3ª Temporada - Mais que Melhores Amigos - 4º Capitulo

|

POV LUA

 

É a primeira vez que, durante a noite, sinto pontadas fortes como estas que quase me impedem de respirar. Que dores fortes são essas? Que pontadas são essas que quase me matam de dor? Não tive como não gritar…

 

Arthur: LUA, VOCE ESTÁ BEM? – ele acordou sobressaltado com os meus gritos

Lua: aii Arthur… - eu fechava os olhos para deixar a dor passar – Eu acho que é agora!

 

Arthur levantou da cama, só de cueca boxer preta, o que não adianta dizer esses pormenores agora, dando quase um salto. Ele ficou assustado. O seu rosto ficou branco. Ele estava meio que desesperado.

 

Arthur: tá, mas o que eu faço? Chamo uma ambulância? Chamo os teus pais? Os meus pais? Não… os meus pais estão em NY… mas faço o que? – ele estava tao apavorado que nem dizia coisa com coisa

Lua: Arthur, para eu nem me irritar, fica calado! – eu falei com raiva e com muita dor – Depois, me ajuda a levantar!

Arthur: claro…

 

Ele deu a volta à cama, meio que correndo até mim e pegou a minha mão, que estava tremula, mas não tanto como a dele.

 

Lua: como assim? Eu vou ter o filho e voce é que treme?

Arthur: ahh Lua, não enche!

 

Ele me pegou quase ao colo, me colocando com os pés no chão e foi ai que senti as águas rebentarem.

 

Lua: pronto, aqui está a minha confirmação…

Arthur: devo ficar assustado?

Lua: não… voce deve é pegar nas minhas coisas e me levar para o hospital… - eu parei de falar por causa da contração repentina…

Arthur: que foi? vai nascer tipo agora?

Lua: AHHHHHHHH – gritei de dor

 

POV ARTHUR

 

Eu não podia estar mais assustado do que isso. Ainda por cima, com ela gritando.

Cara, eu sonhei tantas vezes com esse momento, mas em nenhuma delas eu imaginei que ela sentisse tanta dor. Parecia desesperada, parecia, sei lá, que ia morrer de dor, mas o pior é que eu me sentia igualmente aflito sem saber o que fazer.

Ele tratei logo de me ir vestir bem rápido, sem pensar na combinação da calça, da blusa, dos ténis e o relógio ou algo assim, e de seguida foi pegar um vestido largo para a Lua. Ajudei ela a vestir, que ainda gritava de dor e de seguida peguei ela ao colo.

 

Lua: cuidado Arthur! – ela reclamou

Arthur: tá, desculpa…

 

Eu sei que ela estava nervosa, irritada e talvez com medo do que pode acontecer agora, e por isso é que ela me responde desse jeito então eu nem vou lhe irritar mais. Apenas vou ouvir e calar, porque se eu falar algo, ela ainda me bate, e olha que ela é capaz disso.

 

Arthur: eu vou te deixar aqui no carro – disse, colocando ela no chao e abrindo a porta do carro – Vem… - segurei ela e ela se sentou no carro – Vou buscar a mala, tá?

Lua: tá amor, mas não demora…

 

À pouco ela me tratava mal, agora me chama de amor… enfim, gravidas! Só sei que vou ter saudade dessas mudanças de humor repentinas dela.

Subi até o quarto, subindo 3 ou 4 escadas de uma vez, fui até ao nosso quarto onde peguei a mala dela, de gravida e depois fui ao quarto da Juliana, pegar a mala de bebé com as roupinhas, e tudo o que ela precisava.

Quando desci, olhei para o relógio e sorri feito um bobo. Eram 01:15 da manha… com certeza que da próxima vez que eu entrar nessa casa será com a minha filha aos braços. Estou louco para que chegue esse momento…

 

(…)

 

Mel: à quanto tempo ela entrou na sala?

Arthur: duas horas já… - falei impaciente na cadeira

Sophia: como ela estava?

Arthur: nervosa e me xingando de mais

Mica ri: normal cara… quando foi a Sophia a ter a Pilar, ela até me deu com o chinelo

Sophia: claro… eu estava ali morrendo de dor e voce demorava pela procurar o colar

Mica: era o meu colar da sorte…

Sophia: agora isso não importa!

 

Chay chega meio que correndo…

 

Chay: a entrada do hospital está cheia de jornalistas cara, por sua causa – riu

Arthur: nem quero saber de nada deles agora… só quero saber da Lua!

Mica: calma rapaz, ela vai ficar bem!

Sophia ri: aii, não acredito que já vou poder vestir ela combinando a roupa dela com a da Pilar

Arthur ri: so que não

Mica ri: deixa Arthur, ela tá sonhando

Sophia: que mal tem as primas terem roupas parecidas?

Arthur ri: Sophia, não viaja…

 

As gargalhadas eram poucas agora pois estes momentos de ansiedade não me deixavam pensar em mais nada alem da minha princesa, ou melhor, das minhas duas princesas.

 

(…)

 

Arthur: doutor, como é que ela está?

Medico: ela está bem… não tarda nada, terá a sua princesinha aqui

Arthur ri: que bom… eu posso assistir ao parto?

Medico: voce acha que consegue?

Arthur: bom… eu acho que consigo…

Medico: então vamos lá…

Chay ri: voce tem certeza cara? Voce não vai desmaiar?

Arthur ri: claro que não… eu aguento!

Mica ri: boa sorte então

Sophia ri: olha que vai precisar

Mel: vem dar noticias assim que voce poder

Arthur: tá, prometo!

 

Entrei na sala de parto e vi logo à entrada um monte de pessoas vestidas com batas verdes e mascaras brancas. Entre meio deles, deitada na cama, estava Lua, com um rosto esgotado, branco e muito molhado.

 

Arthur: amor, como voce tá?

Lua: bem… eu acho.

Medico: vamos Lua, aperte a mao do seu marido e grite pra todo o mundo ouvir

Arthur ri: nisso ela é profissional

Lua: olha Arthur, se é pra falar m*rda vai embora!

Arthur: não amor, eu fico calado

Lua: quieto e calado por favor – ela fechava os olhos conforme a contração chegava – Partos, por que não nos homens?

Medico ri: porque as mulher são fortes e guerreiras o suficiente para trazerem ao mundo seres especiais

Lua: somos muito boas mesmo…

 

E entre minutos de desespero e alguns muitos gritos, digamos, o meu novo motivo de orgulho veio ao mundo.

Apresento-vos a Juliana Blanco de Aguiar. Garota que nasceu às 5:52 da manha, com 3kg550 e com 48 cm.

Ela é loirinha, tem os meus olhos e a cor da pele da mae. Enfim, uma garota cujo o nome do meio é perfeição.

O chorinho dela, apesar de irritante para quem fica o dia todo ao ouvir, para mim soava como musica perfeita para os meus ouvidos. Sei que um dia posso me fartar, mas fico muito feliz por ouvir pois é como se ela falasse…

 

Lua: aii minha princesa – ela pegou a Juliana ao colo, embora cheia de sangue – Minha linda, minha rainha…

Arthur: ela é linda amor – coloquei a mão sobre a mão da Lua, que segurava a Ju – Perfeita que nem voce

Lua ri: perfeita que nem nós dois! – sorriu e me beijou

Medico: Lua, Arthur – nos chamou – Vou ter de levar ela de novo para a incubadora

Lua: claro… mas ela volta quando?

Medico ri: assim que ela chamar por voce…

Lua: chamar?

Medico ri: digamos que é quando ela tiver fome

Lua ri: claro…

Enfermeira: Arthur, vou pedir que saia da sala para a Lua poder recuperar as forças e alem disso temos de cuidar a higiene dela

Arthur: tá, mas assim que eu puder entrar, me avise logo…

Enfermeira: claro! – ela saiu

Arthur: até logo meu amor – beijei a testa dela – Você teve muito bem, voce me encheu de orgulho, sabia? Te amo!

Lua: também te amo – dizia emocionada – A nossa princesa não é linda?

Arthur: é a sua cara

Lua: mas tem os seus olhos – sorriu

Arthur: eu sei – sorri – Até logo.

Lua: até…

 

Sai da sala, mas não antes de tirar a bata.

Confesso que as minhas pernas estavam bambas e que a primeira coisa que fiz, assim que sai do quarto, foi me sentar.

 

Mica: e ai, já é pai?

Sophia: como a Lua tá?

Mel: e a bebé, como é?

Chay: voce desmaiou? – perguntaram todos curiosos

 

Eu apenas me levantei, me debruçando sobre os ombros do Chay e do Mica e falei…

 

Arthur: sou, apartir de hoje, oficialmente… PAPAI!

 

Fizemos mó barulheira no meio do corredor, mas eu tinha de festejar essa alegria que corria nas minhas veias.


Amanha tem mais ;)

Obrigada pelos comentarios 


10 comentários:

  1. Obg por ter dedicado o capítulo anterior para mim , posta maaais ? Ta td tão boom

    ResponderExcluir
  2. Posta ++++++++++++++++++++++=
    Ameeii *-*

    ResponderExcluir
  3. Nossa pensei que ele ia desmaiar kkk bom de mais
    Ass:Manu ♡♥♡

    ResponderExcluir
  4. onnnnwwww que lindooi maisssss porffffff

    ResponderExcluir
  5. qie amooor ++++++++++

    ResponderExcluir
  6. divulga pra mim pf

    http://minhavidarebelde123.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Divulga essa web por favor...

    http://webnovelaluarrebeldebr.blogspot.com.br

    Rola comentários vai, please..

    ResponderExcluir