Uma Linda Mulher - 2ª TEMP. | CAP.20

|


Uma Linda Mulher - 2ª Temporada





Capítulo: 20


Lua baixou a cabeça, sentindo como no fundo aquelas palavras lhe doíam, avistou que os pratos estavam vindo, não podia dizer nada, simplesmente as palavras não saiam de sua boca, queria lhe dizer a ele que tudo a satisfazia, queria dizer a ele que…
Garçom – Senhora? – Lua acordou levantando a mirada, percebendo que Arthur e o garçom seguido de outro esperava que ela afastasse os braços para então botar as bandejas.
Lua – Desculpe… - o garçom assentiu servindo as bandejas e colocando mais refrigerante no copo de ambos. Lua começou a comer em quanto respirava fundo, mirando seu prato e nada mais, fechou os olhos ao provar o delicioso sabor da comida, oh era uma delicia, mirou o prato de Arthur percebendo que ele nem havia tocado na comida, o mirou nos olhos finalmente dando de cara com a mirada fixa em seu rosto. – Não gostou da comida? – não obteve resposta – Arthur?
Arthur – Porque você recua?
Lua – O quê?
Arthur –Você recua, se fosse outra época você teria causado uma discussão imensa. Eu te falei tudo o que estava engasgado e você recua… – comeu uma garfada um tanto incrédulo – Droga Lua. – Lua se serviu de um sorvo da bebida, olhando Arthur nos olhos. 
Lua - Nós não estamos em outra época Arthur, e também não somos os mesmos… – agora foi Arthur que se calou comendo sua comida a vontade, parecia ter gostado pensou Lua em quanto devorava a bata frita com uma boa pitada de sal. – Quer saber vamos esquecer isso, hum? – Arthur assentiu – Stella me ligou hoje…
Arthur – Sério? – Lua ergueu a sobrancelha, sorrindo. 
Lua – Não se faça de desentendido mocinho, porque ela também ligou para você…
Arthur – Sim ligou, conversamos um pouco como sempre e logo desligamos, não falamos sobre você, mais provavelmente tem haver com a Venturini.
Lua - Sim, tem haver sim… – Arthur assentiu, ainda um pouco distante,  Lua mordeu os lábios apreensiva, tentando desesperadamente buscar um assunto, buscar um assunto? Desde de quando ela e Arthur procuravam assunto. "Quando não estão na cama, estão discutindo Lua, e a discussão em si já tem um assunto" pensou, tomando outro gole de sua bebida, e algo chamou sua atenção, em uma mesa no canto duas mulheres jantavam e conversavam animadas, gesticulando, as vezes rindo em voz alta, vestidas de forma mais simples possível Deus elas pareciam estar se divertindo. Baixou a cabeça sorrindo, com outra gargalhada que a mais alta e morena havia soltado. 
Arthur – Eu não queria estragar a noite…
Lua – Você não estragou a noite… – sorriu a ele afastando seu prato, satisfeita. Foi à vez de  Arthur mirar as moças, para então notar que era para isso que Lua havia olhado e dado risada. – Sabe, me lembro de logo quando eu e a  Sophia nos conhecemos, viemos comer aqui, e a risada dela ecoava pelas paredes, eu podia ouvir do banheiro… – balançou a cabeça sorrindo. – E eu dizia: "Sô, vão expulsar a gente daqui e eu não sei cozinhar." Ela ria, ainda mais alto e eu entrava na dança, eu queria mais é que tudo se ferrasse. Nada de regras horários ou roupa adequadas, calça jeans uma blusinha colorida e as unhas sempre feitas… – largou a sorrir ainda mais – Eu odiava quando precisava colocar as botas, eu nem sabia andar de salto direito… – parou de sorrir, mirando Arthur a sua frente. – Tinha um lado que era bom, eu gostava quando era dia, e podíamos ser o que quiséssemos ser, eu gostava quando era dia e íamos ao cinema sem pagar, porque sempre estava vazio e ela flertava com o carinha dos ingressos. E agora… eu sou uma daquelas mulheres que nos chamávamos de "madames". O armário coberto de jóias, vestidos de seda que eu usei uma vez só, sapatos que acho que já não gosto mais, bolsas que eu detesto usar… – fechou os olhos – Ás vezes eu adoraria andar de jeans e camiseta o dia inteiro Arthur. - Franziu a testa emocionada Lua. – As vezes eu tenho vontade de trocar roupa com amigas para não repetir no outro dia de colégio. As vezes eu tenho vontade de checar a minha conta… – sorriu segurando o choro – E ver que está zerada, mais ok? Vamos seguir em frente… – baixou os olhos para depois os subir com os mesmo ainda mais vermelhos. – Não quero que pense que eu não sou feliz porque não é a verdade. Sou completa e realizada, mais ás vezes falta algo entende? Algo que quando eu não tinha nada eu tinha. O engraçado Arthur, o mais engraçado é perceber a mudança… – olhou novamente para moças – Porque em quanto eu gargalhava sentada naquela mesma mesa, eu jamais poderia imaginar que eu sentaria em uma ao lado, tentando a qualquer custo salvar o meu casamento… – mordeu os lábios segurando o queixo – Porque é o que estamos fazendo Arthur, tentando a qualquer custo segurar essa linha fina, que pende nossas vidas…
Arthur – Você não é feliz Lua, eu vejo nos seus olhos…
Lua – Não, eu sou sim, sou uma mãe realizada, tenho uma família nova.
Arthur – Eu não estou falando dos outros. Estou falando da gente. – desviou o olhar respirando fundo – Estou falando de você como mulher, como a minha mulher… – Lua fez o mesmo que ele tomando fôlego. E com toda sinceridade a beira das lagrimas ela negou com a cabeça, segurou o choro a qualquer custo olhando no fundo dos olhos de Arthur.
Lua – Eu me perdi de você Arthur, e por mais que eu tente, eu não consigo te achar… – Arthur baixou a cabeça a balançando de uma lado para o outro. – Quando eu disse a Sô, que você havia pedido para me ter a semana inteira, ela me perguntou qual era o problema, e sabe o eu que disse? Olha para mim Arthur. – ele o fez, com os olhos vermelhos como os dela – Eu disse que você era perfeito demais… Talvez seja eu Arthur… – ele assentiu, cerrando o maxilar em busca de controle. – Você me deu tudo o que uma mulher poderia sonhar, às coisas mais belas dessa vida você me deu Arthur. E Deus eu sou tão grata por isso.
Arthur – Do que adianta se não te satisfaz? – suspirou. 
Lua – Eu precisei me sentir amada… – baixou a cabeça novamente. 
Arthur – Eu te dei amor…
Lua – Eu sei que deu, mais depois de quanto tempo Arthur? – franziu a testa subindo a mão, enxugando rapidamente a lágrima que havia escorrido. – De todas as coisas que fizemos um com o outro, a que eu mais me lembro quando brigamos e dizemos besteiras é que eu demorei 5 anos para me sentir amada… – Arthur desviou o olhar - Tudo sempre pareceu tão mecanizado Arthur, temos a casa perfeita, as empregos perfeitos, as roupas perfeitas, jantamos em lugares perfeitos, com pessoas perfeitas, mais estamos longe, oh Deus tão longe de sermos perfeitos. Eu adorava quando chegávamos em uma festa nos abraçavamos e caminhavamos sem olhar para os lados, elas morriam de inveja, mais inveja do que? – ele voltou a olhar – Se na primeira curva seus olhos atento a sociedade nós, nos separávamos como se queimassemos um ao outro. Depois de quanto tempo fizemos amor? Santo Deus Arthur, eu amo fazer amor com você, de corpo e de alma. Porque quando você me toca… – sorriu tristemente – Me queima de prazer, quando estamos ali em qualquer lugar unidos e você olha nos meus olhos… - fez uma pausa- Eu sei perfeitamente o que você está me dizendo, mais agora eu não sei. Talvez seja eu Arthur… – voltou a dizer – Mais sem você eu não tenho nada… - negou com a cabeça deixando de sorrir – Eu não tenho nada realmente meu Arthur a não ser os meus filhos…
Arthur – Eu sou seu… – franziu as sobrancelhas com a ponta do nariz vermelha - Eu sempre fui seu, em uma bandeja Lua, mais é realmente necessário que eu diga que te amo para que você o sinta? Olhe para mim e me diga, mais me diga agora o que meus olhos estão lhe dizendo… – Lua desviou o olhar, negando com a cabeça. – Olhe para mim. – ela o fez – Eu vou lhe dizer o que eles estão dizendo, mais não aqui - negou com a cabeça – Não agora Lua…






O nome da filha deles é surpresa amores hahaha.
Com mais 10 comentários, posto o próximo capítulo.

12 comentários:

  1. Aaai mds q emoção aaah quando vai falar o nome da bb ❤❤❤❤

    ResponderExcluir
  2. Ahhhhhhh que ansiedade ♥♥♥♥
    Julia

    ResponderExcluir
  3. Mais please Pf conta o nome da filha dele

    ResponderExcluir
  4. Sem palavras pra descreve esse capítulo posta mais por favor

    ResponderExcluir
  5. Posta mais. By sofiaxc

    ResponderExcluir
  6. Mt bom! Quero eles juntos por completo, sempre há uma questão que faz com que eles se separem! Posta mais

    ResponderExcluir
  7. Quero o próximo linda... Tá ficando cada dia melhor *-* mas amore eu não estou entendendo se eles estão tentando se dar uma nova chance o que está faltando que eles não conseguem se entregar totalmente e pq tudo em relação a eles é tão triste e profundo por mais felizes que eles são ainda falta alguma coisa. O que está faltando?

    ResponderExcluir