2ª Temporada - "LuAr na Casa dos Segredos" - 16º Capitulo

|

POV ARTHUR

~FLASH BACK~

Tínhamos acabado de chegar à casa e fomos, um de cada vez, tomar o nosso banho. Após isso, eu fui para o sofá, já que era a minha vez de dormir lá e a Lua foi deitar na sua cama. Eu tentei começar logo a dormir, mas ela ainda ficou vendo tv, porém, não conseguia, porque estava muito calor e só no quarto é que tinha ventoinha, que fazia com que o quarto se refrescasse mais rápido.
Entre o quarto e a sala, não tem nenhuma porta ou assim, quero dizer, tem uma porta de vidro sim, que serve pra separar, mas está sempre aberta.
A Lua com certeza que viu que eu não parava de me virar de um lado para o outro e foi por isso que me chamou…

Lua: Arthur… - ela me chamou
Arthur: sim?
Lua: vamos à piscina?
Arthur: piscina? Agora?
Lua: é… to com calor.
Arthur: tá… vamos lá.

Ambos nos vestimos. Eu me admirei com tal convite da Lua. Ela está bem diferente da Lua que chegou aqui nos primeiros dias. Aquela que não suportava ouvir a minha voz e que dizia que me “odiava”. Acho que tudo isso é saudade, é amor…
Quando chegamos na piscina, ela não pensou duas vezes e saltou logo. Eu mergulhei logo atrás, encontrando-a no meio da piscina. Ela riu assim que me viu ao seu lado, por baixo de água e começamos a fazer lá uma corria. Porém, eu ganhei.

Arthur: posso escolher o meu prémio? – perguntei meio ofegante, quando fui ter com ela, à beira da piscina, onde estava sentada, ofegante que nem eu
Lua: pode…
Arthur: escolho um beijo seu então
Lua: vai ficar querendo – ela riu
Arthur: porque? – perguntei – Te beijar ficou marcado em mim, parece uma rotina mesmo
Lua ri: já te disse… vai ficar querendo!

Ela pulou de novo na água e nadou rápido. Eu segurei ela de novo, virei-a ficando de frente para mim e ficamos de corpos coladinhos. Eu aproximei o rosto dela ao meu e encostei os nossos lábios. Pensei que se ela se afastasse, eu não ia insistir, mas não se afastou o que eu entendia como “me beija” e foi o que eu fiz.
Eu não sabia o que ela pensava dos meus beijos, mas quando aos dela, tinha sempre aquele gostinho de “quero mais”. No final do nosso beijo, foi com esse gostinho que eu fiquei…

Lua: bobo – ela sorriu para mim
Arthur: viu? – sorri também – Quando agente quer, agente até sabe se dar bem
Lua: confesso que fui tolinha nos primeiros dias quando te tratava menos bem…
Arthur: e…? – esperava que ela disse-se mais alguma coisa
Lua: te peço desculpas por isso
Arthur: não precisa de fazer isso…
Lua: então eu preciso de fazer o que?
Arthur: de me desculpar. De me desculpar por todas aquelas coisas erradas que eu fiz e que eu disse também. Voce precisa apenas de voltar para mim e de ser, de novo, a minha namorada, a minha princesa…
Lua: acho que é cedo para isso… - ela desviou um pouco
Arthur: e porque é que é cedo?
Lua: agente acabou de se entender…
Arthur: e dai?
Lua: e dai que você tem sempre o costume de adiantar as coisas e de torna-las confusas também
Arthur: tá bom… - suspirei – Eu não insisto mais.

Subimos dos dois de novo para o quarto do hotel, de mãos dadas por estranho que pareça. Quando entramos, eu fui para o sofá e ela para a sua cama. Me assustei quando ouvi a sua gargalhada…

Lua: Arthur – ela ria – vem cá tolinho!

~FLASH BACK OFF~

Hoje posso vos dizer que acordei ao lado dela, porém, quase meio metro afastado. Ela disse ontem que eu só dormia na mesma cama que ela, se fosse assim, pois não queria o mínimo contacto se quer. E foi isso que me limitei a fazer.
Hoje de manhã, acordei mais cedo que o normal então, para mudar um pouco, fui até ao salão do hotel, tomar o café da manha. Enquanto ia para lá, uma menina pequena tropeça nos meus pés e cai…

POV LUA

Eu acordei hoje e vi que o Arthur já não estava no quarto. Talvez saiu para fazer algo que eu faria, com certeza, o resto da manhã: pensar.
Pensar no que estou fazendo e dizendo… pensado menos no dia de ontem à noite, na piscina. Eu tinha saudade daqueles momentos. Me fez lembrar os dias no programa em que agente ia para a piscina namorar, se beijar, dizer coisas lindas um ao outro… será que estou fazendo certo?

Fui para a janela do quarto que tem vista para o mar e também para a piscina e esplanada do hotel. Lá vi o Arthur, sentando com uma mulher e uma criança. Os dois conversavam, riam e admiravam a pequena correndo de um lado para o outro.

(…)

Quando ele chegou ao quarto, o ambiente era de ciúme! #confesso

Arthur: poxa, pensei que se eu não te viesse buscar, você ficaria aqui o resto do dia – disse ele vindo até mim
Lua: até parece que sentiu a minha falta – eu me afastei
Arthur: senti mesmo!
Lua: não mente Aguiar
Arthur ri: você por acaso controla a minha saudade?
Lua: eu sei bem que você esteve com outra
Arthur: outra?
Lua: a morena lá em baixo na esplanada! – eu cruzei os braços, irritada
Arthur: a Carmo?
Lua: nossa, até já sabe o nome dela…
Arthur ri: conheci ela ainda agora
Lua: você não se contenta só comigo é isso?
Arthur ri: me explica que raio de ciúmes são esses?
Lua: ciúmes? Deus me livre tá?

Fui para o banheiro. Não queria que ele tivesse a certeza de que eu estava com ciúmes porque depois ele ia fazer pior e ia fazer coisas de propósito para eu ter ainda mais ciúmes.
Mas também porque estou assim? Powa, ele não é nada a mim!

Arthur: se você quiser eu te apresento ela – ele apareceu por trás de mim, aparecendo também no espelho, junto comigo, do banheiro
Lua: você está me provocando, é isso?
Arthur ri: gosto de te ver com ciúmes
Lua: mas eu não gosto de sentir isso! doi sabia?
Arthur: doi? – ele ficou serio agora
Lua: logico… doi ver a pessoa que você gosta, longe de você, com outra
Arthur: você poderia me ter junto a você o dia inteiro, todos os dias da sua vida, você é que não quer… além disso, eu não estou com ninguém. Apenas me cruzei com ela porque a bebé tropeçou nos meus pés e começamos a conversar
Lua: - eu suspirei – Você acha que eu não te quero? Você acha que eu não queria passear com você por todo o lado dizendo que você é meu e só meu?
Arthur: se você quer isso, porque não aceita logo namorar comigo?
Lua: porque eu tenho medo de me magoar de novo…
Arthur: então propõem o que? Ficar?
Lua: é… é mais ou menos isso. mas sem você me fazer ciúmes – eu apontei o dedo pra ele, fazendo cara de má
Arthur ri: não prometo nada! – ele riu e beijou o meu pescoço



Aqui está a cena de ciumes que vocês tanto queriam ahaha xD

9 comentários:

  1. agora só falta eles voltarem...pf pf pf pf

    ResponderExcluir
  2. Aaawnt , volta , volta , volta ..até que enfim esses tolinhos se acertaram.

    ResponderExcluir
  3. Posta ++++++++++++++++++
    Ameeii *-*

    ResponderExcluir
  4. Posta +++++++++++++++

    ResponderExcluir
  5. Eles podiam voltar da viagem e fazer uma novela juntos -rebelde- né? Posta mais

    ResponderExcluir
  6. Postaa mas omg, e mtt divaaa essa web u.u soy viciada u.u
    Nina

    ResponderExcluir