A Promessa - capitulo 16

|
   Capitulo 16
Como ele sabia?
                                                                      Diário de Lua Maria Blanco
     Acho que me senti como o rei Naamã da Bíblia, quando foi instruído pelo profeta Eliseu a se lavar no rio Jordão por sete vezes, pois assim seria curado. Francamente, eu não sabia o que pensar. Não tinha nenhuma para confiar naquele homem, mas fui tomada pela firmeza de sua convicção. Fechei a porta e voltei para cozinha. Luana estava á mesa, passando manteiga de modo desajeitado em um pedaço de pão. Olhei-a por um instante e falei:
-           Querida, não vamos comer isso.
-          Por que?
-          Eu só quero testar uma coisa. Teremos muito cuidado com o que comermos nos próximos dias. Está bem?
-          Está bem?
-          Deixe que eu pego outra coisa para vc. Olhei a comida que Fátima trouxera. A caçarola,o pão, a sobremesa. Tudo tinha trigo. Abri uma lata de pêssego e entornei-os em um prato fundo.
-          Aqui está querida.
-          Obrigada, mamãe.
  Enquanto Luana terminava de comer, fui para o quarto, tranquei a porta e liguei para o hospital. O doutor Lucas, que cuidara de Luana na sexta-feira, estava de plantão, mas se encontrava ocupado com um paciente. Deixei meu telefone com uma enfermeira. Só muitas horas depois, enquanto punha Luana para dormir, é que o telefone tocou. Dei-lhe um beijo de boa noite, e atendi a ligação. Era o doutor Lucas retornando meu telefonema.
-          Doutor, não sei se se lembra de mim. Cheguei na sexta- feira á noite, com minha filha pequena, Luana. Ela tinha sofrido uma convulsão.
-          Claro. Como ela está?
De repente, senti-me um pouco estranha.
-          Ela está mais ou menos na mesma. Espero que não pense que estou louca, mas um amigo acha que sabe o que pode estar errado. – olhei-o para o papel onde Arthur fizera sua anotação. – ela poderia estar com doença celíaca?
O médico ficou em silencio por um instante. E, então, disse:
-          Isto explicaria os problemas no estomago e a perda de peso. Existe mesmo um estudo que relaciona a doença celíaca com convulsões. Seu amigo pode estar certo.
Francamente, não esperava por essa resposta.
-          Ah. Então o que eu devo fazer?
-          A doença celíaca é uma enfermidade autoimune desencadeada pelo glúten, uma proteína muito comum em nossa dieta. É encontrado em alimentos como pão, massas e biscoitos – qualquer coisa feita de trigo, cevada e outros tipos de grão. Se eu fosse vc, passaria uma semana sem lhe dar alimentos com glúten e veria o que acontece. Vc tem um pediatra?
-          Sim.
-          Ela poderá dar mais informações a respeito da doença. Vamos torcer para que seja isso.
-          Obrigada, doutor.
-          De nada. Tenha uma boa noite. – e desligou.

Não esperava por isso, pensei.   
                                                                         Continua....

O Arthur não tem filho.



4 comentários:

  1. adorando a web
    Lua tentando encontrar respostas para a doença da filha, que dó

    ResponderExcluir
  2. ++++++++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  3. Obrigada. Fui eu quem perguntou se ele tinha filho.

    ResponderExcluir