Uma Linda Mulher - 2ª TEMP. | CAP.15

|


Uma Linda Mulher - 2ª Temporada





Capítulo: 15


Arthur – É um lindo garota Mel… – sorriu orgulhosa – Me faz lembrar meu filho quando nasceu, Lua tinha medo até de pega lo… – gargalhou baixinho – Me disse um dia que ele poderia até quebrar… – negou com a cabeça – Aquela mulher, ai aquela mulher… – Mel sorriu mirando o irmão. 
Mel – Está vindo outro…
Arthur – Sim, minha menina, quero ver quem vai chegar perto e enfrenta a minha fúria.
Mel – Que nada… – sussurrou – Vai ser um pai bobão e babão novamente…
Arthur – Sim, eu sei que vou…
Mel – Vem, vamos, antes que ele acorde. – Arthur assentiu, saído do quarto. 
Arthur – Onde ela está?
Mel – No quarto dormindo… – Arthur assentiu, e Mel entendeu que ele queria estar sozinho, abraçou o irmão, caminhando até seu quarto… Arthur entrou devagar no quarto iluminado pelo sol, sorriu ao ver Marieta dormindo tranquilamente aparentemente quase que com um sorriso nos lábios, tão serena, chegou a se preocupar, sentou se na cama ao lado dela a observando dormir.
Marieta – Eu sabia que viria… – sua voz em tom baixo, alertou Arthur, a mirando nos olhos. 
Arthur – Mais é claro que eu viria… – lhe beijou a mão – Bom dia, tia…
Marieta – Bom dia, filho… – subiu as mãos até o rosto abatido de Arthur. – Ainda lutando Arthur? – ele não entendeu a pergunta e Marieta voltou a sorrir . 
Arthur – Está se sentindo bem?
Marieta – Estou cansada…Bastante cansada. – ele assentiu, acariciando os cabelos grisalhos. – Sonhei com seu tio hoje… – Arthur mordeu os lábios – Estava tão bonito… – sorriu – E Gabriel?
Arthur – Está ótimo, se o visse diria que é outro garoto.
Marieta – É claro que é , a mãe dele está de volta. – Arthur assentiu – Como ela está? – ele suspirou. 
Arthur - Sinceramente tia, eu não sei. A deixei essa manhã chorando no quarto do Gabriel, mais um minuto ali eu ficaria maluco…
Marieta – Não é certo, pode fazer mal para a menina…
Arthur – Eu sei… – baixo a cabeça – Diga algo que me conforte tia… – negou com a cabeça seriamente cansado – Já não sei mais o que fazer…
Marieta – Eu sei que não sabe… – sorriu fracamente piscando de maneira longa. 
Arthur – Tia está se sentindo bem? – Marieta sorriu sem dizer nada, pegou nas mãos de Arthur. 
Marieta – Deixe de besteira menino. Eu estou bem.
Arthur – Amanhã eu volto para te ver, eu prometo.
Marieta – Você tem trabalho, e um problemão em casa para resolver…
Arthur – Nada disso, eu venho vê la amanhã…
Marieta – Traga Gabriel, junto com você… – Arthur assentiu. 
Arthur – Agora descanse… – Marieta assentiu, fechando os olhos. Arthur levou as mãos sobre os olhos sentindo um aperto no coração, voltou a olhar a tia tão fragilizada, com um suspiro preocupado se levantou.
Marieta – Thur… – o chamou antes que ele saísse do quarto. – Você pode amar por muito tempo, mais se amar errado, não significa que o amor se foi… – Arthur não teve tempo de dizer nada, Marieta voltou para o lado adormecendo. Ele sentiu uma sensação diferente percorrer seu corpo, fechou a porta com cuidado encostando a cabeça na mesma, fechou os olhos, e de repente sentiu vontade de sorrir, abrindo um sorriso olhou o relógio, não tinha muito tempo, suspirou descendo as escadas. "Ai de mim se ela soubesse que estou em suas mãos…" Se despediu de Mel e do sobrinho, e com rapidez pegou o carro dirigindo até em casa, desceu sem nem mesmo trancar o automóvel. Seu coração saltava e todo seu corpo vibrava em emoção, subiu as escadas sem fechar a porta, entrou no quarto silencioso, percebendo que Lua estava na janela, observando a paisagem com a mão acariciando a barriga. Parou no meio do quarto, com as mãos abaixadas, sentindo seu coração quase saltar pela boca a olhou com emoção, Oh Deus com veneração. Lua se virou percebendo sua presença o olhou nos olhos, Arthur tirou o paletó franzindo a testa, emocionado estendendo a mão em sua direção, Lua a olhou, voltou a olhar nos olhos mareados de Arthur, seu coração bateu devagar, fechou os olhos segurando a emoção e sorriu...
Arthur – A propósito, coloquei o anel no seu dedo, em quanto te beijava na porta da limusine, morder seus lábios era o mesmo que te tirar do ar… - voltou a fechar os olhos, em quanto Lua abria o dela, sorria sozinha, ela não estava dormindo…
O vento soprava, e o relógio parecia correr lentamente, gravando em letras corridas nas páginas da vida aquele momento, aquele único momento, em que Lua se sentia plena e tranquila. Enquanto acariciava a barriga, sentia a respiração ritmada de Arthur, que havia adormecido, pelo menos duas horas, havia acordado fazia 10 minutos, e se sentia tão aquecida e completa ali, naqueles braços, seus braços, que quase não se mexeu. Passados mais alguns minutos, se virou sentando se na grama com certa dificuldade pelo bebê, mirou Arthur, sorrindo para outros casais que passavam por ali, e sorriam para ela. Aproximou-se, roçando seus lábios, sutilmente.
Lua – Thur... – chamou, sussurrando em seu ouvido. – Arthur… – ele abriu os olhos. – Precisamos ir agora… – ele negou voltando a fechar os olhos, em quanto levava a mão até a cintura de Lua. – Hey, precisamos sim. Minhas costas já estão começando a doer, a garotinha vai começar a protestar. – Ele voltou a abrir os olhos e assentir. 
Arthur – Para mim, era como se eu estivesse na minha cama, acho que estou com o sono um tanto atrasado. – sorriu, calçando os sapatos, em quanto Lua o observava – Sente fome? Podemos comer alguma coisa, já passou do horário do almoço e…
Lua – Hey… – sorriu – Não se preocupe ok? Faço alguma coisa em casa, um macarrão, com molho branco o que acha?
Arthur – Acho que não quero você de pé na cozinha, já estrapolamos hoje.
Lua – Mais Arthur…
Arthur – Não, nada de Arthur… – colocou as sandálias nela. 
Lua – Estou grávida não doente… – sorriu se levantando junto com ele. 
Arthur – Eu sei que não está doente, mais é melhor prevenir, além do mais, ainda é cedo, e o dia para você não está nem perto de acabar. – olhou o relógio, ligando seu celular. 
Lua – Então vamos… – Arthur assentiu, caminharam até o carro, com dessa vez Arthur dirigindo.
Chegaram em casa enganados, pelo relógio, eram quase 16:00 e Lua ainda não havia se alimentado, podia sentir aquela dorzinha de estomago, sinal que gente protestava em sua barriga. Sorriu após observar Arthur lhe servir de um macarrão maravilhoso, ao molho branco que ele mesmo havia preparado.
Lua – Em 6 anos de casada, eu não podia imaginar que você cozinhava. – respondeu pegando uma garfada do maravilhoso macarrão. 
Arthur – Em primeiro, não sou casado, e em segundo…"Há muitas coisas sobre mim que você não sabe" – Lua assentiu, com um sorriso nos lábios voltando a se alimentar. – Preciso dar um telefonema, coma direito o bebê precisa se alimentar.
Lua – Que bebê? Eu não tenho filhos… – sorriu em um gesto malicioso, em quanto Arthur fez o mesmo caminhando para fora da habitação. Passados 10 minutos voltou, colocando o paletó e a gravata novamente.
Arthur – Preciso ir até a Aguiar deu queda em um sistema dos computadores central da filial de Madrid, preciso resolver com urgência. – Lua assentiu, se levantando da mesa. 
Lua – Mais é muito importante, alguma baixa?







Boa Tarde amores :)
Ingrid, Parabéns muitas felicidades tudo de melhor sempre!!!
Com mais 10 comentários, posto o próximo capítulo.

14 comentários:

  1. Posta mais q lindoosss e fofos.. Queroo maiss

    ResponderExcluir
  2. Eu fiquei meio perdida nesse capitulo, depois dessa parte "... fechou os olhos segurando a emocao e sorriu..." é tudo imaginacao do arthur ou chegou a acontecer? Me ajuda a entender brendaaaa hahahahah
    Bjs Ana

    ResponderExcluir
  3. Não foi só eu que fiquei confusa. Esse final me confundiu. Mas a amiga linda me explicou. Já quero o próximo e o próximo capítulo. Obrigada. de nada. E tô amando eles se acertando ♡

    ResponderExcluir
  4. Fiquei meio confusa, do nada eles tavam no quarto no outro momento já tavam em um parque (?), mas mesmo assim, como sempre, ameeeeeei! Quero mais, não só um tá??

    ResponderExcluir
  5. Quero mas um monte de capítulos!
    Faz maratona!

    ResponderExcluir
  6. esse capitulo está confuso

    ResponderExcluir
  7. Nao entendi muito o final, mas adorei o capítulo haha ♥
    Julia

    ResponderExcluir
  8. Tbm fiquei confusa! Mas amei do mesmo jeito! Quero mais! Faz maratona! Posta mais

    ResponderExcluir
  9. Fiquei confusa tbm mas eles estão se acertando

    ResponderExcluir
  10. Ameiiiii de Paixão esse Capítulo....
    Amooooo muiiito essa Web,perfeita ela 😍😍😍
    Posta Mais Por Favor

    ResponderExcluir
  11. Posta mais por favor amando eles juntos

    ResponderExcluir
  12. Posta mais. Adorei :)

    ResponderExcluir
  13. Posta mais adorando. Cada capítulo mais curiosidade fico
    By: sofiaxc

    ResponderExcluir