Atraídos pelo destino - Últimos capítulos

|




POV LUA

Eu estava no meu quarto,deitada na cama,me acabando de chorar.Não aguentava de tanta dor de cabeça.Eu não quero viver tudo de novo,não posso.Porquê o Arthur foi fazer isso comigo,porquê? Doeria menos se ele se abrisse comigo,e dissesse que tudo não passou de um casinho barato.E eu me entreguei.Ai que ódio! Fui interrompida de tudo que estava se passando pela minha cabeça,ao ouvir baterem na porta.Pensei ser a minha pequena,ou a Mel.Mais eu estava errada.

Arthur: Lu? Lu eu sei que você tá aí! Abre a porta,a gente precisa conversar!
Lua: Não Arthur,vai embora! (Eu gritei,deixando ainda mais lágrimas percorrerem meu rosto)
Arthur: Eu não vou enquanto você não abrir essa porta!
Lua: Eu não vou abrir,vai embora daqui!
Arthur: Não,a gente precisa conversar.Tá tudo errado Lu,você entendeu tudo errado! Eu não tive nada com a Juliana,não fiz nada com ela.Me deixa entrar Lua!
Lua: Eu não acredito em você! Agora sai! (Gritei ainda mais alto)
Arthur: Me deixa pelo menos tentar..por favor!

Sua voz falhou,e por um momento,meu coração fez com que eu me levantasse da cama e fosse até a porta,embora minha razão quisesse me empurrar dalí.Destranquei a porta,e ele pareceu ter ouvido,pois abriu imediatamente.Me virei,secando meu rosto,e caminhei até a cama,ainda de costas pra ele.

Lua: Fala aí o que cê tem pra me dizer!
Arthur: Olha pra mim primeiro! (Balancei a cabeça negativamente) Por favor branquinha! (Não vai cair nessa Lua.Droga,já caí.Me virei para ele)
Lua: Tô esperando! (Tentei ser o mais grossa possível)
Arthur: Lu.. Primeiro,eu não tive nada com aquela maluca,nunca! Ela que sempre foi possessiva! Lua,acredita no que eu tô falando! Eu fui tomar banho,esqueci a porta destrancada e ela entrou.Eu não fiz nada,eu juro!
Lua: Não jure em vão Arthur!
Arthur: É sério! Ain meu Deus.O quê que eu tenho que fazer pra você acreditar em mim?
Lua: Nada,porquê eu não acredito!
Arthur: Lu..por favor! Ain..Eu não queria que nada disso tivesse acontecido..tava tudo tão perfeito!
Lua: Ainda bem que você disse,tava!
Arthur: Lua,pelo amor de Deus! O nosso amor não pode acabar assim Lua!
Lua: Eu pensei muito Arthur.Eu acho que não vai dar mais!
Arthur: Lua,não!
Lua: Você me traiu Arthur,me iludiu!
Arthur: Não! Eu nunca fiz isso!
Lua: Nunca fez?
Arthur: Eu já disse que isso tudo foi armação da Juliana,pra separar a gente!
Lua: Então,porquê diabos você me mandou essa mensagem Arthur? (Peguei meu celular do bolso,e o entreguei,pelo fato de a mensagem ja estar aberta) Porquê você me queria lá? Pra me deixar ainda pior né? Não,porquê...quando eu descobrisse,já ficaria mal.Imagina vendo a cena né?
Arthur: Não Lua,eu não te mandei nenhuma mensagem,ainda mais te chamando.Eu lembro,eu tinha deixado o celular em cima da cama.A Juliana deve ter pegado e te mandou isso! Mais não fui eu,acredita em mim!
Lua: A cama Arthur..tava toda bagunçada..suas roupas estavam no chão..
Arthur: Eu tinha tirado minha roupa no quarto Lu..a maluca foi lá,e fez a mesma coisa..ela armou direitinho..pensa bem Lu..
Lua: Ai Arthur,eu tô muito confusa.É melhor você ir embora.Amanhã a gente conversa!
Arthur: Não! Não! Só quando você acreditar em mim!
Lua: Não dá! Não dá mesmo! Ainda mais sabendo que ela fica na sua casa todos os dias,sei lá fazendo o quê!
Arthur: Olha,se o problema for esse..eu já demiti a Juliana..ela nunca mais vai atrapalhar a gente..
Lua: Mesmo assim..se põe no meu lugar!

[/Trilha Sonora: Why Ya Wanna - Jana Kramer]

Arthur: Eu já me pûs.Eu não quero te fazer sofrer.Pelo contrário.Ou vou lutar com unhas e dentes,pra te fazer a mulher mais feliz do mundo.Tudo que eu mais quero é te ver bem..feliz..soltando esse seu sorriso,que eu tanto amo! (Não pude deixar de soltar um sorriso leve)
Lua: Arthur,para de falar essa coisas!
Arthur: Não paro! (Só me dei conta de que estava prensada na parede,quando sentir nossos corpos colarem,e nossos olhos se fixarem um no outro) Agora me escuta loirinha. Eu deixei minha filha sozinha,eu vim atrás de você,e eu tô aqui,te pedindo perdão,mesmo sem ter feito nada.Porquê se você não me perdoar,eu não sei o que vai ser de mim.Ficar longe de você é uma tortura.Ficar pertinho assim,sem poder fazer nada é covardia...eu tenho planos pra nós.Vamos viver juntinhos,pra todo o sempre,vamos nos casar,e encher a nossa casa de filhos.E eu não vou deixar uma maluca feito aquela lá,estragar e acabar com tudo isso! Entendeu?

Ele falou convicto.Eu assenti.Ele olhava em meus olhos todo o tempo.Vez em quando seus olhos se desviavam pros meus lábios.Senti uma de suas mãos preensarem minha cintura,e a outra se posicionou em meu pescoço,alisando aquela região.Arrepiei,dos pés a cabeça.EU juro que tentei,de todas as formas possíveis resistir,mais não consegui.Iniciamos um beijo caloroso.

POV ARTHUR

Eu não medi as consequências.E nem queria.Eu só sei que precisava de fazer isso.Preciso tê-la.Me sentir dentro dela de novo.E eu sentia que ela queria o mesmo.Sabe quando seu corpo inteiro pulsa,apenas com um toque? Com um beijo? É que o que acontecia sempre comigo,quando era Lua quem fazia.Ela me enlouquecia por completo.E a muito tempo eu não sentia isso...Aprofundei o beijo,o máximo que eu consegui,a prensando ainda mais na parede,esfregando meu corpo no dela.Suas mãos percorriam as laterais do meu corpo,enquanto nos beijávamos numa velocidade impressionante.A desencostei da parede,mais ainda de corpos colados,e caminhei com ela em direção á cama de casal.A empurrei na cama,e ela caiu,só que sentada.Saí do beijo,e desabotoei os botões de minha camisa xadrez.Ela me olhava com desejo,era difícil não ver sua língua percorrerem toda a extensão de seus lábios.E vocês não sabem o quão aquilo estava me excitando.Tirei minha camisa e joguei em um canto qualquer,e logo subi em cima dela.Distribui beijos molhados sobre seu pescoço,logo depois,passando minha lingua levemente alí.A senti arrepiar por completo,e eu amava quando isso acontecia.Peguei na barra de sua blusa,e a tirei rapidamente,olhando nos olhos de Lua.Logo voltei a beijá-la,mais lentamente dessa,mas ainda sim,intensamente.Suas mãos deslizaram entre meus cabelos,e senti um leve puxão.Fiz o mesmo com seu lábio inferior;mordi e puxei.Logo,as mãos de Lua percorriam minhas costas,e suas unhas ousavam arranhar alí.Desabotoei seu short,e o tirei em um piscar de olhos,jogando no chão,sem sairmos do beijos.Segurei suas coxas,uma com cada mão,e saí do beijo.Desci minha boca em direção ao que minhas mãos seguravam.Comecei a beijar,lentamente,e passar a língua por toda a extensão de suas coxas,e pude ouvir leves gemidos vindos da parte de Lua.Era fato que ela adorava me enlouquecer.

Lua: Thúr..a Lil..tá lá em baixo.. (Sim,ela disse gemendo.A olhei,e mordi meus lábios.Vocês não fazem noção do quanto ela estava excitando aquela boca,aqueles olhos me encarando,aquele corpo.Óh meu Deus)
Arthur: A Mel tá la com ela loirinha..relaxa! (Soltei o sorriso mais sexy que eu pude,e voltei a beijá-la)
Lua: É...perigoso...(Sussurrou entre o beijo.Chupei toda a extensão de sua língua,enquanto minhas mãos faziam o trabalho de desabotoar seu sutiã)
Arthur: Perigoso é mais gostoso..(Eu disse,saindo do beijo e mordendo levemente o lóbulo de sua orelha.Ela arfou) Mas se você quiser que eu pare.. (Passei meus lábios por toda a região de deu pescoço)
Lua: Não..não para Thúr!

Ela não precisava dizer mais nada.Agora,era confirmado que ela queria tanto quanto eu.Suas mãos procuraram rapidamente a minha calça,que logo havia sido desabotoada e estava jogada no chão.Fiz o mesmo com seu sutiã,e logo desci meus lábios para a região que eu mais desejava.Minhas mãos percorreram suas laterais,descendo sua calcinha junto.A olhei com desejo,e ela retribuiu.Segurei suas coxas com minhas mãos e fixei meus olhos sobre sua intimidade,que me chamava.

Lua: Thúr,o que você vai faz..aaaaah!

Só ouvi o barulho de seu gemido,e senti suas mãos seguraram fortemente o lençol.Minha língua fazia todo o trabalho alí,em volta de sua intimidade,seu clitóris,enquanto soltei uma de suas coxas.Penetrei dois dedos dentro de sua intimidade,e Lua gemeu,dessa vez ainda mais alto.Subi,o mais rápido possível,e tampei sua boca com meus lábios,logo iniciando um beijo selvagem.Meus dedos deslizavam dentro de sua intimidade,e eu tentei enfiá-los o máximo que pude.Não demorou muito,e senti meus dedos ficarem úmidos.Retirei dalí de dentro,e saí do beijo,olhando nos olhos de Lua.Ela estava suada,e me olhava como se fosse me comer.Não que eu não fizesse o mesmo.Chupei toda a extensão dos meus dois dedos,a olhando sensualmente.Não pude contar um gemido alto,ao sentir a cabecinha de meu membro ser apertada.Lua me olhou,sorrindo,com a cara mais safada que eu já vi.Não pude deixar de retribuir o sorriso,enquanto mordia meus lábios.Sua mão deslizava sobre meu membro,apertava,suas unhas eram passadas levemente,e eu já não aguentava mais.Ela percebeu.

Lua: Thúr,a camisinha!

Assenti, esticando meu braço da cama,procurando pela minha calça.Logo a achei,procurei uma camisinha em um dos bolsos,e por misericórdia divina,eu encontrei.Logo já estava desembrulhada,e eu já estava pronto para colocar.Senti Lua tomar da minha mão,e me olhar maliciosa.Sorri,em resposta.Lua fez o magnífico trabalho de colocar a camisinha no meu membro,e ainda dar uma leve apertada,fazendo com que eu enlouquecece de vez.A beijei calorosamente,enquanto penetrava dentro dela.Eram estocadas fortes,demonstravam muita tesão,e eu estava sentindo tanto que achei que iria explodir,sério.Fizemos amor loucamente,por uma 1 hora seguida,sem nos preocupar com nada,nem ninguém.Só naquela noite,tive uns quatro orgasmos diferentes,e eu to falando sério.Foram os melhores orgasmos que eu já tive.

Depois daquela noite, aquela maravilhosa noite, muita coisa mudou. Lua me desculpou, para a minha felicidade e depois disso, eu não quis saber de nada. Nada era um problema pra mim, eu ter a pedido em casamento, mesmo sendo cedo, não nos separou, ao contrário, nos uniu e formamos a nossa família. 
Eu, Lily, Gabi e Lua morávamos em seu apartamento, já que Juliana me perseguia e irritava quando eu voltava naquela casa, a propósito, nunca mais ouvi falar dela, o que me fazia agradecer a cada minuto do meu dia por não ter nada a nos atrapalhar. 
Lua me amava e o amor era recíproco, então o resto não importava. O fato de chegar em casa, encontrar suas filhas sentadas no sofá assistindo um filme qualquer e ser abraçado pela sua mulher e seu primeiro menino, me faz esquecer qualquer coisa que tenha me estressado através do dia. 
Minha vida era completa, minha família era completa e é só disso que eu preciso para viver, por enquanto.. 

Quero pedir desculpa pela demora :3 eu estou viajando, pq é carnaval e aqui a internet só pega quando quer :) O que acharam do final? Amo vocês, quero muuuitos comentários.

15 comentários:

  1. Nossa a declaração do Arthur se ela não aceitasse *O*
    Muito lindooo <3
    Adoreiii

    ResponderExcluir
  2. Ameeeeeeeeeeeeeeeeiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Posta Mais hojeeeeeeeeeeeeeeeeee pfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpf

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara tu não viu que acabou?? Pelo amor ... Tá tão desesperada pra comentar que nem lê mais os recados?

      Excluir
  3. ++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
    quero 2ª temporada

    ResponderExcluir
  4. Quero segunda temporada.Mereço?

    ResponderExcluir
  5. Segunda Temporadaaaaa ! Urgente !
    Ameeii *-*

    ResponderExcluir
  6. muito lindo
    ass Sofia

    ResponderExcluir
  7. Faz Segunda Temporada Ou Entao Faz Um Capiluto Especial....Tipo Um Momento Em Familia Entre Eles E FalaUm Pouco Sobre Somic E Chamel.

    ResponderExcluir
  8. segunda temporada porfavor a amei essa primeira temporada mais tem que ter segunda

    ResponderExcluir
  9. Por favorrr
    Duuuuuuhhhhh
    seguda temporada..a web é muito top
    by:Anna

    ResponderExcluir