Forever Too Far - Capitulo 24

|


Arthur
Eu precisava encostrar Lua. Eu precisava abraça-la e tranquilizar-me que eu não tinha acabado de perde-la e que ela e o bebe estavam bem. Então eu fui para convence-la a ir para casa comigo e me casar imediatamente. Eu não queria esperar mais. Eu não deveria ter esperado tanto tempo.
Meu avião pousou 30 minutos antes do previsto. Nós tínhamos saído mais cado do que o planejado. Eu não queria esperar até o momento em que eu disse a ela para estar aqui e eu não quero que ela venha ao aeroporto sozinha. Peguei um táxi e disse-lhe para me levar para a marina. Eu gostaria de encontrar o banco do Billy sozinho. Key West não era um lugar grande. Eu iria encontrá-la antes que ela tivesse tempo para sair.
Pisei na cais que estava ente as fileiras de barcos ancorados, olhei por qualquer sinal de Lua ou Billy. Eu ligava, mas tinha ido direto para a caixa postal. Havia veleiros, barcos de pesca, e até mesmo casas flutuantes ancorados neste lugar. Vários dele tinham pessoas vivendo a bordo. Eu estava chegando perto do final, quando vi um homem de pé perto da parte de trás do seu barco. Ele tinha os braços cruzados sobre o peito nu enquanto ele olhava mais para o barco ao lado dele.
Comecei a perguntar-lhe se ele sabia onde o barco de Billy Blanco estava quando eu segui seu olhar. Os cabelos loiros caía nas costas e soprava descuidado com o vento. O  familiar vestido que ela estava usando era o favorito dela ultimamente porque era uma das poucas coisas que ainda cabiam nela.
O pequeno estomago que se desenvolveu nas últimas semanas foi ocupando mais espaço e o tempo era mais curto do que eu preferiria. Só em vê-la, me senti inteiro de novo... até que eu percebi que ela era o que o cara sem camisa estava olhando. Ela não sabia por que estava de costas e estava olhando para a água azul clara como o sol desencadeando uma variedade de cores. Mas eu vi.
Meu homem das cavernas interior queria tirar o idiota pra fora de seu barco e jogar sua bunda na água. Porém, ey não poderia fazer isso. Mesmo chateado eu entendi o porque de ele estar olhando para ela. Ela estava deslumbrante. Eu queria parar e olhar para ela também.
Sai da rota do homem das cavernas e fui direto para o barco de seu pai e pulei em seguida, puxando-a em meus braços antes que ela pude-se girar ao redor para ver quem era.
''Arthur'', disse ela em um suspiro de satisfação e me senti como o homem das cavernas batendo em meu peito. Ela sabia que era eu. Eu amei isso. Eu enterrei meu nariz na curva do seu pescoço e respirei fundo. Ela tinha um cheiro tão bom. Hoje seu doce cheiro era misturado com o mar. Eu queria deixá-la nua e descobrir se ela cheirava como o mar em qualquer outro lugar também.
Eu coloquei minhas mãos sobre sua barriga apenas para me lembrar de que nosso bebe ainda estava bem. Ele era saudável e Lua estava bem. Toda vez que eu pensava nela sangrando e tendo cólicas, meu coração sentia como se tivesse parado. Eu, basicamente, abandonei os últimos dias tentando deixar Gi sob controle para que eu pudesse sair. Minhas últimas palavras para Lua tinha sido duras e isso era tudo que eu podia pensar quando sai.
Tinhas as minhas palavras feitas á caibra? Eu não a merecia, mas eu não ia deixá-la ir. ''Sinto muito. Deus, Lu, estou tão arrependido. Eu te amo. Isso nunca vai acontecer de novo'', eu prometi, embora as palavras soassem familiares aos meus ouvidos. Eu estremeci, percebendo que eu tinha dito isso antes. Eu nunca deveria ter ido para LA. ''Eu te amo'', respondeu ela simplesmente.
''Eu também te amo'', respondi segurando-a enquanto estávamos lá assistindo o por do sol sobre a água.
Quando o anoitecer foi finalmente estabelecendo-se em torno de nós abaixei a cabeça em seu ouvido. ''Existe um hotel que poderíamos dormir esta noite? Eu preciso de você e não vou ficar quieto.''
Lua virou-se em meus braços e colocou os braços em volta da minha cintura. Seus olhos brilhavam com diversão. ''Eu posso ficar quieta'', ela respondeu.
Eu subi e coloquei uma mecha de seu cabelo atrás da orelha e, seguida tracei sua mandíbula antes de sentir seu suave e gordo lábio inferior. ''Eu não posso.''
Um sorriso satisfeito puxou cada canto de sua boca e ela deu um beijo na minha boca. ''Você pode sussurrar suas palavras deias no meu ouvido'', ela respondeu.
Puxei o lábio inferior em minha boca e chupei antes de deslizar minha linguá dentro de sua boca saboreá-la. Agarrou-se a meus braços, e gemeu baixinho, e oscilando em mim. Foda-se, de jeito nenhum  que eu ia ficar esta noite tranquilo. ''A menos que você queira que seu pai me ouça gemer do doce sabor de sua buceta e gritar seu nome quando eu gozar dentro de você, então iremos a uma porra de hotel.''
Lua pressionou seu corpo mais perto do meu e outro gemido escapou dela.
''Deus, Arthur. Eu juro, se você continuar falando terei um orgasmo bem aqui.''
Segurei a bunda dela e puxei-a contra mim antes de cobrir sua boca a minha novamente. Se ela estava inchada e transformada com as palavras que poderiam tirá-la, então eu estava indo fazer isso acontecer para caralho.
A tosse forte fez lua congelar em meus braços, então ela calmamente se soltou de mim e olhou por cima do meu ombro.
Suas bochechas ficaram rosa brilhante e ela abaixou a cabeça no meu peito. O fato de que ela estava enterrando-se contra mim era a única coisa que me impedia de perde-la.
Eu não gosto da ideia de que nos ver juntos e envergonhasse.
Olhei por cima do ombro para ver o cara que estava olhando para ela, quando eu subi. Tendo Lua em meus braços novamente me fez esquecer tudo o que nos rodeava.
Não que isso tivesse importância. Eu queria que ele soubesse que ela era minha. Eu queria que todos soubessem.
''Pensei que vocês pudessem querer um quarto'', disse o rapaz com um sorriso.
''Estamos muito bem. Talvez você precise encontrar outra direção para olhar'', eu respondi. Tenho a certeza que o aviso estava na minha voz.
O cara riu. ''Assistindo o por do sol é a minha coisa. É uma vergonha se um cara não pode ver algo tão lindo do seu próprio barco.''
O brilho nos seus olhos quando ele olhou para Lua em meus braços fez meu sangue ferver. Lua deve ter me sentido tenso porque ela instantaneamente se achatou contra mim e deu um beijo em meu peito. ''Vamos para dentro. Eu quero um pouco de tempo sozinha com você'', disse ela, apenas alto o suficiente para eu ouvir.
Olhei para ela e relaxei. Ela era minha. Eu precisava acalmar, porra. ''Mostre o caminho.''
Lua agarrou meus braços e me puxou para a pequena cozinha. Eu podia ver a porta que dava para dentro do barco e da ideia de ficar escondido lá com Lua era muito atraente. ''Quando tempo até seu pai chegar em casa?'', perguntei andando de costas para a escada.
''Não tenho certeza'', ela respondeu com uma risadinha.
''Será que o quarto tem uma porta com um cadeado?''
                                                                                              Continua...........
Eu acho que o Arthur não gosta do capitão.

20 comentários:

  1. Thur e Seus ciúmes❤️😍 kkk
    Awwn esses dois❤️❤️ é muito Love ❤️😍 Ameii ❤️❤️... A Luh vai casar depois ou antes do Bébé nascer??

    ResponderExcluir
  2. Muito bom sao lindos juntos,mesmo achando que o Arthur deveria ter sofrido mais por tudo que fez,mais foi legal deixar ele com ciumes pelo menos isso pra ele aprender.
    Mary

    ResponderExcluir
  3. Huhu Chama o bombeiro u.u \Õ/ kkkk esses dois :D kkk adorooo
    Ahh tenho certeza que o homem das cavernas, ainda vai ter mt ciumes do Capitão u.u kkkk

    ResponderExcluir
  4. O thur ta desesperado kkkkkk
    Posta maiss +++

    ResponderExcluir
  5. O Arthur ta matando cachorro a grito kkkk oxe ele ta com fogo todo mais Manu quero safadagem kkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. colocaro pimenta no babado do Arthur fogo da porra parece que tava no deserto e mulher kkkkkkk que coisa feia

    ResponderExcluir
  7. Haaaaaaa ela foi boa e compreensiva com ele eu teria o atirado no mar kkk e dormir do lado de fora ainda por sima kkk

    ResponderExcluir
  8. Ahhhhhhhh o ciume....., esse bichinho incomoda o Aguiar e olhe que ela ta gravida viu kkk todo mundo sabe que tem dona ei porra o Aguiar quer afogar o ganço kkkk

    ResponderExcluir
  9. O Arthur com esse fogo no rabo quer fazer Lua destruir o barco do pai dela kkkk esse homem tá na seca dar logo pra ele Lua antes que ele mele a calça como um adolescente kkkkk

    ResponderExcluir
  10. LUA E SEUS HORMÔNIOS A FLOR DA PELE PERDOOU FASIM FASIM SE EU FOSSE LUA ELE PASSARIA A NOITE CHORANDO DENTRO DO MAR CHAMANDO MEU NOME AI SIM EU DAVA SE A CHANCE DE ELE SE EXPLICAR SOU RUIM MESMO ARTHUR MERECEU APANHAR :) MAIS MANU!

    ResponderExcluir
  11. Lua mulher deixa o Arthur morre na mão kkkkkkkkkkk eu mandava ele tocar uma só quando fosse pra casa resolvia o problema dele tem que rolar um castiguinho só acho kkkkk

    ResponderExcluir
  12. NÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO quero pegação Luar pra já o capitão tem que ouvir os gemidos del pra saber que tem ono não curtir esse capitão thur não gostou eu não gostei :)

    ResponderExcluir
  13. Uuuuuuuuu mostra quem é que manda bota o Arthur Junior pra funcionar meu filho quero esse barco balançando até dar injou nesse Capitão! Maria

    ResponderExcluir
  14. Posso falar Lua tem que botar moral nesse thur ele vem com um chamego... sorrisos bobos.... e com esse olho do gato de botas e ela fica mole com gelatina isso não pode Lu homem tem que sofrer um pouquinho se não costuma a pisar ai ja viu ;)

    ResponderExcluir
  15. Manu minha filha poste isso tou morrendo de curiosidade e afim de ver a safadagem desses dois kkk

    ResponderExcluir
  16. amo demais esta web

    Ana

    ResponderExcluir
  17. Seria legal à Lua fazer ciúmes con ele pro Arthur.

    ResponderExcluir