Uma Linda Mulher - CAP.31

|



Uma Linda Mulher



Capítulo 31:

Arthur- Vai ser mais que isso, começaremos de onde paramos Lua..- Trocaram um olhar cúmplice e cego de desejo. Lua tentou controlar seu corpo e seu coração mais as ondas dos espasmos a tremiam da cabeças aos pés e seu ventre queimava feito brasa viva, precisava que ele fizesse alguma coisa, precisava fazer alguma coisa. E a gota d’ agua foi quando ele lhe beijou os lábios na mesma lentidão da penetração, contornando com a língua os lábios dela para então lhe mordiscar o lábio de baixo inferior. Oh Santo Deus era tarde de mais…Arthur sorriu quando por fim sentiu o estremecimento do corpo dela. A olhou lhe provando a derrota para então se virar ficando por cima dela, Lua rodeou as pernas em sua cintura jogou a cabeça para trás quando sentiu a firme e forte investida de Arthur que lhe tocou tão fundo que pensou que iria gritar, cravou suas unhas nas costas dele, para então o receber uma e duas e três vezes mais...Se olharam nos olhos, no fundo dos olhos quando o desejo os impulsionou ao alto do prazer para depois em uma queda livre liberarem seus corpos para a incrivel sensação de satisfação… Alguém bateu na porta, uma e duas vezes mais, Lua não estava nesse mundo, e com a respiração ainda lhe faltando Arthur respondeu a secretária.
Karla - Senhorita Lua? Senhorita Lua, está tudo bem?
Arthur - Sim Karla está tudo ótimo Lua está no banheiro.
Karla - Ah ok, então a avise por gentileza Senhor Aguiar que o Senhor Micael, pediu para que ela avisasse se o jantar ainda fosse essa noite…
Arthur - Não Karla…-Disse olhou nos olhos de Lua respondendo sem nem ao menos perguntar - O jantar não está de pé. Avise Micael que eu e Lua temos muitas coisas para resolver e que não vai ser possivél que ela volte vê lo. - Disse se movimentou uma vez mais dentro de Lua que arqueou as costas - Por alguns meses, avise também que viajaremos amanhã pela manhã.
Karla - Ok Senhor Aguiar mais alguma coisa? 
Arthur - Não senhorita Karla mais nada. - Finalizou olhando Lua que seguia com os olhos cravados no seu. - Você é minha… - Lua virou a cabeça como poderia ter sido tão estúpida uns segundos a mais ele teria se entregado ele teria… - Se você tivesse esperado apenas 2 segundos eu sairia de dentro de você, me vestiria e sairia da sua vida… - sorriu com os olhos brilhantes para passar as mãos pelo rosto suado dela. - Mais eu vou permanecer assim Lua… - Disse se intristeceu olhando como os olhos dela se enchiam de água - Até que eu me canse de olhar para essa sua maravilhosa beleza, o que desconfio que demorará a eternidade. Você é minha… - fechou os olhos , sentindo seu corpo relaxado.
Lua - Sim. - Disse se deu por vencida fechando os olhos. - Eu sou sua Arthur… - Ele lhe lançou um olhar para depois lhe beijar os lábios recomeçando então a lhe fazer amor... Eram quase 2 da tarde quando Arthur por fim se lavantou, a ajudando a se levantar também, se vestiram e em um passe de mágica quando Lua voltou do banheiro estava completamente vestida e maquiada, os cabelos presos em um falso coque magnifico. Ouviu as mensagens em sua secretária havia quase mais que vinte, Arthur olhou seu celular não era diferente haviam passado a manhã e duas horas da tarde se amando, feito malucos desesperados e selvagens em cima da mesa do escritório de Lua. Ele arrumou a mesa recolhendo tudo o mais puro e contante silêncio, ela respirou fundo se sentando em sua cadeira, abriu bem as janelas para o ar circular no local, olhou Arthur que colocava seu paletó.
Os cabelos estavam tão suados e o pescoço por demais vermelho, e com marcas de baton no lábios... Ele se virou a olhando.
Arthur - O seu silêncio não vai mais me constranger…Você fazia o mesmo antes…-Disse se aproximou apoiando a mão na cadeira dela de modo que ficasse inclinado de frente a ela. - Viajaremos amanhã pela manhã arrume suas malas e se despeça do seu namorado…- Lua sorriu ao menos isso ele havia se equivocado.
Lua - Micael e eu nunca fomos namorados…- Arthur parou de sorrir com os olhos arregalados a mirou - Pensou que fossemos não é querido... - sorriu irônica - Na realidade, eu o fiz pensar que fosse… Na festa de confraternização vi seus olhos cravados nas minhas costas, e te juro que foi agradavél ouvir os comentários de como “sou sozinha e de como o Micael combina comigo”. Aliás Arthur eu sou sua querido, mais nem ouse imaginar que você também não é meu…- Arthur sentiu vontade de esmurrar algo, ela havia descaradamente…
Lua - Aprontei com você… - o recordou para depois sorrir voltando a trabalhar. - Ah é não sairemos amanhã de manhã, mais sim amanhã á noite, tenho coisas para resolver por isso se faz tanta questão de ir cedo vá sozinho…E por favor já é tarde preciso trabalhar…- Arthur a levantou a encostando na borda da mesa.
Arthur - Você brinca comigo Lua, não tem noção do perigo? 
Lua - Eu nunca tive medo de você Arthur… Eu sempre tive medo do que eu sentia por você, portanto eu temo por mim mesma não por você.
Arthur - Eu daria qualquer coisa para que você me olhasse daquela maneira, como naquele dia…Como naquela festa… - Lua umedeceu os lábios.
Lua - Agora não dá mais tempo Arthur, nos voltamos aonde tudo iria terminar…- Arthur fechou os olhos. 
Arthur - Não diga sexo…
Lua - Não eu não vou dizer…- abriu os olhos a mirando, Lua se aproximou sussurrando em seu ouvido. - Você já o sabe…- Seus olhos se encheram de água em um passe de mágica , Deus era só isso que ela achava que havia entre eles? Arthur se afastou destrancando a porta olhou para trás.
Arthur- Amanhã de manhã Lua e não me faça mais esperar…- Lua olhou nos olhos dele, e pareceu que suas palavras haviam outro sentido, ela não pode deixar de sorrir tristemente, como dizer a ele eu te amo? Que você é tudo o que eu peço a cada dia que durmo…Arthur se aproximou franzindo a testa lhe deu um beijo para então sair da habitação com o celular na mão…
Sophia - Não me diga que aquele é o Arthur Aguiar? Menina do céu eu pensei que ele fosse um pouco mais feio. - Disse e sorriu. - Esse homem é um Deus grego. - Lua sorriu respirando aliviada ao ver a amiga ardenta na habitação. Sophia estava com um terninho básico na cor preta os cabelos escovado loiro era realmente magnifica, abraçou Lua com força percebendo que a amiga necessitava dela. Sophia estava a par da situação se sentou fechando a porta de frente para Lua no sofá da habitação sorriu a olhando nos olhos.
Lua - Fizemos amor, uma , duas, três, quatros vezes hoje… - levou as mãos no rosto. - Eu estou fora de mim Sô, completamente fora do meu juízo…- Sophia sorriu abraçando Lua jogou os cabelos para trás cruzando elegantemente as pernas, Lua a olhou dos pés a cabeça, estava tão linda essa manhã, tão perfeita e mulher, sem dúvida se orgulhava de Sophia mais do que qualquer outra pessoa.
Sophia - O problema é que você corre para depois se entregar em seu próprio jogo Lua…- bufou a pegando firmemente pelas mãos. - Conversei com Micael agora pouco… - Falou sorriu. - Estava tão nervoso, me falando ordens para trasferir todos os aquivos para cá hoje mesmo. Deduzi que algo havia acontecido, ande gata se abra para mim…- Sophia e Lua gargalharam do jeito despojado que Sô havia dito as ultimas palavras, se abraçaram novamente. 
Lua - Estou viajando para Madrid…
Sophia - Mais você? Vi na Venturini hoje cedo que o projeto havia sido aprovado pelo Thur…- não completou e se pôs a gargalhar. -  Ele é mesmo endiabrado, e ainda arranjou uma maneira de deixar que o Micael fique aqui. - Lua sorriu - Lua, eu sinto mesmo em lhe dizer, mais você está ferrada…- Lua franziu a testa como assim? Ela era segura de si e iria resistir.
Sophia- Já até imagino o que se passa por essa sua cabeçinha meu, Lu o cara...- Disse se corrigiu. - O Arthur é doidão por você? E qual é? Já chegou até na Venturini onde eu trabalho que te tira a roupa com os olhos, pois tire a dele também horas… 
Lua - Sô…
Sophia - Aii desculpa desculpa, mais falo sério, nunca ouviu a frase de juntar o útil ao agradavél pois então, sabemos mais que tudo como deixar um homem louco Lua, acabe com ele… - Lua sorriu para não chorar. 
Lua - Como se eu não tivesse tentado fazer isso, e sabe como tudo acabou, comigo sobre a minha mesa com ele em cima de mim, veja que grande avanço eu fiz.- Sophia gargalhou novamente. 
Sophia - Me desculpe mais é muito cômico, você já olhou realmente para aquele homem? Lua é uma perdição acho que qualquer mulher daria qualquer coisa para passar 5 minutos com ele no escritório…- Lua sorriu era mais pura verdade - Hey gata…. - Lua sorriu novamente - Tá na hora de você reagir, nada de entregar os pontos não, pelo que sei ficará 1mês em Madrid? 
Lua -É isso mesmo.
Sô - Pois então leza…- sorriu levando as mãos no rosto de Lua. - Não tem mais para onde correr Lua, se correr o Thur pega se ficar o Thur come, ops o bicho…- Lua gargalhou com vontade só assim mesmo para se esquecer da revira volta que sua vida havia dado. Abraçou Sô que se levantou um tanto apressada. - Tenho milhares de coisas para fazer antes que o todo poderoso volte, a propósito vocês vão janta juntos hoje? - Sophia perguntou olhando Lua nos olhos na esperança que ela dissesse que…
Lua- Não, aquele demônio recusou o convite em quanto ainda estava em cima de mim…Ahhh - soltou um gritinho. - Me ponho como louca e sinto vontade de mata lo Sô…






Capítulo dedicado para vaca do meu core <3
Com mais 10 comentários, posto o próximo capítulo.
Se preparem Giovaca vai aparecer na viagem para Madrid... Acho que a Lua não vai gostar nada disso...

15 comentários:

  1. Mais pf está ótima.. Q a Lua mande essa Giovaca pro lugar dela.. Rsrs

    ResponderExcluir
  2. Uaaaaaalll Que Capítulo, Ameiiiiiii ,Ameiii,Ameiii....
    Essa Viagem Promete
    Posta logo Por Favor *--*

    ResponderExcluir
  3. Ameeeeeeee essa viagem vai rende eitaa eita kkkkkk😍😍😍👏😂😂👌

    ResponderExcluir
  4. Maiiiiiiiiiis Por favor
    como sempre amando ♡

    ResponderExcluir
  5. Faz a mini maratona por favooor

    ResponderExcluir
  6. Posta mais ta muito bom

    ResponderExcluir
  7. Meu Deus eu preciso saber o que vai rolar nessa viagem!! Posta mais por favooooor

    ResponderExcluir
  8. Brenda me ama ♡ Oooh vaca, poste outro capítulo!

    Morri com a Lua "Me ponho como louca e sinto vontade de mata-lo" kkkk não vou nem citar o jeito que ela pensa em mata-lo. Vou deixar em OF. Kkk

    ResponderExcluir
  9. Queremooos maaais não demore mulher kkk.. que lua de uma surra na giovaca >:(

    ResponderExcluir