"LuAr na casa dos Segredos" - 29º Capitulo - "confia em mim"

|

POV NARRADOR

Flash back on

Lua iria ficar no quarto secreto, pensando na difícil decisão que talvez teria de tomar, mas ninguém sabia de nada. Arthur ficou nervoso e preocupado com ela e queria entrar no confessionário para poder saber dela, mas a voz não lhe podia dizer nada.

Perola: Arthur – disse entrando no quarto, onde o garoto estava sozinho – eu queria falar com voce
Arthur: to sem cabeça para conversar agora Perola, sai – pediu ele
Perola: não Arthur, me houve por favor – ela entrou no quarto fechando a porta – eu queria te pedir desculpa
Arthur: desculpa de que?
Perola: do que aconteceu… a culpa também foi minha, mas apenas estava fazendo o que a voz me mandou. A Lua é que não entendeu isso
Arthur: eu sei, ela tem dias que é cabeça dura
Perola: é… voce tá bem?
Arthur: não, eu estou preocupado com ela. Ela está a tanto tempo lá dentro e não sai e ninguém diz o que aconteceu com ela. Não sei o que aconteceu e tenho medo que lhe tenha acontecido alguma coisa porque ela estava chorando muito
Perola: calma, ela vai vir
Arthur: mas quando porr*? So de me lembrar da minha pequena chorando… nossa, doi pra caramba – disse ele muito triste mesmo
Perola: calma, eu to aqui para o que voce precisar – abraçou ele
Arthur: obrigado – abraçou ela também

Flash back off

Ontem, todos jantaram e foram dormir sem Lua.
Arthur ficou no jardim, sentado no chao, sozinho, esperando ela voltar, mas as portas tinham de se fechar e ele teve de voltar para dentro.
Voltou para o quarto e ficou sozinho.

No dia seguinte, domingo, dia de expulsões, a casa acordou ainda um pouco tensa com o “desaparecimento” da Lua. Mas mesmo assim, continuaram de cabeça erguida, menos Arthur, que para alem de não ter dormido quase nada, estava super preocupado ainda.
Lua, no quarto secreto, chorou muito essa noite, pois tratasse de uma decisão difícil, mas ela não aguentava mais mesmo. Ela tomou o café da manha, lá naquele quarto e depois foi ao confessionário para falar com a voz.

Voz: então Lua, já pensou?
Lua: sim voz… já – suspirou – se tem uma coisa que sempre é ensinaram é nunca desistir. E é isso que eu vou fazer. Eu to indo bem no jogo, nunca foi nomeada para sair, e me dou bem com todo o mundo, menos com a … enfim, voce sabe! Não vou deixar que ela estrague a minha vida assim. Preciso desse dinheiro porque quero ajudar a minha família.
Voz: quer dizer então que vai ficar nada casa?
Lua: sim, vou – ela suspirou – faço isso unicamente pela minha família, por mim e pelo Arthur… coitadinho, ele deve estar preocupado
Voz: e está mesmo. Não pára de ficar pelos cantos
Lua: é mesmo? – Lua começou a chorar, se sentindo culpada – eu preciso de entrar na casa
Voz: Lua, eu tenho uma missão para voce
Lua: uma missão?
Voz: sim… uma missão única.
Lua: que missão?
Voz: se conseguir fazer essa missão sem ninguém desconfiar de nada, 5.000 reais irao para a sua conta
Lua ri: não sei o que é, mas é logico que eu aceito
Voz: muito bem… é o seguinte…

(…)

Enquanto Lua pensava no que tinha de fazer, a voz chamou todos os concorrentes para a sala.

Arthur: será que tem a ver com a Lua?
Mica: eu acho que sim
Arthur: to nervoso – disse batendo o pé no chao
Diego: calma, ela vai voltar
Cassiano: odeio esperar – disse nervoso – quero saber logo o que é
Perola: aff, tanta coisa por causa de uma loirinha sem sal
Sophia: na boa piriguete, voce tá me irritando para valer – disse se levantando, irritada
Perola: olha como voce fala comigo – disse irritada também
Mica: chega sophia! – puxou o braço dela
Sophia: ela é que começou! – se defendeu
Voz: esta é a voz. Bom domingo, concorrentes.
Todos: oi voz
Voz: prestem atenção agora

Saindo do confessionário, passando pela cozinha e se dirigindo à sala, vem Lua, chorosa.
Arthur assim que percebeu que era ela, levantou do sofá, e foi correndo até ela, para poder lhe abraçar. Lua chorou ainda mais, quando sentiu aquele abraço apertado de saudades, e o rosto dele super aliviado por finalmente lhe ver.
Arthur pegou ela pela cintura, a abraçou e a fez girar, depois a pousou no chao, dando um beijao nela, lhe abraçando de novo e finalmente falando no seu ouvido

Arthur: promete que nunca mais faz isso comigo… por favor, Lua, não desaparece mais assim, isso acaba comigo – disse ele ainda a abraçando bem forte

Lua não conseguiu dizer nada, pois se isso tudo que aconteceu já quase o matava de desgosto, o que ela iria fazer depois, com certeza o mataria mesmo…
Ela ficou sem falar nada, apenas chorava, se afastou dele e foi para o meio de todos, à frente, para poder falar. Arthur não intendeu a reação dela, mas foi sentar no sofá, ao lado dos outros concorrentes

Lua: bom – ela respirou fundo – eu fui para um quarto secreto e lá eu pude pensar em tudo.
Sophia: tudo o que Lu? Porque voce tá chorando assim princesa?
Lua: por favor, não falem comigo agora, se não vai ficar tudo mais difícil para mim… - tudo ficou calado – eu pensei durante toda essa noite e tomei uma decisão… eu sou desistir do jogo.
Arthur: o que? – disse ele se levantando do sofá – Lua, não faz isso – disse desesperado
Lua: Arthur, por favor, não fala, não faz tudo ficar pior para mim… por favor – pediu ela, chorando – quero vos dizer que amei ter entrado nesse jogo, aprendi muito com vocês e do que dependeu de mim, tentei sempre ajudar vocês também… com certeza irao ficar muitas amizades para o resto da vida. Levarei um pouco de vocês para o resto da minha vida

Enquanto Lua dizia estas palavras, todas as meninas, tirando Perola, se emocionaram. Para alem de Lua cativar as pessoas, aquele jeito “verdadeiro” de ela falar, fazia com que tudo se tornasse triste, e vê-la chorar só piorava tudo.
Apos Lua falar tudo o que tinha para falar, desabou em lagrimas…

Voz: Lua, voce tem 5minutos para fazer as malas e abandonar a casa dos segredos
Arthur: Lua, não faz isso comigo, Lua, fica comigo por favor – disse ele, segurando as mãos dela, quase chorando – Lua, me fala que isso é mentira
Mel: Lua, não vai embora, não deixa agente – disse chorando
Sophia: Lu, por favor, fica aqui…
Lua: não meninas, eu tenho de ir… Arthur, vem comigo

Lua pegou a mao de Arthur, que não aguentou mais e começou a chorar também. Eles foram até ao quarto, de braço dado, entrando e chegando à porta. Assim que fecharam, Arthur encostou ela na porta, e a abraçou bem forte, chorando no seu ombro

Arthur: Lua, não faz isso comigo… eu não aguento sem voce! Eu saiu também…
Lua: não arthur, voce não vai fazer nada disso – disse chorando – voce vai continuar aqui, por mim, por voce, pela sua família… sou eu que não aguento mais, não voce. Me promete que voce fica? – disse chorando
Arthur: não consigo – disse chorando
Lua: voce consegue sim, voce é forte
Voz: Lua, o tempo está passando

Lua afastou um pouco o Arthur, que pos a mao na porta, pondo a cabeça lá e chorando a saída da sua loirinha.
Lua pegou a mala que estava arrumava debaixo da cama, abriu e jogou para lá tudo o que era seu.
Assim que terminou, olhou para Arthur, que ainda chorava, e chorou junto por estar a fazer tal coisa a ele. Ele merecia saber a verdade, mas missão é missão.

Lua abraçou Arthur mais uma vez e eles foram saindo. Todos os concorrentes foram até à porta de saída da casa dos segredos e foram abraçando Lua conforme ela ia passando. Perto da porta, Lua e Arthur se abraçaram mais uma vez, e se beijaram. Ambos choravam, fazendo os restantes concorrentes se emocionarem também.

Lua: confia em mim, fica aqui, joga como se não houvesse amanha… ganha por nós amor – disse ela chorando, segurando forte as mãos dele
Arthur: estou tao triste com voce – disse ele chorando – espera por mim lá fora?
Lua: claro que eu espero – disse tentando se controlar com as lagrimas – Galera, muita força, estamos juntos!
Todos: ESTAMOS JUNTOS – gritaram

Lua e Arthur deram um ultimo beijo e a loirinha saiu, fazendo Arthur sair no chao e chorar muitooo mesmo.
Lua saiu da casa de coraçao partido, mas depois voltou de novo para o quarto secreto. Lá, a voz falou com ela

Voz: Lua, como voce pode ver, tem ai uma tv no quarto, onde voce poderá ver os seus amigos na casa
Lua: Voz, quando eu volto para a casa? – disse chorando, vendo ainda Arthur sentado na grama, de cabeça baixa, provavelmente chorando
Voz: amanha… não se preocupe
Lua: voz, por favor – disse chorando – não deixe o Arthur abandonar a casa
Voz: isso não irá acontecer.

(…)

Mais tarde…

Ana: e hoje, domingo, dia de expulsões, quem irá abandonar a casa é… a Jhulie!
Diego: não acredito – disse chocado

Todos se despediram dela, e Jhulie saiu da casa…

Não se esqueçam, que amanha tem “Tudo por uma promessa”


13 comentários:

  1. posta "tudo por uma promessa " ameiiii perfeito

    ResponderExcluir
  2. meu deus,será que essa web ainda pode ficar melhor?
    amo d+ mesmo!

    cris pf tira essas letrinhas! :/

    ResponderExcluir
  3. cara tadinho do meu Thur, mas quando a Luinha volar e e disser q foi uma promessa o Thur num vai ficar com raiva dela não né? Porfavor tudo menos LuAr separados isso nãooo posta maisssss oxe fala comigo se tiver tt segue avisa q sigo de volta @fashionblanco

    ResponderExcluir
  4. desculpe uma promessa não é q eu tava pensando no outro imagine haa kkkkkkk' missão

    ResponderExcluir
  5. Gabriela Almeida2 de abril de 2013 17:00

    Nossaaaaaa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Estou amando essa web, posta mais pf!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Posta ++++++++++++++++++++++
    Ameeii *-*

    ResponderExcluir
  7. Queria tanto 3 temp de mais que melhores amigos e sinda não esqueci foi uma das melhores web minha opinião beijinhos amoooooo suas webs posta mais

    ResponderExcluir
  8. Maiiisssssss!!!!!!!!!!
    Lissa

    ResponderExcluir
  9. Posta maiis por favor *-*

    ResponderExcluir