“Tudo por uma promessa” - 71º Capitulo

|

(MEU ÍDOLO É VIDA LOKA)

POV NARRADOR

 

Hoje seria o grande dia. Como será que as coisas iao correr? Bem ou Mal? Ainda não sabemos. Mas para o bem de todos, esperemos que as coisas corram pelo lado positivo para assim ficarmos todos a ganhar com o sucedido. Lua e Arthur com o filho e a sociedade com menos um criminoso.

 

FLASH BACK ON

 

Pouco depois do jantar de ontem, Arthur voltou a receber uma chamada de um numero desconhecido. Ele ficou com o coraçao nas mãos, e super nervoso. Atendeu sem hesitar.

 

LIGAÇAO ON

 

Arthur: to?

Thiago: alô mané! Aqui é o sequestrador

Arthur: deixa de falar assim Thiago, já todos nos sabemos de quem se trata. Ninguém aqui é otario, apenas voce!

Thiago: não brinca com a tua vida moleque… eu te pus num hospital entre a vida e a morte e posso fazer o mesmo com o teu filho.

Arthur: deixa o Rodrigo fora disso! – quase gritou

Thiago: aqui quem poem as ordens sou eu! Eu quero que amanha, por volta das 9horas da noite voce me passe a grana toda que eu pedi. Sem truques entendeu? Caso contrario, diz adeus pro teu filho!

Arthur: tá, mas onde?

 

Logico que Arthur sabia onde era o lugar, pois os policias já tinha descoberto, mas ele teve de contracenar, caso contrario, o Thiago descobria que havia policia metida no caso e ainda faria algo de mal para o bebé.

 

FLASH BACK OFF

 

Hoje, pela manha, Arthur contou aos policias a chamada que tinha recebido no dia anterior. Ele falou todos os passos que o Thiago disse que tinha de cumprir, nomeadamente, ir sozinho para lá, apenas com um saco com o dinheiro dentro.

 

Os policiais deram todas as indicações certas ao Arthur. para que tudo desse certo, ele tinha de fazer passo por passo, assim como foi pedido.

 

Enquanto a hora certa não chegava, os nervosos tomavam conta de todos.

 

Lua: eu deveria ir lá e partir a cara dele também

Arthur: nada disso. Voce não vai para lá.

Lua: mas eu quero ver o meu filho Arthur

Arthur: mas eu vou lá e trago o nosso filho, Lua. É perigoso para voce

Lua: o Rodrigo está lá, sabia? Não é mais perigoso para ele?

Arthur: Lua, não complica, por favor…

Lua: promete que não vai fazer nenhuma besteira?

Arthur: prometo amor. – os dois encostaram os rostos e se beijaram

 

Apenas Arthur poderia ir lá no local. Lua não ia, pois ia ficar muita confusão. Então, ela vai ficar em casa, com a Mel e o Chay que prometeram ficar com a loirinha para ela não cometer nenhuma besteira.

 

Mel: trouxemos filmes

Chay: pipoca

Mel: cartas

Chay: livros

Mel: doces

Chay: o jantar

Mel: a sobremesa…

Lua: vocês acham que eu consigo pensar em me divertir enquanto eu não vejo o meu filho à quase uma semana?

Chay: Lua, olha que o jantar é pizza

Lua: enfia a pizza n…

Arthur interrompe: Lua, eles estão apenas te ajudando.

Lua: voce me ajudaria também se me deixasse ir junto com voce

Arthur: voce já sabe que não dá amor, não insiste.

Mel: Lua, ouve o que o Arthur te diz… ele tem razão.

Lua: aff – cruzou os braços

 

A situação continuou complicada até a hora de Arthur ir embora. Ele e Lua ficaram um pouco sozinhos para se despedirem.

 

Arthur ri: Lua, eu não vou para a terceira guerra mundial nem para a Cochinchina brigar com ninguém. Eu vou apenas resgatar o nosso filho

Lua: mas to com medo Arthur – ela abraçou ele – Sei lá, eu prefiro pensar o errado, do que pensar o certo e dar errado, entende?

Arthur ri: entendo… soquenao – disse muito rápido

Lua ri: bobo! – ela beijou ele – Faz tudo certinho, se lembra que é a vida do nosso filho que está em jogo.

Arthur: isso não é jogo nenhum, é a mais pura realidade. Eu eu sei o que tenho e fazer. – ele respirou fundo – Vai amor, eu preciso ir.

Lua: boa sorte! – ela deu mais um super abraço nele – Até já!

Arthur: até já amor, te amo!

Lua: amo você.

 

Na hora de ir embora, Arthur e chay se abraçaram, assim como Mel não resistiu em dar umas palavrinhas de força ao amigo.

Na mao direita, Arthur levava o saco que continha folhas de jornal para encher e por cima algumas notas verdadeiras.

O carro da policia chegou e levou o Arthur até o local que Thiago pediu.

 

Para não levantar suspeitas, a poucos Km de distancia do barracão onde supostamente o Rodrigo estava, Arthur desceu do carro da policia e entrou em outro para que Thiago não desconfiasse de nada.

 

Quando lá chegou, antes de sair do carro Arthur orou mesmo sozinho e pediu a deus que tudo desse certo. Esperemos que sim.

 

Saiu do carro e foi andando até ao barracão. A uns metros de lá, se encontravam, escondidos, os policiais que estavam sobre vigia para atacarem no momento certo.

 

Arthur se aproximou da casa abandonada, que mais parece um barracão e bateu forte na porta. Não demorou muito para ela se abrir e na hora que a porta se abriu, ele ouviu o choro do Rodrigo. Ele já nem se lembrava de como era aquele chorinho. Ouvir aquilo, lhe fazia sentir saudade.

 

Thiago: vejo que não se atrasou… ainda bem moleque! Entra agora!

 

Arthur entrou, e antes do Thiago fechar a porta, ele olhou em volta para se certificar de que Arthur vinha sozinho.

Quando a porta se fechou, os policiais se aproximaram da casa e em cada ponta havia um agente de guarda.

 

Arthur: aqui está o seu dinheiro! – Arthur entrou a mala para ele – Eu quero o meu filho!

Thiago: eu já falei que quem manda aqui sou eu! Entendeu, ou quer um desenho? – Thiago apontou a arma ao Arthur

Arthur: baixa isso… - ele pediu – O meu filho? Cadê o Rodrigo?

Thiago: e se eu te disser que não existe mais bebé nenhum?

Arthur: eu sei que existe… - Arthur começou a chorar – Eu ouvi o choro dele!

Thiago ri: mas que maricada é essa parceiro? Vai chorar é? Viado! – Thiago abriu a mala e como viu algumas notas por cima, fechou logo, pois pensou que ali estava o dinheiro todo – Vejo que tu se comportou né? Agora eu vou buscar aquela criatura que não parou de chorar um minuto que fosse

 

Enquanto Thiago foi buscar o Rodrigo, que estava no quarto de entro, a policia entrou no barracão e ao ouvir os barulhos Thiago veio logo ver o que se passava.

 

Policia: POLICIA JUDICIARIA, THIAGO, VOCE ESTÁ PRESO POR SEQUESTRO A UM MENOR! – gritou

Thiago: FILHO DA PUT*, VOCE ME ENGANOU! – gritou com Arthur – FILHO DA MAE – gritou de novo

 

Arthur nem ligou para o que ele disse. Ele apenas começou a correr pelo corredor até achar o seu filho. Thiago bem tentou disparar contra os policiais, mas Thiago era apenas um, enquanto os policias eram vários. Um deles, foi alvejado por Thiago o que complicaria a sua situação em tribunal, mais uma vez.

 

Thiago: ISSO NÃO VAI FICAR ASSIM – gritou – NÃO VAI!

 

Por muito estranho que pareça, nesse plano, Thiago parecia estar sozinho. Na outra vez, ele tinha Matilde como cúmplice, embora que ela não tivesse participado tanto nos planos como ele. O que importa, é que Rodrigo está a salvo e o Thiago está preso.

 

(…)

 

Rodrigo foi encaminhado para o hospital. Não que estivesse ferido ou algo assim, mas era apenas para certificar que estava tudo bem. Ele apenas estava um pouco desidratado por não ter tido nesses dias o cuidado necessário de um bebé normal da idade dele.

Arthur ainda termia cada vez que se lembrava que hoje teve uma arma encostada a si, mas ele tentava esquecer isso e se lembrar de que tudo valeu a pena.

 

Chefe da policia: fico feliz por tudo ter dado certo. O Thiago na sai da prisão nos próximos 15 anos pelo menos. E dessa vez não tem fiança nenhuma que o faça sair de lá, pode ficar descansado.

Arthur: eu é que agradeço. Obrigado mesmo.

Chefe: eu tenho um filho pequeno, um pouco maior que o seu e sei o quanto é difícil ficar longe dele. Mais uma vez agradeço a sua colaboração nesse caso, graças a voce, tudo acabou bem.

Arthur ri: eu é que agradeço mais uma vez.

Chefe: bom, até outro dia

Arthur: até!

 

Se despediram com um abraço e um aperto de mao.

Arthur estava louco para ligar à Lua e contar tudo.


Comentários?

8 comentários:

  1. Eu esperava algo mais emocionante tipo um encontro pai e filho o Arthur falando coisas fofas pro Rod e não só falar ele foi direto pro hospital. Faz no próximo capítulo um momento só eles dois. Nao leva a mal pq amor sua web muito msm todas elas. Beijos. Nathalia.

    ResponderExcluir
  2. Posta +++++++++++++++++++++++
    Ameeii *-*
    PS:Concordo com o anônimo de cima :)

    ResponderExcluir
  3. Posta mais hoje, vai, por favor..

    ResponderExcluir
  4. Muito bom msm

    Divulga este blog, por favor

    http://webnovelaluarrebeldebr.blogspot.com.br

    Ps: ñ é meu, mas é ótimo, por isso divulga...PLEASE

    E posta mais

    ResponderExcluir
  5. Finalmente o Rodrigo vai pra casa!

    ResponderExcluir
  6. ainda bem que o Rodrigo tá bem
    amando a web

    ResponderExcluir
  7. Aaaaah fique tão feliz , finalmente o Ro vai pra casa espero que seja um reencontro bem emocionante da parte da Lua

    ResponderExcluir