Não foi um erro - 45º Capitulo

|
No capítulo anterior…

POV LUA

- Eu detesto esse apelido
- Mas eu gosto de te chamar. – ele riu, me fazendo rir que nem uma tolinha
- O que você acha de irmos jantar fora? – propus a ideia – É que a Yasmin anda tão triste.

POV ARTHUR

- Ótima ideia. Vai ser bom para ela se alegrar… vamos chamar ela, os dois?
- Vamos. – sorriu ela

Subimos as escadas de mãos dadas. Era tão bom poder ficar assim de novo com ela. Odeio brigas, mas às vezes são elas que sustentam a relação. Discutir relação nem sempre é mau. Pelo contrário. A minha parte preferida são as reconciliações.

- Porta trancada – disse Lua, ao tentar abri-la – Eu detesto quando ela faz isso. Yasmin, abre a porta. – Lua bateu à porta – Abre agora Yasmin, ou ficará de castigo.
- CHATA! – a pequena gritou, mas veio abrir a porta e depois voltou para a sua cama
- O que te deu mocinha? Que maneiras são essas de falar comigo? – Lua brigava com ela
- Deixa ela Lua…
- Deixa nada! Ela não pode falar assim comigo!
- Deixa pra lá papai. Ela não me entende mesmo! Alias, ninguém te entende
- Que conversa é essa?
- Nada… o que vocês querem?
- Quer ir jantar com agente? Tipo, família? – perguntei
- F.F.F.?
- Ãhn?
- Falsa família feliz?
- Yasmin! – repreendeu de novo Lua
- Eu não quero! – ela começou a brincar com a boneca dela
- Yasmin, você queria tanto sair em família, porque não quer ir jantar com agente agora?
- Porque nós não somos uma família, muito menos uma família feliz. E eu não quero fingir que somos uma coisa que não somos.
- De onde essa menina tirou tanta palavra complicada? – sussurrei para Lua
- Ela sempre foi inteligente
- Eu estou aqui, sabiam? – nos encarou a Yasmin
- Filha, vamos lá jantar. Eu prometo que você se vai divertir muito
- Eu não quero. E para de me chamar de filha, o meu nome é Yasmin!
- Mas eu sempre te chamei assim…
- Mas eu não quero!
- Você está passando de todos os limites! – Lua gritou – O que te deu para se comportar assim Yasmin?
- Viu? A mamãe aprendeu rápido…
- Essa não foi a educação que eu te dei…
- E esta não é a família que eu sempre sonhei ter! – ela saiu do quarto e desceu as escadas correndo.

Lua começou a chorar e até eu me sentia mal. Por um lado, entendo a Yasmin. Ela é pequena e como todas as crianças queria ter os pais juntos e casados ao lado dela. Mas por outro lado, ela sabe que é uma menina diferente, que não tem essa oportunidade.

- Eu juro que não sei onde errei… ou onde acertei. Juro que não sei nada! – Lua sentou na cama de Yasmin e continuava a chorar – O que deu nela? Mudou de uma hora pra outra? Ela nunca me tratou assim!
- Não será melhor colocar ela numa psicóloga?
- Eu não sou psicóloga profissional, mas tenho jeito para isso e…
- Não Lua. é melhor uma que ela não conheça. Alguém com quem ela possa falar e desabafar. Entende?
- Você acha que é preciso tudo isso?
- Eu acho que sim… caso contrário, ela vai se tornar uma pequena revoltada.
- Amanha mesmo eu vou tratar disso…

O comportamento da Yasmin não mudou. Na escola, nos só recebíamos queixas do comportamento dela. Ela não se dava bem com ninguém. Tratava todo o mundo mal e chegou mesmo a bater numa menina que só falava na família.
Lua marcou várias consultas com uma psicóloga, mas nenhuma deu conta do caso. Todas se queixavam da Yasmin, porque ela não prestava atenção em nada.

Nos tentávamos falar com ela, chamar ela pra sair, ir jantar fora, ir ao parque ou até ir à praia, mas ela recusava tudo. Lua não sabia mais o que fazer.

- E se colocássemos ela pra fazer algo que ela goste?
- Tipo o que?
- Não sei… - disse – Do que ela mais gosta?
- Ahh, sei lá… ela sempre gostou de tudo. Mas agora nada lhe agrada
- Ela gosta de viajar?
- Ela nunca viajou… - ficamos calados – Mas e se marcássemos uma viajem à Disney?
- Mas quando?
- O mais rápido possível
- Não é melhor nas ferias? É que agora estou cheio de trabalho… a menos que você queira ir com ela
- Arthur, não complica! Ela tem de ir com nós dois!
- Eu sei… mas agora uma viajem não calha bem. Mas… - pensei – E musica, ela gosta?
- Ela canta as musicas do bob esponja… mas não tem muito jeito
- Será que ela gosta de tocar algum instrumento?
- Ela tocava flauta… mas um dia colocou água e fez de conta que aquilo era um barquinho.
- Piano, será que ela gostava de aprender?
- Eu acho meio difícil…
- aff, eu não sei nada então! – coloquei as mãos na cabeça – Ela gosta de animais?
- Eu acho que sim… todas as crianças gostam. Mas a minha filha não é igual a todas as crianças né?
- Digamos que ela tem uns comportamentos diferentes – eu ri – E por falar nisso, onde ela está?
- No quarto, trancada desde que chegou…
- Não é melhor ir ver o que ela está fazendo?
- É… eu vou lá.
- Ótimo! Eu vou fazer um lanche. Não demora, trás ela para baixo
- Esta bem! – Lua deu um selinho em mim e subiu até aos quartos

Eu fui para a cozinha. Enquanto a agua para o café fervia, atualizei um pouco as minhas redes sociais. Desde que estou trabalhando como modelo aqui no Brasil, que tenho ganho vários fãs. Mas os fãs de Londres não se têm esquecido de mim. Pelo contrário, todos os dias me mandam mensagens de carinho. Graças a mim, muitos deles começaram e se interessar mais pela língua portuguesa (risos), pois até já falam algumas palavrinhas mais fáceis.

Comecei a colocar tudo na mesa e do nada Lua chega de boca aberta até mim. Ela arrastou a cadeira da mesa da cozinha para trás, continuando de boca aberta e se sentou. Colocou os cotovelos em cima da mesa e sobre as mãos colocou a cabeça. Fechando de vez a boca.

- Que foi?
- Você não vai acreditar no que eu vi…
- O que você viu?
- A Yasmin…
- O que ela estava fazendo?
- Eu estou até agora sem acreditar…
- Ela é tao pequena, mas faz aquilo que nem um adulto – Lua continuava de boca aberta – Eu própria não sabia fazer melhor com a idade dela. Quero ver quando ela for grande…
- O que se passa Lua?
- Ninguém lhe vai parar… ela nasceu com um dom.
- Ãhn? Eu não estou entendendo nada…
- A Yasmin estava fazendo coisas que os adultos fazem…
- O QUE? – gritei – COMO É POSSIVEL? MAS… SOZINHA? DROGA! – comecei a andar de um lado para o outro – Será que ela alguma vez nos flagrou na cama? Será que ela viu aquilo num filme? Será que viu no youtube? Quem lhe ensinou aquilo?
- Do que você está falando? E porque está andando de um lado para o outro?
- Porque ela é pequena para saber essas coisas… e é claro que estou falando de sexo! Como é que ela aprendeu a se masturbar? É isso que ela estava fazendo né? Eu nunca fiz isso na frente dela, alias, desde que estou com você nunca mais fiz isso e… droga! Será que ela aprendeu na escola?

Lua começou a rir que nem uma louca. Ela não aguentava mais. Ria enquanto me via a andar de um lado para o outro, preocupado com esta conversa super seria. Isto é serio mesmo! Desde quando uma pequena de 5 anos já sabe… eu nem quero pensar!

- Arthur… - Lua chorava de tanto rir – Ela não estava fazendo isso. E alias, agente sempre teve cuidado em não sermos flagrados. Eu estou falando de outra coisa que ela estava fazendo…
- Porra Lua! quer me matar do coraçao? – respirei fundo e sentei na cadeira, colocando a mão sobre o peito
- Você é tao tolinho…
- O que ela estava fazendo então? – perguntei, mais calmo

9 comentários:

  1. Awwnnnt' imper mega extremamente curiooosaaa :c
    Quero maais hj Pf' Pleas' Vc tem uma imaginação do cão qe só pode kkk' Maravilhosa sua Web,muitoo diva ela,explendida,e tudo ++ amoo muitoo :)

    ResponderExcluir
  2. Posta +++++++++++++++++++++++
    Ameeii *-*

    ResponderExcluir
  3. cara kkkkkk eu pensei a mesma coisa q o Arthur kkkk
    maliciaaaaaaaaa!

    ResponderExcluir
  4. Crianças de 5 anos não são assim, mas tudo bem. É aYasmim né? Mais?

    ResponderExcluir
  5. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Só pensei a mesma coisa que o Arthur kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Chorei de rir aqui kkkkkkkkk Megaaaa curiosa, posta mais um hj

    ResponderExcluir
  6. o arthur coitado quase teve um infarto kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. arthur super neurótico, mas afinal o que a yasmin tava fazendo?
    ass Sophia

    ResponderExcluir
  8. tadinha da yasmin, ela tá sofrendo

    ResponderExcluir
  9. super curiosa pra saber o dom da yasmin, amei a reaçao do arthur kkkkkkkkkkkkk mt louco ele kkkkkkkkkkk

    Ana

    ResponderExcluir