Sentimentos traiçoeiros - A festa

|



Lua

     O Richard era amigo do Arthur desde o tempo em que costumavam ir andar de bicicleta nas redondezas. Digamos que, à uns 4 anos atrás. Hoje ele fazia 18 anos e estava a convidar todos os amigos e os amigos dos amigos e os conhecidos dos amigos para frequentarem a sua festa que tinha lugar na sua própria casa. Ou melhor, na casa dos pais.

- Ele sempre foi muito riquinho e meio gabarolas, mas é, acima de tudo, muito porreiro. Quer que todos se divirtam e não necessita de prendas. Só diversão. Isso não é fantástico?
- Sim.
- Além do mais, Lua Maria Blanco, estás fabulástica! - Estávamos à porta da casa do Richard e há estávamos música e muitas gargalhadas à mistura.
- Obrigada, Thur. - Sorri de volta. Tocamos à campainha.
- Ei yo, Richard! - Um rapaz com um boné para o lado o chamou - Tens aqui o teu amigo e a dama dele. Bem vindos! - Ele apertou a mão do Arthur e depois pegou a minha para beijar. Sorri.

     Entramos na casa. Já havia uma quantidade de copos vazios e pratos de plástico vazio em cima das mesas e eram só oito e pouco da noite.
     Richard estava a ser beijado por duas raparigas, na bochecha, mas assim que viu Arthur veio em direção do mesmo.

- Obrigado por terem vindo! - Richard abraçou Arthur. - Ao tempo que não te vejo maluco!
- Digo o mesmo. Parabéns brother. - Ambos abraçaram-se novamente.
- Parabéns. - Disse eu, um pouco mais tímida.
- Obrigado. Andas bem. - Ele riu para Arthur e foi embora.
- Já é a segunda pessoa que pensa que somos namorados.
- Deixa pensarem. - Arthur envolveu o braço na minha cintura e fomos pelo resto da casa.

     A sala estava cheia de gente, assim como a cozinha onde preparavam as bebidas e até o jacuzzi com várias raparigas dentro a jogarem água umas para as outras como se aquilo fosse uma piscina.
     Arthur ficou durante um tempo a olhar para o jacuzzi muito atento.

- Preciso de beber alguma coisa. - Disse ele.
- Achas que estamos em casa antes da meia noite?
- Sim, sim... - Disse ele meio atarantado.

     Fomos para a cozinha. Enquanto isso, vejo um casal a subir aos beijos pelas escadas. Penso eu, em direção aos quartos.
     Arthur pega na sua bebida com álcool, eu pego no meu refrigerante e vamos para o jardim onde faziam um concurso de hip hop ao meio de uma roda enorme de pessoas. Queria ir ver, mas o Thur sentou-se no banco. Quando me sentei, ele levantou-se e foi até uns amigos, deixando-me sozinha.
     Quando volta, solta o bafo de um cigarro, que o trás entre os dedos da outra mão.

- Fumando?
- Só porque é festa. - Ele solta outro bafo - Devias experimentar beber algo diferente.
- A minha mãe confiou em mim para sair contigo, não a quero desapontar.
- Mas não vai acontecer nada.
- Pois. - Suspirei. Não seria melhor acontecer? - Pensei eu.

     Passada uma hora, o Arthur disse que ia à casa de banho e já voltava. Passaram-se 21 minutos depois disso e ele não voltou. Decidi entrar dentro de casa. Dei de caras com um monte de pessoal a dançar, onde vi Richard ser jogado no ar pelos amigos, no meio de tantas gargalhadas e vozes que cantavam: O RICHARD É O MAIOR, O RICHARD É O MAIOR, O RICHARD É O MAIOR... NINGUÉM O PODE NEGAR.
     Na confusão, fui puxada para dançar pelo mesmo rapaz que nos abriu a porta. Tentei recusar, mas ele insistiu e, como naquele momento eu me encontrava um pouco irritada com o Arthur, acabei por aceitar dançar com ele.
     Dançava com as costas viradas para ele. O meu rabo estava bem encostado à cintura dele enquanto as mãos dele não largavam a minha. Dançávamos numa espécie de sincronia, rebolando um pouco hora para um lado ora para o outro e até ao chão.
     O rapaz, rapaz esse que ainda não sei o nome, encostou o seu rosto entre o meu pescoço e o meu rosto e segredou algo.


Notas finais:

O que acham que ele segredou-lhe ao ouvido?
Alguma dúvida nas palavras?

5 comentários:

  1. Posta maaaais. Posta hoje hahha

    ResponderExcluir
  2. Viiiiiiiish , confusão NA CERTA !!! Acho q o Arthur encontrou a Rapariga da namorada dele kk ..

    ResponderExcluir
  3. Viiiiiiiish , confusão NA CERTA !!! Acho q o Arthur encontrou a Rapariga da namorada dele kk ..

    ResponderExcluir
  4. Viiiiiiiish , confusão NA CERTA !!! Acho q o Arthur encontrou a Rapariga da namorada dele kk ..

    ResponderExcluir