Até que a Sorte os Separe - Parte 5 (FINAL)

|




   No Capitulo Anterior..

Sophia: que foi gente? Vocês não tao achando que fui eu né? 
Lua: fui eeeeu 
Arthur: fica quieta Lua. Sophia sai da minha casa agora
Sophia: Arthur eu juro que não fiz nada 
Arthur: ah então me explica isso 
Giovanna: calma Arthur 
Arthur: calma nada, some da minha frente falsa! 
Sophia: você ta cometendo uma injustiça. [Os seguranças chegam] 
Arthur: pode levar 
Sophia: me solta! Eu sei a saída, você vai se arrepender por isso. [Ela sai] 
Arthur: e agora? 
Giovanna: agora é esperar passar o efeito 
Arthur: como pode as pessoas serem tão falsas assim? 
Giovanna: a gente nunca conhece quem é quem. [Lua dormia deitada no colo de Arthur, ele ajeita ela na cama]  eu ouvi você gritar hoje cedo, estavam brigando? 
Arthur: ah Gi, as vezes eu penso que a Lua não é a mulher certa pra mim uma por ela ser muito nova ela quer sair, quer viajar e esquece que tem uma filha. Você precisava ver a frieza que ela tratava a menina 
Giovanna: pensa com calma vocês tem uma filha juntos, você ama ela que eu sei 
Arthur: mas se ela não mudar eu vou embora 
Giovanna: vocês fazem um casal lindo juntos não estraga isso 
Arthur: é 
Giovanna: eu vou indo então, qualquer coisa pode chamar 
Arthur: valeu, brigado mesmo 
Giovanna: de nada, tchau [Ela sai]

 Horas depois... Lua acorda 

Lua: aii minha cabeça 
Arthur: você lembra de alguma coisa? 
Lua: aguá aguá aguá. [Ele da aguá pra ela] o que aconteceu? 
Arthur: você quase morreu, colocaram droga no seu suco 
Lua: droga? Quem? 
Arthur: a Sophia, foi ela 
Lua: a Sophia? 
Arthur: é 
Lua: como ela pode? Porque isso? 
Arthur: eu também não sei 
Lua: ta um gosto horrível na minha boca 
Arthur: vamos la em baixo comer alguma coisa. [Eles descem] 
Lua: eu não me conformo com isso 
Arthur: esquece ela amor, gente assim deleta da vida. [Eles comem] amanhã eu embarco pra BH 
Lua: ah fica vai 
Arthur: preciso ir amor. [Selinho] 
Lua: ta né, vamos dormir. [Eles vão]

 Dia seguinte,  Arthur ta pra sair 

Arthur: tchau filha 
Fernanda: naum bai naum papai 
Arthur: papai tem que ir meu amor, como papai vai comprar presente pra Nandinha se não trabalhar? 
Fernanda: plomete que bolta logu? 
Arthur: claro que sim. [Abraço] se cuida hein 
Lua: pode deixar doutor. [Beijo. Arthur sai]  não chora não princesa, amanhã papai ta de volta. [Pega ela no colo que deita a cabeça no ombro da mãe]

De noite
Lua: filha quer sair com a mamãe? 
Fernanda: pa ondi? 
Lua: no shopping com uns amigos 
Fernanda: quelu tim 
Lua: então vamo tomar banho. [Elas se arrumam] 
Fernanda: to bunita mai? 
Lua: tem que emagr...ér...ta linda amor. [Ela sorri, pra ela era a melhor coisa do mundo escutar da mãe que era linda.  Renan vai ligando o carro] 
Renan: sim senhora. [Elas descem, entram no carro e o motorista sai da casa com o carro] 
Fernanda: fléxis e autóglafos mais tade meux fãs. [Diz fazendo pose] 
Lua: o metida sobe esse vidro. [Lua ri. Elas chegam no shopping e são fotografadas juntas.] 

Arthur logo chega em BH estava no hotel com a tv ligada no programa da tarde, no diario dos famosos "a modelo Lua Blanco é fotografada com a filha no shopping da Barra. A menina que também é filha do jogador Arthur Aguiar, esbanjou fofura e muito glamour. Será que a pequena vai seguir os passos da mãe? Felicidades pro casal" Arthur sorri vendo suas mulheres Lua sorri vendo a filha fazendo pose pras fotos, a menina tinha o jeitinho todo da mãe. Elas chegam no restaurante do shopping 

Lua: oi amiga 
Mel: ooi. [Abraço] 
Chay: oi gatinha 
Fernanda: oi tio. [Senta no colo dele] 
Igor: ei gordinha não fala mais com os outros não? 
Fernanda: num tou godinha 
Lua: para Igor 
Chay: é minha princesinha. [Eles conversam, pedem a comida] 
Lua: Fernanda maneira ta filha?
Chay: deixa a menina Lua 
Lua: deixo mas tem que pegar no pé 
Igor: você é quem nem eu, tem horror a gente gorda 
Lua: caralho para de xingar a minha filha. 

[ BH ] 
Adriano: Arthur vem com a gente? 
Arthur: cara tu é casado 
Adriano: to casado não morto, vai ficar? 
Arthur: eu vou amanhã cedo tem treino 
Adriano: depois que teve filho ta careta que só 
Arthur: não mete minha filha no meio, vai pra tuas gandaia e me deixa. [Ele sai]

 [ shopping ] 
Igor: ta foi mal 
Fernanda: mamai potu i ali cum u tio Say? 
Lua: pode, cuidado com a minha filha hein 
Chay: sempre. [Chay e Fernanda vão. Eles conversam até tarde...] cadê o Chay hein? 
Mel: olha eles ali 
Fernanda: mamai olha o te eu ganei 
Lua: que linda amor, agradeceu? 
Fernanda: bligada tio Say 
Chay: denada linda. [Beijo na bochecha.] 
Lua: to indo, tchau gente. [Elas saem Na saida...] 
XX: Lua? 
Lua: ham, Fe quanto tempo. [Abraço] 
Fe: tu sumiu do mapa assim ta famosa né 
Lua: pois é 
Fe: essa é a princesinha? 
Lua: é sim, da oi pra ele filha 
Fernanda: oi 
Fe: oi linda. [Eles vão conversando...] 
Fernanda: mamai quelu i pla casa. [Diz coçando o olho]
Lua: ta com sono já, vem ca. [Ela deita no colo de Lua e acaba dormindo] 
Fe: perai, ta sujo de sorvete do lado da sua boca. [Ele limpa com o dedo.] 
Lua: eu preciso ir 
Fe: quer ajuda com ela? 
Lua: ai, porfavor. [Ele pega Nandinha no colo e os dois saem do shopping. Fernando põe a menina na cadeirinha] ai brigada 
Fernando: que isso, quer que eu leve seu carro? O motorista não ta e você bebeu 
Lua: não muito 
Fernando: mas se te pararem no transito não vai ficar bem pra sua imagem saberem que estava dirigindo meio alcolizada 
Lua: ta, vamos [Ele leva o carro, chegando em casa Lua poe a filha na cama e desce] ja abusei demais de você né? 
Fernando: que isso, não foi nada eu vou i...começa a chover forte 
Lua: iiih 
Fernando: deixa eu correr 
Lua: não, dorme aqui essa noite amanha você vai 
Fernando: e o Arthur? 
Lua: Arthur ta viajando, pode dormir no quarto de hóspedes 
Fernando: então eu aceito 
Lua: Isadora leva ele até o quarto 
Isadora: sim 
Fernando: boa noite 
Lua: boa noite. [Cada um vai pro seu quarto, Lua veste uma blusinha e uma calcinha até o meio do bumbum e se deita Arthur liga pra ela] 

- amor? 
- chero 
- tudo bem? 
- tudo sim, e você? 
- to bem, amanhã cedo to voltando ta? 
- ta volta logo, to com saudade 
- também to linda, e a Fernanda? 
- ta bem, dormindo 
- então eu tambem vou, boa noite 
- pra você também, sonha comigo ta? 
- em todos meus sonhos 
- lindo 
- beijo, tchau.[Eles desligam, logo vão dormir] 

Dia seguinte, Arthur chega em casa... 
Arthur: princesaaa? 
Fernanda: papaaai. [Abraço]  taudadi 
Arthur: também linda, cadê a mamãe?
Fernanda: nu catu 
Arthur: ta bom. [Ele sobe, Arthur entra no quarto, Lua mexia no guarda-roupa distraida, ele chega por tras e abraça] 
Lua: amoor pera ai Fe deixa eu me trocar 
Arthur: Fe? Que papo é isso de Fe? [Diz soltando ela] 
Lua: ér...Fe? Quem disse isso aqui? 
Arthur: você. [O celular de Arthur vibra, ele pega, anonimamente recebe fotos de Lua e Fernando saindo do shopping, Arthur ri] então esse é o tal "Fe"? pelo visto aproveitou bem enquanto eu não tava né? 
Lua: não Arthur calma caramba deixa eu explicar 
Arthur: ainda deixa esse otario pegar minha filha 
Lua: escuta 
Arthur: hum 
Lua: ele só colocou ela no carro pra mim 
Arthur: e... 
Lua: dormiu aqui 
Arthur: ta vendo 
Lua: mas foi no outro quarto porque tava chovendo forte 
Arthur: você não respeita a mim nem a nossa filha que tava em casa 
Lua: eu não te trai 
Arthur: ta, mas eu to cansado das suas desculpas 
Lua: Arthur onde você vai? 
Arthur: pode ficar, a casa é sua agora, porque eu vou embora com a minha filha, afinal você nunca gostou dela. [Ele faz as malas da filha e descem] 
Lua: Arthur para com isso porfavor 
Arthur: vamo Fernanda 
Fernanda: pa ondi? 
Arthur: na outra casa com o papai 
Fernanda: a mamai tamém bai? 
Arthur: não, pode se despedir, porque você nunca mais vai chegar perto dela 
Lua: que? Ta maluco? Não faz isso 
Arthur: faço, eu consigo a guarda dela, tenho provas de que você é uma irresponsavel, eu te avisei, agora anda. [Elas se abraçam] 
Fernanda: não chola mamai 
Lua: filha, a mamãe te ama muito ta? Nunca esquece de mim? 
Fernanda: eu ti amu, comu iquece? [Arthur puxa Fernanda.] 
Lua: não, deixa ela comigo me da minha filha 
Arthur: tchau Lua. [Eles saem] 
Lua: me da ela, me da minha filha. [Chora sentada no chão. Mais tarde... Já era noticia em tudo que era lugar que LuAr havia se separado.] mãe busca minha filha eu quero ela eu quero ela eu quero 
Claudi:a calma Lua 
Mel: Lua come alguma coisa, desde cedo não comeu nada 
Lua: não quero porra nenhuma, é dificil entender? 

Arthur ta na outra casa com Fernanda... 
Fernanda: voceis bligalam né? Foi tudu mia cupa 
Arthur: claro que não, agora é só nois dois, esquece aquela mulher entendeu? 
Fernanda: mais papai 
Arthur: ja falei, não me faça repetir. 

Um mês se passa. Lua vai até a porta da escolinha da filha, ela ta saindo, Lua ve a filha, vai pra chegar perto os seguranças impedem

Lua: deixa eu ver a minha filha 
Segurança: não pode, ordens do senhor Arthur 
Lua: foda-se o Arthur, me deixa passar por favor 
Segurança: sinto muito. [Arthur chega de carro, pega Fernanda] 
Lua: Arthuuur, Arthur! 
Fernanda: é a mamai? 
Arthur: é uma fã do papai amor, entra [Ela entra, Arthur entra do lado eles saem.] 
Lua: droga. [Ela vai pra casa] 

(Casa Arthur ) 

Arthur: Fernanda come 
Fernanda: não quelo quelo bê a mamai, to cum taudadi dela 
Arthur: pois vai ficar com fome, to sem paciência pra aturar birra. [Ele deixa ela com a baba e sai pra correr]
Chay: Lua já é o quarto contrato que você quebra, vai a falência 
Lua: to sem cabeça
Mel: posso falar? Desculpa mas você vivia maltratando a Nandinha agora ta ai sofrendo 
Lua: eu to com saudade da minha gordinha 
Mel: quer uma ajuda? 
Lua: o que? 
Mel: lembra de como você conheceu o Arthur? 
Lua: lembro 
Mel: tenta reconquistar ele do jeito que conquistou 
Lua: eu to com ódio dele, não rola 
Mel: ah Lua desisto, seu problema é ser teimosa feito uma mula, você quer assim, fica ai então  tchau. [ChaMel sai. Lua sai também Arthur corria pelo calçadão da praia, arranca suspiros de todos os lados, até esbarrar..]
XX: ta cego?...ah você 
Arthur: triste coincidência 
Lua: quando você vai parar com isso? 
Arthur: quem começou foi você. Vai crescer, criar maturidade suficiente, depois a gente conversa 
Lua: e se eu disser que ainda te amo, você me perdoa? 
Arthur: esse é seu erro, acha que com uma simples palavra muda tudo 
Lua: ah quer saber? Foda-se você 
Arthur: digo o mesmo, mal educada 
Lua: olha aqui. [Ele abaixa o dedo dela] 
Arthur: olha aqui o que? 
Lua: me solta 
Arthur: quem ta me agarrando é você 
Lua: idiota 
Arthur: que você gosta. [Ela fica em silencio] 
Lua: ...que eu amo. [Os dois se beijam. As línguas em guerra era evidente, paparazzis ja tinham o dia ganho. Aquilo seria um babado e tanto pra mídia. Depois de um tempo de beijo.. Arthur solta ela] 
Arthur: desculpa, mas essa não cola. [Ele continua a corrida] 
Lua: aaaaaaah seu imbecil. [Faz bico] 

De noite, Lua ta chegando em casa... 

Giovanna: oi Lua 
Lua: oi, ta indo namorar é? 
Giovanna: rs quem dera, vou na casa do Arthur mesmo 
Lua: do Arthur?
Giovanna: é...Lua? Nem pensar 
Lua: porfavor faz isso por mim 
Giovanna: ele não deixa 
Lua: porfavor Giovanna 
Giovanna: ai ta, mais não conta pra ele ta? 
Lua: ta. [Elas vão pra casa de Arthur...] 
Giovanna: Arthur deixa eu dar uma volta com ela? 
Arthur: não 
Giovanna: a menina não tem culpa de nada ta? Eu não vou demorar 
Arthur: ta, mais o segurança vai junto 
Giovanna: se vier essas montanhas atras de mim eu mando cortar seu piu-piu 
Arthur: isso ia doer 
Giovanna: então 
Arthur: ta, mas não vai muito longe, toma cuidado 
Giovanna: ta, vem princesa [Elas saem, vão até a pracinha...] 
Fernanda: pute azenti ta ati ziobanna? 
Giovanna: olha quem ta te esperando 
Fernanda: mamai? mamaaaaai. [Ela corre rumo a Lua que vinha também, Nandinha pula no colo de Lua que abraça forte, as duas choram] 
Lua: meu amor que saudade
Fernanda: eu tamém, mamai ninda. [Lua senta no banco com a filha no colo] 
Lua: e você ta bem? 
Fernanda: to tim, me leba com bocê?
Lua: se eu pudesse nunca ficaria longe de você, a mamãe se arrepende tanto de ter errado com você, com seu pai 
Fernanda: não chola mamai eu to cum fomi, o papai nau deu cumida pa Nandinha 
Lua: ah não? Depois eu cato seu pai de jeito. [Ela da de mamar pra filha e Giovanna apenas observa, Lua fazer carinho em Fernanda, beijava, ria, enquanto a menina mamava. Uns minutos depois, Fernanda acaba dormindo no colo de Lua, Giovanna chega] 
Giovanna: eu preciso devolver ela o Arthur ja ta ligando atras 
Lua: só mais dois minutos porfavor 
Giovanna: não da mais eu ja enrolei o maximo. [Lua se despede de Fernanda, da ela pra Giovanna, da um beijo na bochecha da filha] 
Lua: brigada eu nem sei como agradecer 
Giovanna: que isso, agora deixa eu ir. [Elas saem, Giovanna chega em casa...]
Arthur: porra que demora 
Giovanna: e chatisse ja cheguei. [Arthur pega Fernanda] 
Arthur: dormiu meu amor..[ele cheira a roupa da filha]  Giovanna...esse perfume esse perfume é o da Lua, eu sei que é, por isso demorou, foi levar minha filha pra ver aquela desmiolada da Lua 
Giovanna: ta, levei mesmo porque eu acho que tirar uma filha perto da mãe é desumano 
Arthur: a filha é minha 
Giovanna: ah Arthur você ta chato pra burro, a Lua fez bem de não querer mais você, porque tu ta parecendo aqueles velho caduco, chato. Ah me poupe. [Ela sai.] 
Arthur: não me quer mais? [Ele deita Fernanda na cama e fica pensativo. Lua volta feliz pra casa por ter visto a filha.] 

Dia seguinte, Lua sai pra uma reunião de negócios, logo em seguida sai pra almoçar, tinha combinado com Arthur. 

Lua: senta 
Arthur: quer dizer que virou amiguinha da Giovanna? eu não ja disse pra ficar longe da minha filha? 
Lua: que também é minha, perai ela te contou? 
Arthur: seu cheiro tava na roupa da Fernanda 
Lua: você conheceu meu cheiro? [Diz sorrindo] 
Arthur: é...mas não troca de assunto 
Lua: Arthur o que eu tenho que fazer pra você me perdoar? se você não me quiser de volta tudo bem, mas não me deixa sem ver nossa filha, dói demais ficar longe dela. [Arthur fica com pena de ver ela falar assim, chorando]  vamos ser amigos pelo menos, por ela 
Arthur: ta, por ela. [Lua sorri] a Giovanna disse que você...não me queria mais, é verdade? 
Lua: eu nunca disse isso, você que não gosta mais de mim 
Arthur: se eu to fazendo isso é pra você tomar um chock de realidade que a vida ñ é perfeitinha como você pensa não, eu nunca deixei de te amar e não vou desistir de você tão fácil assim. [Eles sorriem um pro outro, Arthur pega na mão dela] 
Lua: extra extra, casal LuAr voltou. [Eles riem] 
Arthur: não voltamos ainda 
Lua: ainda. [Sorri, rouba um selinho dele e sai. Arthur ri e vai pra casa.] 
Arthur: filha você vai ficar na casa da vovó hoje ta papai tem que ir pra São Paulo 
Fernanda: ta bou. [Ele deixa Fernanda na casa de Claudia e vai pra SP.] 

Era uma coletiva de imprensa depois de responder a perguntas dos jornalistas vai pro hotel. Arthur saia do banho, do quarto ouvia gritarem seu nome, sorri sozinho quando olha pra sacada... 

Arthur: que isso 
XX: aaaaaaah. [Ele ajuda ela a entrar] 
Arthur: sua louca 
Lua: loucas pelo Thur, sou muito sua fã me da um autografo. [Diz rindo, ele da] agora tira a toalha 
Arthur: que isso menina assanhada 
Lua: eu ja vi tudo mesmo. [Ela puxa]
Arthur: você só veio atras de mim? 
Lua: sim, que nem antigamente, eu te perseguia por onde voce ia, lembra? [Aponta pra tatuagem] "part of me Arthur" se você é parte de mim, não tem porque de nós dois estarmos separados 
Arthur: agora não mais. [Beijo, vão rumo a cama, ele ja tinha tirado a roupa de cima, logo tira o resto e começam a fazer amor...] você é maluca sabia? Podia ter caido
Lua: tive uma ajudinha 
Arthur: olha, eu te perdoo mas não quero você de papo com esse Fernando, paguei tres milhoes pro cara que tirou a foto não publicar 
Lua: credo, povo unha de fome 
Arthur: mas agora não quero você como minha namorada, quero você como minha mulher casa comigo? [Mostra o par de alianças que havia guardado] 
Lua: claro que eu caso amor. [Eles trocam alianças, e se amam até tarde]

 Dia seguinte, ja estavam de volta no Rio. 

Fernanda: mamaaai 
Lua: oi meu amor. [Abraço] 
Arthur: vamo pra casa 
Fernanda: a mamai tamém? 
Arthur: é, pra nossa casa 
Fernanda: eeeeeba, xau bobó 
Claudia: tchau princesa, tchau filha 
Lua: tchau mãe. [Eles três voltam pra casa mas na entrada encontram com Sophia passando, eles se encaram.]  deu pra rodear minha casa agora? Ou veio fazer uma reza braba pra eu morrer logo? 
Sophia: para com isso Lua, quando você vai perceber que eu não fiz nada? Foi a Giovanna poxa 
Lua: para de culpar a Giovanna, eu podia mandar te prender, mas não vou fazer isso, tenho mais o que fazer da minha vida. [Os tres entram, Sophia olha com raiva e sai.] 

     Iai gostaram da web?   Se voces quiserem eu continuo com capitulos extra.

14 comentários:

  1. Capitulo extra please!!

    ResponderExcluir
  2. continue e bom d+++++

    ResponderExcluir
  3. Posta +++++++++++++++
    Continua postando por favor !!

    ResponderExcluir
  4. maissssssssssss continua pelo amor de deus , e posta mais hj please

    ResponderExcluir
  5. Sim a web esta optima.

    ResponderExcluir
  6. posta ++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  7. Ameeeeeeeeeeeeeiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Posta Mais hojeeeeeeeeeee pfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpf

    ResponderExcluir