Uma Linda Mulher - 2ª TEMP. | CAP.17

|


Uma Linda Mulher - 2ª Temporada





Capítulo: 17


Sentiu um gemido escapar de seus lábios, ao perceber que a calcinha que usava se encontrava no chão, e sorriu por sentir que seu corpo não protestava. Arthur a puxou pelos braços, lhe acariciando as costas, e descendo uma mão em quanto que com a outra lhe arrancava o sutiã, e Lua enlouqueceu ao sentir pele sobre pele, em um abraço maravilhoso onde seus corpos se friccionavam levemente…
Lua – Meu Deus… – Mordeu seus próprios lábios, sentindo sua pele arder em prazer, quando Arthur desceu sua mão, começando a acariciar no centro de sua feminilidade, em quanto com a outra se livrava da calça, e trazia Lua para a beirada do piano, em quanto beijava seu colo e delicadamente seus seios. Lua voltou a tombar a cabeça para trás, soltando outro gemido alto, que Arthur sorriu, a beijando ainda mais juntamente com a caricias que seus dedos faziam Mordeu seus próprios lábios, percebendo que seu grau de excitação estava alto de mais para continuar a provocar, subiu suas mãos a segurando por trás do joelho, Lua abriu os olhos, mirando nos olhos de Arthur.
Arthur - Isso… – assentiu com a respiração ainda mais ofegante que a dela. – Nos meus olhos, olha nos meus olhos… – Lua sentiu ganas de fecha os olhos quando sentiu Arthur adentrar em seu corpo, de forma única e sem pausas, mordeu os lábios, cravando suas unhas no ombro do mesmo, sentindo os dedos fortes a trazerem para cada vez mais perto…
Lua – Thur…
Arthur – Eu sei… - franziu as sobrancelhas iniciando movimentos ritmados de vai vem, que poderia enlouquecer um homem de puro e insano prazer. Lua o agarrou pelas costas, sentindo as sensação como se seus sentidos estivessem sendo cada vez mais aguçados, sentia os movimentos, as delicias que aquele prazer com aquele homem proporcionava. Arthur voltou a lhe beijar o pescoço. – Preciso te beijar a boca, te devorar a boca… – gemeu baixinho apertando os olhos, quando Lua lhe mordeu maliciosamente a orelha. 
Lua – Se atreva… - fechou os olhos, sentindo que o fim estava tão próximo. 
Arthur – Você joga…
Lua – Não, eu ganho… – balançou a cabeça de um lado para o outro, em quanto ele lhe beijava o pescoço, sentindo que em um só movimento seus corpos…Explodiria, e de certo, explodiu de maneira compulsiva e sobrenatural levando espasmos por toda sua corrente sanguínea fazendo com que seu sangue entrasse em erupção. Arthur, permaneceu na mesma posição, abraçado a ela firmemente, em quando a segurava pelos cabelos sem força, controlando seu êxtase que o havia tirado de órbita. Respirou fundo, tremendo seu corpo inteiro na mesma intensidade que Lua tremia o dela. A força do clímax, se tornou mais fraca conforme os minutos passava, o ambiente parecia abafado e o suor ainda escorria da testa e das costas de Arthur. Lua mordeu os lábios o mirando nos olhos, Arthur sorriu, daquela maneira arrogante e agressiva que só ele sabia fazer, e Lua teve a certeza que a noite seria longa, oh Deus tão longa…
O corpo dela coberto pelo lençol, em partes estratégicas fez com que novamente o calor o cobrisse a testa de suor. Arthur se levantou, percebendo que ainda não havia amanhecido de frente para a janela ainda nu, fechou os olhos podendo ver sentir e ouvir Lua, ao pé do seu ouvido, lhe gritando coisas sem nexo, abriu os olhos sentindo o vento tomar todo seu corpo quente. Olhou para trás vendo que continuava adormecer profundamente, desceu um pouco a vista para seu ventre, e voltou a fechar os olhos e deixou um rápido sorriso escapar, ouviu que ela se mexia, se virou a vendo passar a mão sobre a cama no lugar no qual ele deveria estar deitado.
Lua – Thur… – o chamou em um sussurro de olhos fechados. 
Arthur – Estou aqui… – respondeu caminhando de volta para a cama, se deitou a abraçando, a puxando contra seu corpo, Lua se aconchegou entre o vão de seu pescoço e seu ombro, ali repousando sua cabeça voltou a adormecer. Diferente de Arthur, que por um motivo que ele não sabia dizer qual, não havia pregado os olhos o restante da noite, viu o dia amanhecer em quanto sua mão acariciava os cabelos de Lua, em movimentos ritmados e carinhosos, fechou os olhos sentindo o cansaço da noite absolutamente agitada e sem dormir, olhando o relógio na mesinha de cabeceia notou que ainda era cedo, com as mãos de Lua sobre seu peito adormeceu…
Lua acordou um pouco antes das 7h, notando se completamente nua em volta do corpo de Arthur sorriu, terça disse a si mesma, hoje é terça feira ainda Lua. Com cuidado se levantou, caminhando nua até o banheiro entrou, no chuveiro rindo de si mesma quando seu corpo protestou dentro da banheira quente, relaxou alisando seu ventre na qual a pequena garotinha parecia responder se remexendo até inquieta. Permaneceu lá por longos minutos, até ouvir a porta do banheiro se abrir, abriu os olhos mirando Arthur caminhar até ela, com os cabelos revoltos e armados, coçando os olhos, como ela, ele sorriu, escovando os dentes antes de se meter sem roupa alguma na banheira com ela.
Arthur – Durmiu bem?
Lua – Está brincando, essa cama é uma maravilha. – Arthur sentou se na banheira aos pés de Lua, com um sorriso e um brilho no olhar a chamou, ela se levanto com sua ajuda, sentando em seu colo, frente a frente para ele, de modo que suas pernas ficassem um de cada lado dos joelhos de seus joelhos, se aproximou.
Arthur – Pois eu dormi fazem quase 3 horas… – Lua franziu a testa. 
Lua – Fala sério? 
Arthur – Serissímo…
Lua – E posso saber o porque?
Arthur – Se eu soubesse baby, lhe daria a resposta… - Lua se movimentou, subindo um pouco mais, colando suas intimidades, Arthur fechou os olhos, apertando seus dedos na cintura da mesma. – Ta aí, o porque que eu não consegui dormir… – mordeu os lábios, quando Lua sorriu maliciosa, o olhando nos olhos. 
Lua – Você é insaciável Arthur…
Arthur – Não… - mordeu os lábios o soltando após um pequeno chupão. –Nós somos… – A puxou contra seu corpo lhe beijando o pescoço, intercalando mordidas e beijos molhados, em quanto Lua tombava a cabeça para trás, percorrendo sua mão nas costas largas e fortes. 
Lua – Assim de manhã, na banheira? – perguntou, em um sussurro, sentindo seu corpo responder com entusiasmo a sedução lenta e alucinante de Arthur. A resposta não veio da boca, mais sim de seu corpo, a puxou para mais perto de si, a subiu um pouco lhe beijando os seios, para a descer adentrando em seu corpo lentamente. Lua apertou os olhos surpresa pela invasão sem nenhum aviso mordeu seus próprios lábios, quando o viu sorrir. – Você é um demônio… – Arthur gargalhou, assentindo, a subindo e a descendo novamente em quanto ouvia os gemidos baixos e sussurros de Lua, que lhe devorava o pescoço em beijos, com a mão fortemente pressionando seu peito, quando ele a descia. Voltou a abrir os olhos e acompanhar os sentidos de Arthur, que fazia o mesmo com ela, apertando com força os olhos quando sentia seus corpos em uma profundidade notável, o puxou pelo cabelo, soltando um grito relativamente alto, e a água parecia borbulhar e assim logo ferver em cada sussurro ou gemido…
-
Lua entrou em casa após ser deixada pela limusine, Arthur havia ficado na Aguiar, recebeu o abraço de Nelita.
Nelita – Cheguei e não vi ninguém, fiquei preocupada…
Lua - Imagina Nelita, nada de ruim aconteceu, o Gabriel dormiu na Marieta, e eu e o Arthur não dormimos em casa. – com descrição Nelita assentiu – Acabei de tomar café Lita mais estou morrendo de fome, essa criança suga meus alimentos. – disse incrédula, em quanto Nelita soltava uma gostosa gargalhada caminhando ambas abraçadas até a cozinha. 
A manhã se passou de maneira simples e agradável, os móveis chegaram por volta das 9h da manhã. Com o quarto limpo e arejado rapidamente o contratado de Lua, com cuidado e perfeição colocou o papel de parede na mesma, todo colorido com desenhos de flores em lilás, rosa e diversificados tons calmos e claros, sorriu apreciando o trabalho, por volta das 11h os moveis foram montados e instalados no quarto, e para surpresa Lua notou que seu enxoval já havia chegado, com uma nota carinhosa de Malu que aguarda por noticias. Mais uma vez com calma limparam o quarto e os móveis todos brancos. Cansada Lua achou melhor que terminasse amanhã pela manhã, afinal a limpeza ao menos já estava garantida os moveis montados as cortinas no mesmo desenho do papel de parede também posta, o que faltava era colocar as coisas em seu devido lugar, com calma Lua colocaria tudo com carinho e delicadeza em suas respectivas gavetas. Ah uma menina, tudo tão rosa e tão branco, sorriu emocionada deixando o quarto.
Nelita – Sugiro que se deite e descanse dona Lua, já fez esforços de mais nessa manhã, além do mais Arthur ligou agora pouco, dizendo para que estivesse pronta ás 14:00h que aquele carro enorme viria a buscar… – Lua sorriu saindo do quarto. 
Lua – Pode deixar Nelita. Posso almoçar na cama? – Pediu manhosa e Nelita gargalhou assentindo. 
Após descansar 2 horas Lua se levantou, olhou o relógio percebendo que estava atrasada em se arrumar, havia almoçado deliciosamente bem, se levantou sentindo a típica tontura toda vez que se levantava, caminhou até o banheiro tomando um banho rápido e para sua surpresa escolheu sua roupa com rapidez.
O vestido leve de algodão ressaltava suas formas, que na verdade sorriu sozinha, não estavam tão grandes assim, havia engordado mais barriga do que o resto do corpo, colocou o colar de perolas brancas, as sandálias de salto baixo, notando que faltava algo abriu, a porta do seu último armário, correu os olhos pelos diversos chapéus que ali se encontravam sorriu, achando o que lhe agradava, prendeu os cabelos em um coque falso deixando sua franja caindo em seus olhos e presa com um grampo atrás da orelha, se maquiou como de praxe colocou, o chapéu que caia levemente pelo modelo para um lado, se perfumou gostando do que via. Se levantou descendo as escadas se deparando com o sorriso radiante de Nelita…





Se tiver bastante comentários, posto um capítulo bônus ainda hoje.

13 comentários:

  1. Até que em fim eles estão começando a ficarem juntos

    ResponderExcluir
  2. Maiiiiixxxx... *----*

    ResponderExcluir
  3. Posta mais por favor

    ResponderExcluir
  4. Awwwnt q lindooos❤❤❤cap bonus hm amooo❤❤

    ResponderExcluir
  5. Lindaaa n to conseguindo te chamar no wpp se possível me chamá-la 3492603445 Bruna aq , e posta mais pff

    ResponderExcluir
  6. Até q Fim eles estão se acertando,espero q continuem assim,e que ninguém atrapalhe eles...
    Posta Mais Por Favor,Amooo d++++ *--*

    ResponderExcluir
  7. Mt boa essa web! Estou apaixonada! Quero mais

    ResponderExcluir