A PROFECIA DOS CÉUS - 16° CAPITULO

|

A PROFECIA DOS CÉUS - 16º CAPITULO
A PROFECIA |PARTE 6| 


Eu quero descobrir de qual Deus eu sou filho - Falou Arthur fazendo careta.
Isso é bem complicado Arthur - Falou Pérola largando o livro para ficar frente a frente com o garoto.
Mas tem como descobrir? - Falou Arthur mordendo o lábio por estar nervoso.
Sim, acredito que sim - Falou Pérola sorrindo confiante para o menino.
Então vamos lá - Falou Arthur sorrindo sem jeito.

Enquanto isso com Lua e Chay...

Lua e Chay se olhavam apreensivos com tal aproximação de ambas as partes, queriam se beijar e matar essa saudade que os perseguia a séculos, mas estavam receosos por mais que quisessem muito algo os dizia que isso não era o certo a se fazer. Então quando Chay tomou a coragem para tal atitude de beijar Lua, Arthur abre a porta antes que a atitude de Chay virasse ação.

Oh! Me desculpem não queria atrapalhar nada - Falou Arthur nervoso olhando para baixo, ele não sabia o porque, mas não tinha gostado do que havia presenciado.
Atrapalhar o que ? - Falou Pérola que estava logo atrás de Arthur e tentava enxergar o que acontecia naquele quarto escuro.
Nada Pérola, mas bem o que te traz aqui Arthur? - Falou Lua saindo do quarto depressa quase esbarrando em Arthur e Pérola que ainda estavam na porta do quarto.
Ah sim Lua - Falou Arthur como se voltasse a si - Eu quero descobrir quem é meu pai - Disse o menino coçando a cabeça em sinal de nervosismo.
Que bom Arthur, vamos te ajudar - Falou Lua sorrindo para Arthur que ainda mantinha o nervosismo.
Cadê o Chay? - Falou Pérola olhando para todos os cantos da casa, como se procurasse em uma motidão.

Chay havia permanecido no quarto, agora sentado na cama olhando para o nada.

Enquanto isso na praça com Theo e Melanie... 

Morena, preciso te confessar uma coisa - Falou Theo se separando do abraço de Mel para olhar em seus olhos.
Fala Theo - Falou a menina mostrando confiança para Theo com apenas um sorriso.
Quando nos conhecemos achei que você não me aceitaria desse jeito estranho que sou, cheguei até mesmo a pensar que você poderia estar carente apenas, mas você me mostrou que não existe diferenças quando se ama. Sim Mel eu sei que você aprendeu a me amar do mesmo jeito que eu te amo, você é perfeita minha morena e o que eu sinto por você com certeza é bem mais que amizade, me da uma chance de te fazer feliz Melanie Aguiar? - Falou Theo agora segurando a mão da menina de joelhos com uma aliança pronta para botar em Mel, no meio daquela praça aonde tudo começou.

Melanie era só lágrimas, olhava todos que estavam a sua volta e de Theo esperando a resposta da mesma, estavam todos emocionados com a atitude do menino.

Sim e sim, mil vezes sim Theo. Eu te amo meu moreno - Falou Mel se jogando nos braços do garoto que quase caiu tirando risadas de quem assistia a cena.

Enquanto isso com Sophia e Micael...

Sophi, você quer que seja menino ou menina? - Falou Micael acariciando a barriga da namorada, estavam deitados na cama da mesma a horas entre caricias.
Quero que seja uma menina, para mim encher ela de lacinhos - Falou Sophia batendo palminhas animada.
Ela não vai ser um cachorro Sophi, é nossa filha ou filho e se for filha você não vai encher ela de lacinhos - Falou Micael fazendo careta acompanhada de uma gargalhada.
Mas gatinho, eu uso lacinhos também! você não acha bonitinho? - Falou Sophia Fazendo biquinho.
Ai meu deus eu não aguento esse biquinho, claro que eu te acho linda de lacinhos meu amor, só tenho medo que você exagere na criança - Falou gargalhando e mordendo o biquinho de Sophia.
Não vou exagerar amor, você vai ver - Falou Sophia abraçando o namorado ou melhor o esmagando.

Enquanto isso com Arthur...

Pessoal foco, Chay vem aqui! Eu preciso da ajuda de vocês - Falou Arthur em desespero.

Chay entrou na sala com cara de desanimo, afinal Arthur tinha acabado com a chance de seu quase beijo com Lua.

Arthur calma, venha aqui vou ver suas lembranças talvez assim consiga ter alguma pista - Falou Pérola puxando o menino para se sentar no sofá.
Mas eu nunca cheguei a conhecer meu pai, minha mãe encontrava ele as escondidas quando eu era bebê e morreu logo após o nascimento de Sophia, não deixou nenhuma pista sobre meu pai, jamais nem falou sobre ele que eu me lembre afinal só tinha 3 anos quando ela morreu - Arthur falou com o olhar triste.
Arthur eu consigo ver desde o seu primeiro dia no útero de sua mãe, com certeza seu pai esteve com sua mãe em algum momento desses - Falou Pérola incentivando o menino.
Você quem sabe, tente a sorte - Falou Arthur dando de ombros se sentando ao lado de Pérola.

Pérola se posicionou colocando suas mãos sobre a cabeça de Arthur, ficando assim por longos 15 minutos. Arthur já estava encomodado afinal essa ação de Pérola dava leve choques no cérebro de Arthur, quando enfim Pérola saiu ou melhor pulou para longe com a expressão de assustada.

Eu já sei de quem você é filho Arthur - Falou Pérola com a mão na boca tamanho o espanto.

Continua...

3 comentários:

  1. Quem sera em? to mega ansiosa
    GabiF

    ResponderExcluir
  2. Continuaaaa, por favor, tá muito boommmm

    By: Naat

    ResponderExcluir
  3. MDS continuaaaaaaaaaa
    Logoooooo
    PPR favor

    ResponderExcluir