Peça-me o que quiser (Adaptada)- Capítulos 43 e 44

|

Capítulos dedicados á Gabs   <3


Capítulo 43:
 Cravo meus olhos nele. Sua cara séria e arrogante me enfeitiça. Me deixa louca. É tão sexy e avassalador que não consigo recusar qualquer coisa que ele exija de mim. Nunca havia me sentido assim antes e acho que não posso fazer nada para evitar isso.

Desabotoa minha calça. Enfia sua mão com rapidez dentro da calcinha.

— Você está molhada pra mim — sussurra.

O que vai fazer? Vai tirar minha roupa no meio do arquivo?

Mas não. Enfia a mão ainda mais fundo e sinto um de seus dedos mergulhando em meu interior e, segundos depois, mais um. Me segura pelo cabelo, me puxa, e minha cabeça se ergue. Me beija de novo com impaciência, enquanto me faz abrir as pernas com sua perna, e seus dedos entram e saem de mim algumas vezes. Com sua boca sobre a minha, reprimo meus gemidos e sei que o clímax está próximo.

— Goza pra mim, Lu.

Meu corpo volta a reagir às suas palavras.

O prazer que está me dando me faz querer mais. O brilho sensual de seu olhar me deixa louca e me faz desejar que tire minha roupa, me jogue no chão e me coma. Mordo o lábio. Se não fizer isso, vou gritar e o escritório inteiro virá até aqui para saber o que está acontecendo.

— Vamos, Lu, se entregue.

Tenciono as costas e dobro as pernas enquanto me deixo dominar por ele com prazer.

Quero seus dedos ainda mais dentro de mim e, quando acho que vou explodir, eu o beijo de novo para lançar novamente meu gemido em sua boca, enquanto sinto minhas coxas se contraindo com suas carícias e percebo que estou cada vez mais molhada. Pouco a pouco ele para e, quando retira seus dedos de dentro de mim, quero protestar. Ele se dá conta disso. Volta a segurar minha cabeça entre as mãos.

— Você me deve um orgasmo, pequena.

Não consigo responder.

Só o que faço é abrir a boca e entrelaçar sua língua na minha. Me delicio com seu sabor excitante e perigoso, esquecendo-me outra vez da minha irritação anterior e de tudo o que está ao nosso redor. Não quero mais pensar que ele me usa como um brinquedinho. Não quero pensar que é meu chefe. Simplesmente não quero pensar.

Dois minutos depois e com a respiração mais compassada, ele deixa de me pressionar contra as gavetas dos arquivos e eu recupero o controle do meu corpo. Droga.

Mas o que é que eu fui fazer de novo?! Como posso ser tão idiota cada vez que esbarro com ele?

Ele parece notar o que estou pensando e me lança uma de suas olhadas gélidas.

— Voltou a pensar sobre a minha proposta? — pergunta.

Tento olhar para ele. Enfrento o Iceman e sinto que estou perdendo toda a compostura.

— Já te dei a resposta ontem e te disse que não aceitava.

Aperta os lábios e eu solto um suspiro.

Eu o encaro surpresa.

— Por que você é tão cabeça-dura? — acrescenta. — Minha proposta te daria algum retorno financeiro.

— Só financeiro?

Diante da minha pergunta, Arthur para de sorrir.

— Tudo depende do que você quiser. Você decide, Lu. Por enquanto preciso de uma secretária. O sexo vai surgir, se tiver que surgir.

— E se eu me recusar a deixá-lo surgir outra vez? — rebato, tentando acreditar na minha própria mentira.
 
 
 
Capítulo 44:
Arthur olha para mim. Desce as mãos até minha calça e a abotoa.
— Vou aceitar sua decisão — acrescenta com tranquilidade. — Outra vai querer.
Como é idiota, metido e marrento...!
E então sai do arquivo e me deixa sozinha. Durante alguns segundos fecho os olhos e fico me culpando. Por que sou tão fácil quando estou com ele? Por fim ajeito a blusa e o cabelo e vou atrás dele. Está sentado diante de sua mesa e, com as sobrancelhas contraídas, olha para a tela do computador. Ando com calma até a porta, disposta a sair.
— Eu disse que você tinha até terça-feira pra responder, e mantenho esse prazo — diz antes de eu ir embora de sua sala. — Agora pode voltar à sua mesa. Se eu precisar de você de novo, te ligo.
Fico vermelha como um tomate.
Saio da sala. Fecho a porta, me apoio nela e olho ao redor por alguns segundos. Todos fora da minha sala estão trabalhando. Aparentemente ninguém percebe o que acaba de acontecer. Pego minha bolsa e vou ao banheiro. Preciso me lavar. Sinto minha vagina encharcada e isso me incomoda.
Vinte minutos depois, volto à minha mesa e vejo que Miguel e minha chefe também já voltaram. Arthur e eu não nos falamos nem nos olhamos outra vez. Às duas da tarde, a porta da sala se abre e eles saem juntos. Não olha para mim. Apenas minha chefe lança o olhar em minha direção.
— Vamos almoçar, Lua — informa.
Faço que sim com a cabeça e respiro aliviada. Vejo Miguel pegar suas coisas quando meu telefone toca. É minha irmã.
— Lu... você tem que vir pra casa. Agora!
Ao escutar aquilo, fecho os olhos e me sento: as pernas ficam bambas. Não precisa continuar falando. Sei o que aconteceu.
Quando desligo o telefone, contenho o choro e engulo as lágrimas. Não quero chorar no escritório. Sou uma mulher forte e não gosto de fazer cena. Procuro Miguel e o encontro conversando com Eva. Acho que estão se pegando. Vou até ele e aviso que surgiu um problema urgente e que não voltarei ao escritório hoje. Ele concorda sem prestar muita atenção e eu ando até minha mesa outra vez. Sento, bebo água da garrafinha e, por fim, pego minhas coisas.
Minhas mãos estão tremendo e minhas bochechas ardem. Quero chorar. Faço um esforço para desligar o computador, controlo minha tristeza e caminho até o elevador.
Depois corro até o estacionamento e me permito chorar. Só então.
Quando chego em casa, minha irmã está com os olhos encharcados de lágrimas.
Trampo respira com muita dificuldade e eu imediatamente ligo para o veterinário. Ele, que me conhece há anos, diz para eu levar Trampo até a clínica.
Às quatro e meia da tarde, após uma injeção que o veterinário lhe dá para que sinta menos dor, Trampo me deixa. Me deixa para sempre, com o coração despedaçado e com a sensação de uma perda irreparável. Me inclino sobre a mesa onde seu corpo sem vida descansa. Eu o beijo, acaricio pela última vez sua cabecinha peluda, e litros de lágrimas embaçam totalmente minha visão.
— Adeus, querido — murmuro.
 
 

Dan, Sado é o mesmo que sexo masoquista. Sexo com dor.

23 comentários:

  1. aaaah tadinhoooooo...... poooosta mais !!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Tadinho do Trampo !! ;(((
    Posta +++++++
    Ameeii *-*

    ResponderExcluir
  3. Ohhh tadinha de lua.... Posta ++++++++

    ResponderExcluir
  4. Bixinho do trampo lua sofrendo :(
    Posta mais escritora linda♥

    ResponderExcluir
  5. tadinho do Trampo.
    Arthur mt convencido e prepotente.

    ResponderExcluir
  6. Lua não consegue resistir ao chefão. Ela tem que ser mais decisiva. ele sabe que ela não resiste e provoca cada vez mais ela

    ResponderExcluir
  7. ++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  8. completamente dominada por ele

    Ana

    ResponderExcluir
  9. Coitado do trampo , enaquanto a lua acho que ela não deveria deixa o Arthur usar ela na hora que quer ,ela tem que ser mais decidida :)

    ResponderExcluir
  10. Tadinho do trampo, Posta maiss ++++

    ResponderExcluir
  11. Obg pela dedicaçao lindona,a Lua tem que se amar mais,poxa,to amando a web,tadinho do trampo.
    Gabs❤️

    ResponderExcluir
  12. Arthur manja nos paranauês sexuais e Lua não resiste kkk o que fazer sobre isso produção?? Kkk Cair pra dentro u.u
    Que dor no ♡ choreiii trampo se foi :'(
    adorandooo Polly *--*

    ResponderExcluir
  13. Essa web é safada e ao mesmo tempo fofa poostaaa ! #thayna

    ResponderExcluir
  14. Continuuuuaaa!! Pelo amoor !!
    - Cecília

    ResponderExcluir
  15. Aaaaaaaaah Cooitaadiinhoo Do Traampoo E Da Luuaa :( . Não Quero Mais o Arthur "Maltratando" a Lua Depois Que ele consegue oque quer dela ;( Pooostaaaa Maaaiss Poor Favoooor . Necessito De Maisss .
    By: Paullinha

    ResponderExcluir
  16. Seria bom se vc fizesse uma briga feia dos dois aí a lua pega o carro e sofresse um acidente que deixaria em coma por 4, 5 meses sla, só pro arthur se culpar
    #Bruna

    ResponderExcluir
  17. Ahhhhhhhh quero mais kk ta divino os capl ta perfeita de mais ;)

    ResponderExcluir
  18. Ai choreii :(:(:(:( tadinho do grampo e da luinha :'(: '( :'(

    ResponderExcluir
  19. Na hora que eu começei a acompanhar a web vc não posta mais :(

    ResponderExcluir
  20. Cade vc noa aguento fica sem vc 👀

    ResponderExcluir