Não foi um erro - 27º Capitulo

|

No capítulo anterior…

POV LUA

- Você tem o meu número, me liga até às 9horas da noite com a sua resposta. – disse pra mim, sorrindo
- Não sei se devo aceitar… - falei insegura
- Você é que sabe.

A proposta do Arthur não era má, mas eu não sabia se devia ou não de aceitar. Precisava de opiniões sobre o assunto. Mas antes, tinha algo mais serio para falar.

- O meu voo é amanha – disse Pedro, entrando sério no quarto
- De manhã mesmo?
- Exatamente! – respondeu seco
- Eu vou embora daqui de casa
- Não te dou forças mesmo para que fique
- Não precisa de ser grosso
- E você tem de ser mentirosa?
- Vai voltar de novo com esse assunto? – encarei ele
- Não… não vale a pena mesmo. – ele foi pra o banheiro

Eu tinha a minha amiga Carla, digo, melhor amiga mesmo. Era com ela que eu precisava de falar agora!

LIGAÇAO ON

- Amiga… - falei quase com voz de choro – Ele vai amanhã.
- Mas já? – ela já sabia da historia toda, eu tinha contado pra ela, após as discussões que tive com Pedro
- É… já! – suspirei
- E quanto à oferta do Arthur, já pensou?
- Ainda não. queria a sua opinião
- Jura? – ela riu – Você já sabe qual é. Bom, eu não gosto dele, é verdade, mas o que ele está fazendo pela Yasmin é lindo. Ele tá se tornando em outro homem, completamente
- Você acha? – falei insegura
- Tenho a certeza. – falou segura – Eu acho que você devia mesmo ir morar na casa dele, até porque ele é rico e você não trabalha. Como iria sustentar a sua filha?
- Você tem razão
- Aposto que você enquanto estiver lá, não terá de pagar nada
- Mas eu não quero viver às custas dele. Eu vou procurar emprego amanhã mesmo
- Pronto, que assim seja então.
- Eu tenho medo que eu caia na tentação…
- Bota tentação naquilo menina – Carla riu – Pow, ele mudou muito. Que corpo malhainho é aquele? Tudo bem que não é o tanquinho mais perfeito do mundo, mas aqueles braços estão diferentes…
- Eu sei que estão – eu ri – Mas eu não quero
- Não quer mesmo?
- Não mesmo…

Conversamos e rimos por mais uns breves instantes.
Eram quase 9horas da noite, eu tinha de ligar ao Arthur, mas como eu não sabia como começar uma conversa durante uma ligação, eu mandei mensagem mesmo.

“Arthur, estive pensando e… eu aceito me mudar para a sua casa.”
“Que bom! Quando te posso ir buscar?”
“Antes disso… tem algumas coisas que você precisa de saber”
“Tipo o que?”
“Agente não vai dormir junto”
“kkkkkkk não era a minha intenção mesmo, eu juro”
“Tá… e amanha mesmo eu começo a procurar trabalho”

Arrumei algumas coisas minhas, outras da Yasmin, basicamente aquelas mais necessárias. Ela ainda não sabia de nada, coitadinha. Mas a despedida tinha de chegar.

- Pedro, eu vou embora
- Boa viajem! – ele nem me olhou
- Você nem vai se despedir da gente?
- Sim, vou me despedir da Yasmin
- Ela ainda não sabe de nada.
- Pra onde vocês vão?
- Para a casa do Arthur…
- O que? Para a casa dele? Você odeia ele e vai pra casa dele?
- Ou isso, ou morar na rua! – eu gritei
- Será mesmo Lua? – ele me encarou – É mesmo por isso que você quer ir para lá?
- O que você está insinuando? – continuei gritando
- Nada! – ele gritou
- Mamãe, papai, porque estão discutindo?
- Filha, se despede do Pedro. Agente vai embora
- Onde agente vai? Vamos viajar? – disse animada vendo as malas
- Agente vai para a casa do seu pai, o Arthur
- Mas ele vai de avião para…
- Sim, mas agente vai ficar lá. – interrompi ela – Dá um beijo no Pedro
- Papai, amo muito você! – a pequena se agarrou à perna dele – Você volta em breve né?
- Quem sabe linda, quem sabe – os olhos dele brilhavam – Olha, eu quero que você se porte bem, quero que você seja uma menina bonita e educada, como agente te ensinou, viu? Te amo pequena! – ele não conseguiu segurar as lagrimas
- Também te amo papai! – Yasmin disse, também chorosa, assim como eu que não consegui me conter
- Adeus Pedro, ou até já… - abracei ele forte – Vou sentir saudade!
- Apesar de tudo… você foi a mulher que eu mais amei nesse mundo. Mas tem coisas que nenhum ser humano aguenta, uma delas, é a mentira.
- Peço desculpa por tudo e um obrigada mesmo assim. Obrigada por tudo o que você fez por mim, nunca te irei esquecer! – abracei ele de novo

Descemos as escadas, eu e a Yasmin, de malas na mão e fomos esperar o Arthur chegar. Eu não acreditava que aquele era o fim entre mim e o Pedro. Eu pensei que a nossa história era verdadeira, forte e que ia durar para muitos anos. Mas a verdade é que os últimos acontecimentos chocaram contra o nosso namoro. O Pedro tem razão. Tem certas coisas que o ser humano não aguenta.

Amanhã postou outra web de capitulo unico. Terá HOT, aviso já ahaha 

6 comentários:

  1. Vai ter mais hoje posta só mais um plisss

    Ass:manu

    ResponderExcluir
  2. afff Pedro idiota! +++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  3. Uoool já vi que vou amaaar o próximo capítulo, dedica pra mim? Bjs

    ResponderExcluir
  4. Posta +++++++++++++++++++++
    Ameeii *-*

    ResponderExcluir