Perfect - Parte 3

|
Parte 3

N/a: Bem gente antes de começarem a ler eu queria dar um avisinho, bem eu me empolguei escrevendo a segunda parte de Perfect e acabou que a primeira parte ficou sem coesão em ralação a segunda então eu fiz a terceira combinando com a segunda, eu sei que é confuso mas agora ta tudo certo ok ?! Dai eu vou aproveitar e transformar a web em especial de natal ok ? Bjuuu

Dr.: Teremos que ir com calma, não pode derrubar tudo em cima dela, terá que ir aos poucos, primeiro se apresente, e apresente a Julia por meio de uma foto, mas não diga que é filha de vocês, reconquiste ela, se o amor de vocês for forte, ela se apaixonará por você mais uma vez
Thur: Ok, e ela vai ter alta quando ?
Dr.: Bem depende muito, faz um mês que ela está deitada naquela cama, ela precisa andar um pouco e pode ser que ela demore um pouco pra voltar ao costume da vida normal, enquanto isso você vai conquistando ela aos poucos, e conte apenas a história de vocês depois de um tempo, hoje só se apresente e apresente a Julia, mas só e amanhã você vai tentando conquistar ela, ou contar tipo como se conheceram e essas coisas assim
Thur: Ok, posso vê-la ?
Dr.: Pode sim, vou só falar com ela primeiro
Ele foi falar com ela e depois de uns cinco minutos voltou
Dr.: Bem eu disse a ela que alguém muito especial pra ela estava aqui para vê-la, e ela ficou com um sorriso bobo, e quando eu ia saindo eu ouvi ela sussurrando “Arthur”, e logo depois “Julia” dai eu perguntei, esses nomes lhe lembram alguma coisa, e ela respondeu “Não sei, mas parece que esses nomes fazem parte significativa da minha vida, porque eu sei que muitas coisas aconteceram, pena que eu não consigo me lembrar de nada, mas Arthur só de falar me da um frio na barriga e me vem um sorriso bobo eu só não sei porque, vai ver eu sou apaixonada por ele, e Julia é um nome muito bonito, parece ser especial”
Thur: Ok doutor, eu vou apresentar a Julia pra Lu e vou me apresentar também
Dr.: Pode ir ela está no quarto 26
Thur: Ok
O quarto do hospital nunca pareceu tão longe, ele parou em frente a porta do quarto e abriu uma frestinha e sussurrou pra ela: “Posso entrar ?” e ela apenas assentiu com a cabeça, ele se aproximou dela devagar, ele estava muito nervoso, parecia o primeiro encontro deles
Thur: Ér... Oi
Lu: Olá, como se chama ?
Thur: Eu me chamo Arthur, mas você geralmente me chama de Thur
Lu: Thur, seu nome me parece muito familiar
Thur: Eu imagino meu anjo, quero te apresentar outra pessoa
Lu: Quem ?
Thur: O nome dela é Julia
Lu: Julia
Thur: Sim Julia, ela é a coisa mais linda do mundo, vou te mostrar a foto dela
Ele mostrou a foto da Julia pra ela, e ela abriu um sorriso lindo de orelha a orelha
Lu: Ela é muito linda, tem quantos anos ?
Thur: Ela tem dois aninhos, é uma gracinha e ela gosta muito de você
Lu: De mim ?
Thur: Sim, de você, na verdade eu e ela gostamos muito de você
Lu: Porquê ?
Thur: Porque você é uma pessoa muito especial pra nós
Ela corou, e ele ficou feliz, ele amava ver ela coradinha, ela ficava a coisa mais linda corada e ele sorria como um bobinho
Lu: Em que ano estamos ?
Thur: Nós estamos em 2013, 1 de Dezembro de 2013
Lu: Nossa, então muita coisa aconteceu, pra mim a gente estava em 2008
Thur: Não, nós não estamos em 2008 e sim muitas coisas aconteceram
Lu: Seja sincero comigo, o que você é meu ?
Ele gelou não poderia contar-lhe agora que ele é o marido dela
Thur: Confie em mim pequena, eu sou alguém muito especial pra você, assim como a Julia mas ainda não é a hora de te contar, assim que sair do hospital nós vamos conhecer a sua história
Lu: Ta bom Thur
Thur: Mas me conta, até onde você se lembra ?
Lu: Bem, meus pais são vivos porém meu pai só mantém uma relação de faixada comigo e minha mãe e nós chegamos faz pouquíssimo tempo no Rio de Janeiro
Thur: Sim, nós estamos no Rio de Janeiro, mas seus pais não são mais vivos
Uma lágrima escorreu pelos olhos dela, e eu fiquei estupidamente nervoso
Lu: E como eles morreram ??
Thur: Bem é o inicio de sua história Lu, eu vou ali perguntar pro doutor se eu posso começar a te contar, se ele deixar eu conto, se não só quando você sair do hospital ta bom ?
Lu: Ta bom Thur
Ele foi até o doutor, lhe perguntou se poderia lhe contar e como o doutor lhe permitiu ele voltou pro quarto dela e foi lhe contar
Lu: E ai Thur ele deixou ??
Thur: Sim ele deixou, deixou que eu contasse tudo até uma parte específica hoje e contar o resto amanhã, então eu vou começar logo
Lu: Ta bem Thur, obrigado por preencher esse vazio da minha mente
Thur: Bem Lu, vou lhe contar da mesma forma que me contou, seu pai mantinha uma relação de faixada com vocês, e havia um capanga chamado Cassiano que devia muito dinheiro pro seu pai, seu pai cobrava a divida todos os dias, e Cassiano enlouqueceu, ele sequestrou você e sua mãe como forma de “vingança” digamos assim, mas o seu pai nem ligou porque não se importava com vocês, e então o Cassiano resolveu abusar de vocês duas digo de todas as formas, ele lhe tirou a sua virgindade a força e abusava de sua mãe também, mas a gota d’água foi quando ele espancou você e sua mãe, e logo depois de espancar as duas ele deu um tiro no peito de sua mãe, você se desesperou saiu correndo daquele cativeiro, pulou uma janela que tinha vidro e a janela se quebrou fazendo com que você caísse no chão, a esposa do Cassiano te segurou e você pegou um caco de vidro e enterrou na garganta dela, ela só gritou e caiu durinha no chão, estava morta, Cassiano estava logo atrás de você e ele te olhava com fúria, e você saiu correndo, correu uns 5 quilômetros até chegar a delegacia mais próxima, e foi inocentada pela morte da mulher de Cassiano porque você só se defendeu, Cassiano abusou tanto de você que você acabou engravidando mas não tinha coragem de abortar aquela criança, então continuou com ela no ventre, uma semana depois de voltar do seu sequestro, dos seus momentos de terror, seu pai foi assassinado pelo Cassiano e você foi despejada da sua própria casa, começou a morar na rua, não se alimentava, não tinha nada, e duas semanas depois de ser despejada, você teve um aborto espontâneo e caiu meio inconsciente na rua, acordou num hospital e soube do que aconteceu, uma senhora viúva te levou ao hospital e ia lhe visitar todos os dias...
Ela estava chorando, e ele como não gostava de vê-la assim chegou perto dela, se sentou na beirada da cama dela e lhe abraçou bem forte pra que ela se sentisse segura com ele, e realmente foi assim que ela se sentiu no momento que ele abraçou ela como se não quisesse mais soltar
Thur: Se quiser eu paro
Lu: N-Não, continua, só continua mas me abraça, eu gosto do seu abraço
Thur: Ta bom, quando você saiu do hospital, você se desesperou, não poderia ficar de repouso, não tinha cama e nem comida, a mesma senhora viúva lhe viu andando pela rua quando saiu do hospital e lhe disse que não podia ficar andando, precisava ficar de repouso por duas semanas se não me engano, e você não suportando mais aquela solidão e aquele sofrimento, contou sua história para ela, e ela lhe acolheu em sua casa e cuidou de você, mas você não se sentia tão confortável naquela casa, porque se via como um peso que só atrapalhava a vida daquela senhora, então você assim que melhorou conseguiu arrumar um emprego na empresa de meu pai e alugou um apartamento pra você, e ao entrar na empresa de meu pai nós nos conhecemos
Lu: Agora que eu já sei a minha história de antes, me conta a partir de quando nos conhecemos por favor –ela disse fazendo biquinho
Ele riu, amava o biquinho dela
Thur: Seu biquinho continua lindo pequena
Lu: Para Thur, ta me deixando sem graça, mas me conta, qual a nossa história ??
Thur: Lu, eu não vou lhe contar nossa história hoje, já é tarde e a nossa história eu vou contar em um lugar especial porque você é especial, você é especial pra mim e eu te amo minha pequena
Lu: Assim você me deixa sem graça Thur –ela disse corada, e linda, pelo menos pra ele
Thur: Está na hora de você dormir pequena, amanhã eu volto pra gente conversar mais um pouquinho, quem sabe você não lembra de algo daqui pra amanhã
Lu: Antes de você ir, me responde uma coisa ?
Thur: respondo e saio correndo pode ser ?
Lu: Pode –ela disse sorrindo sapeca
Thur: Então ta, primeiramente boa noite minha princesa, você é muito importante pra mim, e sabe porque ? Porque eu te amo muito, e eu sei que você deve ter ficado sem graça ou então se perguntando, o que ele é pra mim, então vou te dar um beijo de despedida, te responder e vou embora ok ?
Lu: Ok
Ele se desgrudou dela lhe deu um beijo na trave, um selinho e foi até a porta, ficou de fora e abriu apenas uma brechinha da porta e disse pra ela
Thur: Eu sou uma pessoa muito especial pra você, eu sou seu Marido, boa noite, até amanhã
Ele falou apressado, e saiu correndo, e ela estava meio que espantada e sorrindo boba pelas coisas que ele disse pra ela, pra ela ele é um fofo, e ela já começava a sentir algo diferente por ele, no outro dia ele acordou cedo, levou Julia na escolinha e foi trabalhar, ao sair do trabalho comprou um buquê de rosas azuis que eram as preferidas da Lua, e correu pro hospital, mas antes passou em casa e deu um pouco de atenção pra filha, logo depois correu até o hospital pra poder ver a sua princesa, hoje ele contaria como se conheceram, assim que ele chegou lá o Doutor disse a ele
Dr: Sabe, ela ficou perguntando por você o dia todo, eu acho que ela gosta muito de você, logo depois que saiu ela ficou com a mão nos lábios, e ficou sorrindo boba como se fosse uma adolescente apaixonada
Thur: Eu contei a ela que nós somos casados, e logo depois fui embora
Dr.: Acho que foi por isso que ela sorria boba
Thur: Hoje eu vou contar como nós nos conhecemos, e eu queria saber quando ela vai ter alta porque eu ainda não contei a Julia que ela acordou e nem contei a Lu que nós temos uma filha
Dr.: Bem sua esposa tem alta amanhã de manhã
Thur: E o que eu vou fazer ? Eu tenho tipo hoje pra contar pra ela que a gente tem uma filha ?
Dr.: Bem, eu realmente não sei, mas tipo o que acha de tirar o dia de folga amanhã e levar ela a um lugar especial e lhe contar toda a história de vocês desde o comecinho
Thur: Ok, é isso que eu farei, posso vê-la agora ?
Dr.: Pode sim –ele disse sorrindo
Ele correu até o quarto dela e entrou escondendo o buquê de rosas azuis nas costas
Thur: Boa noite meu amor
Lu: Boa noite Thur
Thur: Olha o que eu trouxe pra você –ele disse mostrando o buquê de rosas azuis a ela
Lu: São minhas rosas favoritas, obrigado Thur
Thur: Que isso, eu faço tudo pra agradar a minha princesa
Lu: Essa noite eu tive um sonho
Thur: E como foi o seu sonho ? –ele disse se sentando na beirada da cama dela e lhe abraçando
Lu: Eu sonhei com uma garotinha de aproximadamente 2 anos, e ela me chamava de mamãe
Thur: E você sabe como se chama essa garotinha ?
Lu: Julia
Thur: Você sonhou com a Julia ? Nossa que legal, e como era o seu sonho ?
Lu: Meu sonho se passa num aniversário, e você estava lá também
Thur: Era um aniversário de dois anos ??
Lu: Era sim, era aniversário da Julia e pouco tempo depois desse aniversário eu recebi uma carta, mas eu não me lembro o que dizia naquela carta, só me lembro da assinatura, assinado 1000 faces
Thur: Lu essa é a realidade, bem sim nós temos uma filha, ela se chama Julia e tem dois aninhos, é a Julia da foto que eu mostrei a você, só não lhe disse que é nossa filha porque o doutor não deixou, mas é a nossa menininha
Lu: Arthur, quem é mil faces ?
Thur: É o Cassiano
Lu: E o que aconteceu depois dessa carta ?
Thur: Bem Lu, é uma longa história, mas porque não fazemos assim, amanhã você tem alta, então amanhã de manhã eu venho te buscar, vou te levar em um lugar especial pra nós, lhe contar porque é especial e vou te contar tudo o que você precisa saber e depois vamos fazer uma surpresa pra Julia, vamos juntos busca-la na escola, ela vai ficar muito feliz, ela sente a sua falta, e eu sei que pra você é difícil acordar não se lembrar de ninguém e descobrir de cara que é casada e tem uma filha mas, vamos recomeçar
Lu: Thur, o meu sonho sempre foi ser mãe e descobrir que eu já tenho uma família é incrível é especial não sei, mas me conta como a gente se conheceu ? Quero ver fotos da Julia menor Thur
Thur: Olha aqui, essa é a Julia com três meses, vai passando as fotos do meu celular e vendo as fotos que enquanto você ve eu te conto o inicio da nossa história de amor
Lu: Ok Thur
Thur: Bem, a primeira vez que nós nos esbarramos foi na empresa do meu pai, você ainda estava meio que perdida, mas nós logo simpatizamos um com o outro e assim nós viramos amigos, três meses depois eu percebi que eu estava apaixonado por você e te pedi em namoro, a gente conversava muito e eu me sentia cada vez mais atraído por você, ai teve um dia que a gente foi até o pão de açúcar aqui no Rio eu levei um buquê de rosas azuis pra você e eu também te trouxe uma caixinha de veludo vermelha que tinha um anel de compromisso e você amou
Lu: Você é especial pra mim
Thur: poxa, assim eu fico sem graça Lu –ele disse com um sorriso bobo
Lu: Fica não príncipe
Thur: Você costuma me chamar de príncipe quando me acorda pela manhã
Lu: Legal, amo esse apelido, acho fofinho
Thur: Ta ficando tarde né ?
Lu: uhum, mas eu não quero que você vá
Thur: Eu vou ficar aqui até você dormir, porque se eu não estiver em casa amanhã a Julia vai desconfiar
Lu: Ta bom
Thur: Pode dormir, que amanhã assim que eu levar a Julia na escolinha eu venho pra cá pra levar você pra conhecer nossa casa e outro lugar especial
Lu: Ok Thur
Ele abraçou ela como se não quisesse mais soltar e ficou fazendo carinho nos cabelos dela até que ela quando estava quase dormindo sussurrou pra ele
Lu: Eu acho que já te amo
Ele ficou sorrindo de orelha a orelha e deu um selinho nela, ela sorriu e logo adormeceu, ele saiu do quarto com cuidado para não acordá-la e foi até o doutor perguntar que horas que ele precisaria estar no hospital para buscar a Lu, mas ele continuava com aquele sorriso bobo no rosto
Dr.: Vejo que as coisas estão indo bem
Thur: Sim, eu contei a ela o antes de nós nos conhecermos e lhe disse que sou seu marido isso tudo ontem, dai hoje ela me disse que sonhou com a festinha de dois anos da nossa filha, dai eu contei a ela que a Julia é sim nossa filha, e ela ficou muito feliz e reagiu muito bem com a situação, ai eu contei a ela como a pedi em namoro, e ela ficou toda bobinha, e antes dela pegar no sono ela me disse assim, “Eu acho que já te amo”, acho que a memória dela está voltando
Dr.: Por isso você está com esse sorriso todo bobo, que bom que as coisas estão indo bem
Thur: Que horas eu posso vir busca-la ?
Dr.: Bem, assim que deixar sua filha na escola pode vir que eu assino a alta dela assim que você chegar
Thur: Ok
Ele correu até a casa deles passou no quarto da filha deu um beijinho na testa da menina que dormia e foi pro seu quarto tomou um bom banho e foi dormir, amanhã o dia seria especial, no meio da noite ele acordou com Julia chorando do ladinho dele
Thur: Que foi minha princesinha ?
Julia: Eu sinto xodadis da mama, e tlive pesadeo 
Thur: Todos nós sentimos saudades da mamãe meu anjo, deita aqui com o papai vamos dormir juntinhos, você vai ver princesinha quanto menos esperar sua mãe vai estar aqui conosco de novo
Julia: Plomete papai, que você vai tazer a mama de volta
Thur: Prometo princesinha, eu preparei uma surpresa pra você, mas essa surpresa é só amanhã
Julia: odeio surplesa –ela disse fazendo biquinho
Thur: Meu Deus você é a cara da sua mãe, fazendo biquinho então é a sua mãe todinha
Julia deu uma gargalhada gostosa e se aconchegou nos braços do pai e antes de adormecer ela sussurrou
Julia: Eu só queia que a mama tivesse ati, te amu papai
Logo depois disso ela dormiu nos braços do pai, no outro dia Arthur acordou tomou banho, acordou Julia deu banho nela e a arrumou pra escola, desceram tomaram café da manhã e saíram de casa, Arthur deixou a filha na escolinha passou na empresa e disse pra sua secretária desmarcar tudo que ele tinha pra fazer essa semana inteira porque seria uma semana especial, e foi direto pro hospital, assim que chegou o Doutor assinou a alta de Lua e ele foi até o quarto dela, assim que chegou lá, ela esperava por ele pronta pra sair do hospital, ele foi até ela lhe abraçou e lhe deu um selinho, logo depois pegou a pequena malinha dela que estava ao lado da cama e lhe deu a mão, e juntos saíram do hospital, ele dirigiu até a casa deles e vendou ela, assim que entraram em casa ele tirou a venda dos olhos dela e ela viu uma linda mesa de café-da-manhã com várias gostosuras (Lê-se gordices) e um buquê de rosas azuis com um bilhete, ela pegou o bilhete e ele foi narrado o que estava escrito ali
Thur: “Bem vinda de volta minha princesa, eu sei que não é uma festa de boas vindas mas tudo o que foi feito aqui, foi feito com carinho e amor, porque foi feito para uma pessoa muito especial uma pessoa que é tudo pra mim, e não só pra mim mas pra muita gente, eu sei que é uma coisinha simples e pequena perto do que você merece mas é feito de coração e o que é feito de coração é especial e a maioria das vezes é melhor do que algo grandioso, sabe eu te amo tanto que por você eu sou capaz de tudo eu sei que você não lembra uma boa parte da nossa história mas eu não me importo, vou fazer você lembrar cada pedacinho da nossa linda história de amor, e como um começo, você aceita namorar comigo ? Dormir comigo ? Se casar comigo mais uma vez ? Te amo
Assinado, Arthur Aguiar”
Lu: Thur é muito lindo, e agora eu acho que entendo o quanto eu sou importante pra você, e eu mesmo não me lembrando de muita coisa eu vou continuar aqui com você, eu sou sua mulher, e eu vou me dedicar a isso, com o tempo eu me acostumo direitinho com tudo, com a ideia de ser mãe e mulher, porque agora eu já tenho certeza que eu te amo
Eles se beijaram como se não houvesse amanhã e tomaram café da manhã no maior love
Thur: Vem vou te reapresentar uma pessoa que me ajudou muito enquanto você estava ausente, venha cá Dona Maria
Dona Maria é a empregada/babá que ajudou muito o Arthur enquanto Lu estava em coma, era ela quem cuidava de Julia pra que Arthur pudesse ir visitar a Lua, então ele considerava ela já como se fosse da família
Thur: Lu essa é a Dona Maria, foi ela quem me salvou da minha foça enquanto você estava ausente, ela cuidou da Julia enquanto eu trabalhava, e ainda prepara essas gostosuras pra gente comer, e Dona Maria essa é a Lua minha esposa e a razão do meu viver, a pessoa que eu mais amo nesse mundo junto com a Julia
Dona Maria: Prazer Lua, esse menino falava de você todos os dias, ele sentiu muito sua falta
Lu: Prazer Dona Maria –ela disse meio tímida e sem graça
Elas se abraçaram e logo depois Arthur levou Lua para conhecer ou reconhecer a casa, logo depois ele vendou ela mais uma vez e levou ela rumo a surpresa
Lu: Porque eu tenho que ficar vendada ?
Thur: Porque é uma surpresa
Lu: Odeio surpresas –ela disse fazendo biquinho
Thur: Meu Deus agora sei de onde a Julia puxou esse gênio que odeia surpresas, ontem quando eu disse que hoje ela teria uma surpresa ela disse a mesma coisa que você e ainda fez biquinho
Ela deu uma gargalhada gostosa e os dois ficaram calados, até que começou a tocar Bruno Mars no rádio e ela começou a cantarolar a música, como ela ama esse cantor, logo chegaram no local onde seria a surpresa, ele tirou a venda dela e ela fez uma cara de quem não entendia nada
Lu: Uma praia deserta ?
Thur: Não é qualquer praia deserta meu anjo
Lu: E o que ela tem de tão especial ?
Thur: Foi aqui que nós nos casamos, você não queria um casamento todo chique em uma igreja e tals dai eu dei a ideia da gente se casar na praia e você aceitou, dai nós escolhemos essa praia pra gente se casar, e foi tão lindo
Lu: Me conta mais sobre a gente, como me pediu em casamento ?
Thur: A gente morava num apartamento, dai teve um dia que eu cheguei da faculdade primeiro que você, dai eu preparei uma surpresa, quando você chegou no nosso apartamento você encontrou a sala acesa com luz de velas e pétalas de rosas vermelhas espalhadas pelo chão e ao fechar a porta de casa, encontrou um bilhete
 “Boa Noite meu amor, hoje o dia é só nosso estou na sala de jantar a sua espera meu bem
Boa noite princesa
Arthur”
Você correu até a sala de jantar mas ao invés de me encontrar, encontrou mais um bilhete
“Oh minha princesa me perdoe, eu devo ter dito sala de jantar pra você não é mesmo ? Eu quis dizer que estou no nosso quarto lhe esperando sem camisa  meu bem
Te Amo
Arthur”
Dai assim que você chegou no nosso quarto me viu segurando um buque de rosas azuis que tinha uma carta, você pegou a carta para ler e eu fui pronunciando cada palavrinha daquela carta pra você
Thur: Lu, minha pequena, minha princesa, olhos lindos é vamos lá, eu não sou bom com as palavras mas eu vou tentar, a alguns anos atrás, nós nos conhecemos e você marcou minha vida desde o momento que disse “Oi eu sou Lua Blanco”, nós viramos melhores amigos desde o dia em que nos conhecemos, até que depois de três meses eu percebi que te amo, foi quando lhe pedi em namoro, e você aceitou, aquele foi um dos melhores dias da minha vida e desde ai a gente passou por muita coisa, me lembro do dia em que você descobriu que seu avô tinha acabado de falecer, você estava aos prantos naquele velório e todos olhavam com cara de pena pra você, e quando eu cheguei eu sei que você se permitiu chorar ainda mais porque confia em mim, e eu quero que saibas que eu confio em você viu meu amor ? Bem eu já falei demais vamos ao meu objetivo, Lu eu quero que você me permita participar da sua vida para sempre, Lua Maria Blanco você aceita se casar comigo ?
Assim que eu terminei a carta ajoelhei na sua frente e abri uma caixinha de veludo em forma de rosa com duas alianças lindas, e você aceitou meu pedido, três meses depois nós nos casamos nessa praia e um pouquinho antes de irmos pra Lua-de-Mel você me contou que estava grávida, eu acho que aquele foi o melhor dia da minha vida, depois de quatro meses nós descobrimos que seria uma menininha e foi muito lindo o dia que nós descobrimos isso, nós depois da consulta fomos pro shopping e compramos o enxoval completo da nossa princesinha
Lu: Thur você é perfeito, é o príncipe dos meus sonhos –ela disse e se agarrou no pescoço dele, lhe deu um beijão de cinema
Thur: Mas quando você estava com 8 meses, nós fomos ao cinema e a Giovana sua “melhor amiga” até então me agarrou no meio do shopping, você viu não deixou eu me explicar e saiu correndo pra ir pra casa, eu fui atrás, peguei muito transito, e quando cheguei em casa já era tarde você estava desmaiada com a palavra “Perfect” cortada em seu braço, você perdeu muito sangue e eles tiveram que antecipar o parto da Julia, você ficou muito fraquinha depois do parto e teve até que receber uma doação de sangue que eu fiz com o maior prazer, e nós acabamos nos resolvendo
Lu: Nossa, eu tenho que me lembrar de dar uns tabefes na cara da Giovana, sabe porque Perfect ?
Thur: Não tenho nem ideia
Lu: Porque a minha vida naquele momento parecia estar muito Perfeita pra ser verdade, você é perfeito pra mim
Ele corou e ela riu dele, porque ele parecia um bobo apaixonado
Thur: Quer saber o que dizia naquela carta ? A do seu sonho ?
Lu: Sim
Thur: Bem uns dias depois do aniversário de dois anos da Julia você recebeu uma carta do mil faces, ou melhor uma carta do Cassiano, foi quando chegou a primeira ameaça, aquela carta dizia o seguinte: “ Olá benzinho, quanto tempo não é mesmo ? Eu sei que você não deve estar entendendo absolutamente nada, mas eu não me importo, este é o primeiro aviso de muitos que virão, tome cuidado com o que faz minha vingança não será nada amigável, muito pelo contrário será a pior de todas, será sofrida, será maldosa e será feita com alguém que você se importa, você pagará pelo que fez, não somente você mas a sua família inteira, até o próximo bilhete
P.S¹: isso é uma ameaça
P.S²: Se avisar a polícia sua filha morre
Ass: 1000 faces”
Essa era a carta, e depois dessa você recebeu muitas outras, dai quando recebeu a primeira carta que foi essa ai você me contou aquela história que eu te contei, a sua história de vida, nós recebemos várias cartas como essa mas do nada nós paramos de receber, dai teve um dia que você foi levar Julia no parque e o Cassiano se aproveitou e sequestrou vocês duas, eu fiquei desesperado, passei semanas sem notícias suas, e a Julia me contou o que vocês passaram nas mãos dele
Lu: Ele fez a mesma coisa que fez comigo e com minha mãe não foi ?
Thur: Sim, mas assim que eu descobri onde ele escondia vocês, eu fui atrás, quando ele percebeu que eu estava lá ele pegou o carro e colocou as duas lá dentro amarradas no bando de trás e se jogou penhasco abaixo, logo depois vocês duas foram arremessadas para fora do carro e o carro explodiu com Cassiano dentro dele, Julia tinha muitas marcas roxas e muitas escoriações pelo corpo, e quebrou um dos bracinhos , e você também tinha muitas marcas roxas por todo o corpo, foi abusada sexualmente e sofreu um aborto do que seria nosso segundo filho, e como bateu a cabeça acabou ficando em coma e perdendo parte de sua memória
Ela chorava como se lembrasse da angústia e do medo que sentiu naquele cativeiro, ele a abraçou fortemente e só conseguiu sussurrar a ela um “vai ficar tudo bem olhos lindos”, ela continuou chorando e ele lá abraçado a ela fielmente, odiava vê-la chorar, mas não podia fazer nada, quando ela parou, ele deu um beijo nela e fez um carinho no seu rosto
Lu: Obrigado amor, você é o melhor, eu te amo
Thur: Eu também te amo olhos lindos
Eles pareciam estar presos num filme de romance, começaram a se beijar loucamente e foram pro mar, tomaram banho apenas com as roupas intimas e acabaram fazendo amor no mar, pra matar a saudade, logo depois saíram do mar e foram pra casa, já estava perto da hora de irem buscar a Julia, tomaram banho e foram até a escolinha da pequena, todos na escola sabiam o que tinha acontecido com ela e a mãe, e estavam todos tristes porque a garotinha sentia muita falta da mãe, e muitas vezes ela desenhava a sua mãe, era sempre ela que a garotinha desenhava, quando bateu o sinal de saída, Julia arrumou suas coisinhas e saiu de sua salinha pensativa, como ela queria a mãe agora, quando ela ouviu o pai lhe chamar se lembrou que ele lhe prometeu uma surpresa, e quando ela viu quem estava ao lado do seu pai ela pirou, abriu um sorriso que mal cabia no rosto, e gritou com todas as suas forças
Julia: MAMÃE
Continua.... COMENTEM

9 comentários:

  1. Capitulo perfeito, meus parabens!! Ja estou ansiosa pelo proximo!

    ResponderExcluir
  2. Ameeeeeeeeeeiiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Posta Mais hojeeeeeeeeeeeee pfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpfpf

    ResponderExcluir
  3. Posta +++++++++++ pfpfpfpf
    Estou amando a web

    ResponderExcluir
  4. Posta maisssssss, ai senhor pftooo

    ResponderExcluir