Treinando a Mamãe - Capitulo 38

|


Pov Lua
Era manhã de sábado. Treino pesado a tarde toda. Jack já estava perdendo os cabelos de tão nervoso por causa do Campeonato Estadual de tênis, rumo ao mundo. Os últimos anos foram duros. Saudade da Amy Lee Aguiar, fase complicada e difícil de ser mãe e dona de casa porém, aprendi a gostar disso. Meus gordinhos me tiravam os mais belos sorrisos apesar de eu ainda não saber muita coisa. Mas o pouco que aprendi com Amy e o pouco que ainda venho aprendendo com Thammy e Théo, está me fazendo crescer de verdade.

- Toma Thammy, come e me ajuda... Preciso sair daqui a 15 minutos. - Tentava dar o  mingau para ela. - Stela, faz o seguinte termina de dar essa papinha pra ela por favor?
- Claro Dona Lua. - Ela pegou a colherzinha da minha mão. Thammy estava sentada na cadeirinha equipada para crianças.
- Não!!- Foi difícil aprender a falar ''Mamãe''. Mas o ''Não'' ela aprendeu rápido. Negava a abrir a boca, maneando a cabeça.
- Abre a boquinha Thammy.... - Stela tentava, mas eu conhecia a Thammy e ela não iria comer. Suspirei fundo e olhei pro teto da cozinha. - É, assim amorzinho... - Milagre! Ela abriu a boca.
- Stela, você tem um dom! Preciso ir. - Dei um beijo na testa da Thammy. - Quando o Théo acordar fala pra ele que ele é o homem da minha vida. As 18 eu acho que estou em casa, tudo bem?
- Pode ir tranquila. Vai ficar tudo sob controle.
- Sei que vai. - Pisquei para ela. Não poderia ter encontrado babá melhor para os meus filhos. - Até mais, delicinha. - Acenei para Thammy, que sorriu me olhando.
- Dá tchau para a mamãe, Thammy...
- Mama... Mama. - Me chamou e acenou ao mesmo tempo. Aquilo me encantava.
Sai da cozinha e peguei minha bolsa no sofá. Olhei no relógio de pulsos, e não. Eu não conseguiria chegar a tempo. Destravei meu carro antes de sair do prédio. Entrei no carro e parti para o clube. Melanie iria treinar comigo, não queria competir com ela, era complicado pensar no sonho dela, e no meu sonho. Iria ser cada uma por si, amizades aparte. Porém, eu iria ficar extremamente feliz se ela ganhasse de mim no campeonato, e sei que ela ficaria feliz se eu ganhasse dela.
- Lua, 10 minutos Lua!
- Tá jack, me atrasei, Thammy não queria comer... Mas estou aqui. - Tirei meu casaco e os óculos escuros. - Cade a Mel?
- Te esperando na quadra. Anda, vai trocar de roupa.
- Pra que tanto nervosismo? - Dobrei-os lábios. - Se acalma, homem!
- Você provoca isso Lua, só você. Agora vai. Logo. - Eu achava graça naquele jeito desesperado do jack sempre foi assim. Dei de ombros para ir até o Vestiário. Mas ai ele segurou meu braço e me fez virar. Como está a minha menininha e o meu garotão?
Esbocei um sorriso. Ele morria de amores pelos gêmeos
- Ótimos. - Disse. - Posso ir? Trocar de roupa... Treinar... Campeonato.
- Vá... vai. Não demora.
Dei um beijo na bochecha dele e por fim fui para o vestiário me trocar. Mel estava na quadra me esperando. Dei um abraço harmônico nela e começamos a treinar. Uma contra a outra... Quem diria? Chagava até ser engraçado.

                                                                                        Continua.................

7 comentários:

  1. O bem q Arthur nunca pensou q ia fazer a Lua dar os gêmeos pra ela. ♡♡
    Adoreeeei

    ResponderExcluir
  2. Web mais que perfeita amo <3

    ResponderExcluir
  3. O jack é uma ótima pessoa é uma espécie de pai pra lu ,sua web é perfeita continua assim q puder pfvr
    Ass:elisa

    ResponderExcluir