Por Seu Amor - Capitulo 50° e 51°

|




Capitulo 50

2 meses depois

Lua tinha lançado seu CD e agora estava fazendo turnê pelo Brasil; Seus shows sempre eram feitos nos fins de semana, mas como ela estava de férias eles estavam acontecendo todos os dias; Cada dia ela estava em um lugar diferente do Brasil. Lua estava feliz profissionalmente mas sentimentalmente ela estava infeliz. Ela e Arthur não se falavam e a saudade que ela sentia dele só aumentava. Hoje ela iria fazer um show no Rio de Janeiro, assim que botou os pés na cidade recebeu a ligação de Mari dizendo-lhe que iria ao show e que estava com saudades dela. Lua ficou feliz ao saber que não tinha perdido a amizade de Mari mesmo não estando mais com Arthur. Ela se encaminhou para o hotel e algumas horas depois foi para o local do show, fez a passagem de som e foi se arrumar.

Povs Arthur

Mari passou praticamente a semana toda me atormentando para ir a um show com ela, pra ela parar de me irritar eu disse que ia; Não sabia nem de quem era o show e ela disse que não ia me contar de quem era, só iria descobrir quando estivesse lá. Mari e seus segredos…

Mari: tenho certeza que você vai adorar o show
Arthur: espero, mas jura que você não vai me contar de quem é?
Mari: já te falei, só vai descobrir quando estivermos la
Guga: vai Arthur, dirigi e para de fazer perguntas idiotas
Arthur: só ta falando isso porque sabe de quem é o show
Bruno: caramba você vai ficar irritando com essa pergunta até a hora que chegarmos lá?
Arthur: quem sabe…

Fomos o resto do caminho cantando e eu de vez em quando perguntava de quem seria o show, só pra deixa-los irritados


Capitulo 51


Povs Arthur

Chegamos no local do show e Mari me mandou entrar por trás pros fãs não nos verem. Ainda não tinha a minima ideia de quem fosse o show, assim que descemos do carro alguns fãs me viram e começaram gritar; Acenei e sorriu

Mari: Anda rápido Arthur, rápido (ela falava e me puxava pelo braço)
Arthur: Por que tanta pressa Mariana?
Mari: Já estamos atrasados, daqui 10 minutos começa o show (Ela começou a me puxar mais forte e andar mais rápido)

Assim que chegamos aos bastidores alguns homens nos deram crachás que davam acesso ao camarim, mas nós corremos pro camarote. Logo que chegamos lá começou a contagem regressiva para o show começar, apos a contagem começou a rolar um mix de varias músicas e confesso que aquela voz era muito familiar, mas não conseguir identificar de quem era. As cortinas caíram e pude ver Lua, linda e com um violão.

Arthur: show da Lua? Mariana Costantini por que você não me contou? (perguntou um pouco alterado)
Mari: porque se eu contasse sabia que você não viria, agora cala boca e curti o show

A única coisa que posso dizer é que me senti orgulhoso de ver Lua ali no palco com vários fãs histéricos gritando que a amavam e cantando as músicas com ela. E naquele momento eu percebi que não podia mais viver sem ela. Aqueles 3 ou 4 meses, nem sei ao certo, sem ela já tinham me feito sofrer demais. Em um momento do show, Lua procurou por Mari e me viu ao seu lado. Ao me ver ela deu um sorriso largo e mandou-me um beijo, sorri de volta e acenei pra ela.

Lua: essa música eu escrevi pra um cara muito especial pra mim e eu espero que um dia ele possa ouvi-lá e ver que eu realmente o amo e nunca faria nada para machuca-ló ou deixa-ló triste (falava e me olhava) E essa eu sei que você sabem então vamos fazer bonito hoje em?

Lua puxou a música no violão e pediu que os fãs começassem. Logo ouvi um coro cantando.

"O que há dentro do meu coração Eu tenho guardado pra te dar E todas as horas que o tempo Tem pra me conceder São tuas até morrer"

Enquanto eles cantavam ela cantava sem está próxima ao microfone e me olhava. Ela cantou a música todinha me olhando e eu a olhando, não desviamos nossos olhares um minuto se quer durante a música.

Continua…


Creditos: Yasmim



Gente vou fazer a maratona sexta, está bem?! A principio irei postar 6 capitulos, de dois em dois como sabem, então ficam 3 postagens.. pode até ser mais se voces quiserem. Dai acho que já acaba a primeira temporada na sexta.

6 comentários: