, Lua se virou o encarando, estava nítido que ela se contorcia para não desabar. – Eu…
Lua – O jantar, estão nos esperando… – Arthur se calou de imediato, suspiro ouvindo a porta de fechar, voltaram para a mesa, e se fosse possível Arthur quase não pronunciou uma palavra durante todo o jantar, a sobremesa foi servida, a conversa fluía naturalmente, o ambiente parecia agradável e tranquilo, a música voltava a tocar em batidas estilo baladas suaves, as velas haviam sido apagadas, e formavam se rodas por todo o salão, onde os empresários conversavam junto com suas mulheres gargalhando e exibindo seus maravilhosos casamentos.
Mel – O que está acontecendo, Arthur? – murmurou discretamente  sorrindo para um casal de conhecidos que havia passado. – Que há algo entre você e Lua quase todo o salão percebeu, mais o que está acontecendo? Está mudo, Chay e Micael não sabem mais como puxar assunto contigo.
Arthur – Estou com a cabeça longe…
Mel – Sério? – ela respondeu irônica.
Arthur – As coisas não andam muito bem. – Mel se virou o mirando com compreensão, visivelmente ele falava de Lua. – Esse é o simples fato.
Mel – Arthur, estão só implicando um com o outro, Lua deve estar chateada porque ficou preso no transito.
Arthur – Eu não estava preso no transito… – Mel se virou com a testa franzida para ele, o copo quase escorregou de sua mão.
Mel – O que você está fazendo? Escute Arthur…
Arthur – Não… – ele negou com a cabeça tomando outro sorvo de champanha, Mel entendia quando ele fazia isso, estava dando o assunto por encerrado. – E o meu sobrinho?
Mel – Está com Robert esse final de semana. – Arthur assentiu.
Arthur – Linda está maravilhosa, abre o maior sorriso ao me ver… – Mel sorriu. – Gabriel deixou de fazer uma atividade na sala, para ter um motivo a mais para ficar acordado até tarde para esperar eu chegar. –  Arthur sorriu negando com a cabeça. – Está cada vez mais esperto…
Mel – Querido, eu sou sua irmã, pode me dizer o que está acontecendo. Nós sempre dizemos um ao outro, se lembra?
Arthur – Meu casamento está indo para o ralo… – Mel arregalou os olhos o olhando, Arthur pegou outra taça do liquído espumante.
Mel – Está brincando?
Arthur – Não converso com Lua civilizadamente há dois meses… – negou com a cabeça, mirando a esposa que conversava com dois empresários, ela sorriu mais percebia se que queria gritar e sair correndo para o refúgio mais próximo. – Ela está errando e eu estou piorando… – sentiu vontade de esmurrar algo. – Eu não sei onde eu estou com a cabeça… – Mel suspirou continuando a dar atenção ao irmão.
Mel – Como? Eu passei o final de ano com vocês Arthur, eu não acredito que foram assim tão fracos a ponto de deixar que o que aconteceu os abalasse tanto assim. As crianças já perceberam? – Arthur negou com a cabeça, continuando a mirar Lua, que agora sozinha pegava uma taça de champanha, ela tirou a franja dos olhos baixando a cabeça, bebeu o copo de uma vez só o deixando na mesa, girou a aliança em seu dedo franzindo a testa rapidamente, iria chorar, Arthur se preparou para dar um passo então ela levantou a mirada, respirou fundo dando atenção a esposa de Heleno que certamente a elogiava novamente.
Arthur – Não, Gabriel ainda não percebeu. Somos bons nisso, esqueceu?
Mel – Sim esqueci… – Mel respondeu ríspida. – E vocês também deveriam ter desaprendido. – ela voltou a negar com a cabeça. – É, sabendo de algo é fácil ver os sinais, Lua está se segurando conversando com a esposa de Heleno.
Arthur – Seus lábios estão tremendo, ela nunca faz isso quando realmente está sorrindo, naturalmente a palma da mão dela está suando. - Lua respirou fundo alisando a lateral do vestido suas mãos estavam suando. – Morde os lábios cada vez que se lembra de mim, porque naturalmente ela gira a aliança no dedo eu faço o mesmo quando me lembro dela… – Lua girou a aliança no dedo tentando se concentrar no que a adorável esposa de Heleno, Cássia estava dizendo. – Então ela para de sorrir e seus olhos naturalmente se enchem de água… – Lua respirou fundo sentido seus olhos de marearem. – Como ficam rapidamente vermelhos ela respira fundo, e volta a sorrir, como se nada estivesse acontecendo… –  Arthur baixou a cabeça. – Droga Mel, eu vou perder a minha mulher… – Mel o observou, sentia vontade de o abraçar com força, mais não pode, Chay logo chegou conversando com Arthur um assunto interessante sobre as empresas, ela pediu licença se afastando.
Lua se despediu de Cássia, respirou fundo parando de sorrir, abaixou a cabeça pegando outra taça de vinho.
Mel – Vou ter que carrega la se virar outra de uma vez só… – Lua sorriu constrangida, suas bochechas coraram e Mel sorriu. – Está tudo bem? A impressão que tenho ás vezes, é que está a ponto de explodir em qualquer momento. - Lua bebeu um gole de sua bebida. – Conversei com Arthur…
Lua – Seu "irmão", não está usando aliança Mel… – Lua negou com a cabeça, bebendo outro gole, Mel observou o dedo de Arthur, ele realmente não estava. – E também não está prestando a atenção em uma única palavra que Chay está dizendo porque seu olhar está fixo em alguma coisa… – Mel sorriu negando com a cabeça. – Ele começa a morder os lábios de baixo, e balança a cabeça conforme vai pensando em alguma coisa. – Arthur mirou Chay, ele parecia estar falando grego, respirou fundo mirando o piso, pensando no que tinha feito durante toda à tarde; – Então ele se perde, e seus olhos percorrem qualquer lugar procurando algo que o faça recuperar o controle. Ele coça a nuca… – Lua negou com um sorriso irônico. – E depois ele me procura porque sabe quando eu o estou olhando… – Mel quase gargalhou ao ver a mirada de Arthur mirar todo o salão e parar em Lua, seus olhos faiscavam de algo que ela não sabia dizer o que. – Está vendo esse olhar… – Lua concluiu – Você certamente não sabe o que significa mais ele está pedindo por socorro Mel, e como eu estou a ponto de o esfolar vivo, finjo que não consigo ver nada. Droga Mel, eu vou perder o meu marido…
Mel – Sabe Lua… – Mel a mirou, e com toda sinceridade prosseguiu. – Antes eu pensei que fosse só amor… – sorriu acariciando a franja de Lua. – Várias mulheres já passaram pela vida do meu irmão, e poucas ficaram mais de 1 mês. Então você chegou… – Lua baixou a cabeça com o queixo trêmulo. – Eu pensei que era a mulher mais desajeitada e bela que eu já tinha visto ao lado do meu irmão, você o deixava desajeitado e belo. E eu gargalhava quando ele batia no meu apartamento e me falava sobre um tal de domingo. Meu irmão não te ama Lua… – negou com a cabeça. – Não mesmo, ele apenas é enlouquecido de amor por você. E eu sei que você também é, por mais que não demonstre tão claramente como ele. Eu não sei o que foi que aconteceu, Lua. Mais eu tenho observado você se retrair cada vez que algo acontece, não porque você quer, mais sim porque foi criada dessa forma, sentindo medo das pessoas. O Arthur não sente medo das pessoas, e tem sido forte o bastante por você e por ele. Eu confesso que notei a mudança do meu irmão, e ao contrário de você eu realmente não o entendo tão bem como por olhares, então ele me disse, e realmente Lua ele está gritando por socorro. – Lua levantou a mirada com a ponta do nariz vermelha. - Loira é só você que o pode socorrer, nenhuma outra mulher sabe o fazer.
Lua – Há outra mulher… – ela sussurrou com a voz abafada. – Está nele, perfume, perfume francês. E não é o meu Mel… – negou com a cabeça engolindo o nó na garganta. – Não é o meu…
Mel – Sabe Lua, para tudo o que você já passou, eu me surpreendo com a sua fragilidade. Eu perdi meu marido para outra mulher, e acredite Lua, eu não desejo isso para ninguém… – negou com a cabeça. – Deduções não vão levar a nada…
Lua – Eu termino esse casamento se isto estiver acontecendo. Eu juro Mel, que eu deixo seu irmão… – Mel não respondeu, Chay a chamou. – Eu tenho errado como eu jamais deveria estar errando, eu tenho sido inconstante, distante, egoísta seja lá o que eu for eu assumo os meus erros e as minhas falhas, mais se Arthur estiver com outra mulher… – soluçou e Mel se colocou à frente ela até que Lua se equilibrasse. – Se ele estiver Mel eu acabo com ele e com o nosso casamento também. Deus sabe o quanto está sendo para mim, talvez só ele saiba… – Chay voltou a chamar Mel.
Chay – Mel amor vem cá, escute essa.
Lua – Vá querida, está tudo bem por aqui, vou chamar o motorista quero mesmo ir para a casa. – Mel assentiu.
Mel – Te cuida e cuida do meu irmão Lua, ele não se acha sem você. Estou indo amor... – beijou o rosto de Lua caminhando rumo a Chay, o abraçou entrando no assunto com outro grupo de pessoas. Lua se levantou, havia conversado cerca de vinte minutos com Sophia antes da mesma se sentir enjoada, Micael a tinha levado para casa e a loira havia "mandado" que Lua lhe ligasse assim que acordasse pelo sábado.
Pegando sua bolsa bebeu o último gole de champanhe e se sentiu meio tonta, talvez Mel tivesse razão, ela havia exagerado na bebida, tirou a franja que insistia em cair em seus olhos, ficou de pé cerca de cinco minutos e se sentiu confiante para caminhar.



Hello Hello :)



Tô muito feliz, pelos comentários que vocês estão fazendo nos capítulos da fic. 
Eu também, to com muita raiva do Arthur meninas. Ele ta vacilando feio com a Lua, tadinha :(

Com mais 10 comentários, posto o próximo capítulo.

13 comentários:

  1. Pelo amor de deus posta maaaais ❤️❤️

    ResponderExcluir
  2. Ain que raiva espero que Artur não esteja traindo a lua!

    ResponderExcluir
  3. Pelo amor de deus nao diz q o Arthur ta traindo a lua de novo

    ResponderExcluir
  4. Que raiva do Arthur eu vou matar ele que dó ds Lua tomara que ela não separe dele

    ResponderExcluir
  5. Ele não pode tá traindo a Lua, vai ser muita sacangem... Sofrendo junto com a Lua, tadinha ja passou por tantas coisas não merece mais essa frieza do Arthur... Cadê o Arthur de verdade? Postaaaa maiiis

    ResponderExcluir
  6. Maaaaaaaaaais por favooooooor

    ResponderExcluir
  7. Caraca não acredito q ele está fazendo isso com a Lua! Posta mais

    ResponderExcluir
  8. O que vai acontecer ???

    ResponderExcluir
  9. faz eles ficarem juntos logo
    posta mais

    ResponderExcluir
  10. Meu Deus, Preciso Urgentemente outro Capítulo...
    Noss Q Raiva do Arthur, se ele Tiver traindo a Lua,noss naum quero nem vê *---,

    ResponderExcluir
  11. Acho que eu no lugar da lua faria a mesma coisa mesmo que eu amasse muito

    ResponderExcluir