"LuAr na casa dos Segredos" - 58º Capitulo - "Luau..."

|

POV NARRADOR

 

Finalmente chega um dia na casa em que não há vestígios de tristeza ou nervosismo. Agora os quatro finalistas não precisam de se preocupar com nomeações e saídas. Agora é só pensar em se divertir na última semana na casa.

Como o prometido, se Chay contasse durante 2 dias a musica “Leãozinho” ele podia escolher um tema para uma festa na casa. Ele escolheu “Luau”. Só o Chau sabe da existência dessa festa. Mas a festa é para mais tarde.

Agora haviam outros assuntos para falar.

A casa acordou ao som de “Luan santana - Beijo”.

Chay e Mel acordaram, no quarto, grudados e quando olharam em volta viram que Lua e Arthur não estavam ali.

 

Chay ri: não me diga que eles se pegaram por ai…

Mel ri: já devem ter acordado

Chay: será?

 

Os dois levantaram da cama, saíram do quarto e foram para a sala, onde viram Lua e Arthur, ainda deitados no sofá. Ou melhor, Lua estava por cima de Arthur, fazendo carinhos nele…

 

Mel ri: que dengos, como diria a Sophia

Arthur ri: bom dia – disse abraçando a cintura da namorada

Chay: o casal resolveu as coisas?

Lua: sim – ela sentou no sofá –E vocês, o que fizeram tento o quarto so para vocês?

Chay: bom… dormimos! – disse, destroçado por não ter acontecido mais nada

Mel: e vocês… o que fizerem hein? – disse, sorrindo de jeito safado

Arthur ri: fizemos o mesmo – ele levantou do sofá – Amanha é natal né?

Mel: hoje é véspera de Natal?

Lua: to confusa… não tenho a certeza

Voz: bom dia concorrentes. Feliz véspera de natal!

Arthur ri: obrigado voz! Para voce também

Chay ri: BOM NATAL FAMILIA – gritou – TO COM SAUDADE DE VOCES – gritou em frente a uma camara

Lua: EU TAMBEM – gritou – AMO VOCES!

Arthur: como será que vai ser o Natal aqui?

Mel: diferente com certeza

Arthur: bota diferente nisso

 

Os quatro finalistas foram para a cozinha e se depararam com uma surpresa em cima da mesa de lá.

 

Arthur: tem um cartão – ele pegou e começou a ler – “Bom dia finalistas. Antes de mais, parabéns por terem chegado aqui. Aqui está o vosso café da manha, da véspera de Natal. Aproveitem. Bom apetite. É tudo por agora”

Lua: ebaaa – Lua abriu a chaleira – Cacau quente

Chay: eu adoro, eu me amarro

Mel ri: somos dois

Arthur: e o que tem mais aqui? – ele tirou o prato de cima

Mel: acho que isso é pão de mel e frutos

Chay: pão de voce? Eu quero!

Lua ri: idiota…

 

O ambiente do café da manha foi perfeito.

Os quatro passaram a manha juntos, grudados, no caso dos casais, rindo de coisas bobas que se lembravam no momento.

Apos o café da manha foram para a academia um pouco e no final da manha foram tomar sol.

 

Chay: acho que dá para fazer churrasco hoje né?

Mel: podíamos fazer… quero dizer, eu e a Lua tratamos da salada apenas

Arthur: tá, eu e o Chay fazemos o mais pesado

Lua ri: até parece né? Mó drama fazer carne

Arthur ri: voce sabe como eu sou exagerado! – abraçou ela

Lua: bota exagerado nisso – beijou ele

Chay: mas contem logo como foi a vossa volta?

Arthur: isso mesmo chay… a NOSSA volta… não sua! Voce não precisa de saber

Lua ri: que grosso

Arthur ri: nem foi

Mel ri: teve beijo com certeza

Lua: beijo, beijo e beijo…

Arthur: também teve beijo

Chay: nossa, olha a gracinha deles ra-ra-ra! – disse serio

Mel ri: mãos à massa!

 

Cada um tratou da tarefa que tinha em mãos.

Aos poucos, o almoço ia ficando pronto.

 

Lua: toma, pra refrescar – deu um copo de suco com gelo ao Arthur

Arthur: obrigado amor – deu um selinho nela

 

(…)

 

Mais tarde, as portas do jardim foram fechadas e os concorrentes permaneceram dentro de casa.

 

Mel: o que será?

Chay ri: surpresa

Lua: o que voce sabe? – agarrou o pescoço dele devagar

Chay ri: calma Luinha, sem violência

Arthur ri: voce e a mania de lhe chamar Luinha

Mel ri: ciúmes em ação

Arthur ri: do chay? Nunca! – confirmou indeciso

Lua ri: fala o que voce sabe chay…

Voz: esta é a voz. Hoje é dia de festa na casa dos segredos. Agradeçam ao Chay

Todos: obrigado Chay

Chay ri: de nada, de nada… eu sei, podem dizer. Eu sou foda!

Mel ri: voce é de mais

Chay ri: isso também serve

Voz: no confessionário está tudo o que vão precisar. Boa festa!

Todos: obrigado voz – disseram de novo

 

Os quatro foram ao conefssionario e trouxeram as roupas e acessórios que lá estavam.

As meninas se arrumaram para ficar sempre daquele jeito especial: gatas! E os meninos, claro, só as admiravam por isso.

As portas se abriram e os concorrentes tiveram vista para o grande trabalho que ficou o jardim.

 


 

Para sair para o jardim, eles passavam por um homem que os entregava colares e pulseiras de flores de plástico bem coloridos.

 

Chay: BEM VINDOS À FESTA DO LUAU

Arthur ri: gostei gostei

Lua ri: eu adoro isso!

Mel ri: obrigada lindo – deu um selinho nele

 

Os quatro foram até à mesa dos cocktails onde um homem fazia acrobacias com as garrafas e ensinava dicas para bebidas afrodisíacas.

Do outro lado do jardim, havia uma corda/pau para os concorrentes dançarem a dança do limbo.

Ao som da musica, eles começara…

 

Mel ri: mas assim fica fácil né? – riu, enquanto passava por baixo, se dobrando

Chay ri: até eu faço – ele fez o mesmo

Lua: vamos baixar – ela baixou um pouco

Arthur: continua fácil – ele passou bem

Chay ri: bora baixar o dobro então – ele baixou demasiado o pau

Mel ri: quem se atreve?

Lua ri: eu – com alguma dificuldade, ela conseguiu passar

Arthur ri: desisto! – se rendeu, caindo na grama

Mel ri: eu consigo! – ela conseguiu mesmo

Chay ri: eu nem tento que é melhor

 

Ficaram dançando lá até não conseguirem passar mais de baixo daquele pau.

 

Chay ri: e agora?

Lua: o que tem ali? – ela foi ver uns cartões que tinha lá no chao

Mel: alguém quer beber alguma coisa?

Arthur: trás para mim?

Mel: o que?

Arthur: o mesmo que voce

Mel: tá bom – Mel foi buscar dois copos de cocktail

Lua: olhem aqui – chegou com os cartões – são jogos!

Chay ri: bora jogar

Lua ri: isto é tipo verdade ou consequência – ela começou a misturar os cartões – Já tem os nossos nomes

Arthur: como se joga?

Lua: os cartões têm de estar virados para baixo. Ai voce tira um e le o que está lá. Depois voce tem de fazer essa tal “ordem”.

Mel: vamos começar então – entregou o copo para o Arthur

Arthur: obrigado

Chay: eu começo! – ele tirou um cartão – “Uma de duas. Ou voce dá um selinho na garota, ou já uma mordidinha sensual” – ele começou a rir – Será que é na garota que eu quiser?

Lua ri: logico!

Arthur ri: vai logo chay. O que voce escolhe?

Chay ri: por mim era as duas – olhou a Mel – vou escolher a mordidinha sensual – ele riu

 

Chay foi até Mel que chegou mais perto se arrepiando já. Mas o arrepio foi maior quando sentiu a mordida de Chay no seu pescoço

 

Lua ri: ebaaa – riu – agora é a minha vez! – ela leu – “Terá de fazer uma dança sensual ou dar um beijo ‘tecnico’.” – ela começou a rir – Amor, o que voce prefere?

Arthur ri: sou como o Chay… as duas está de bom tamanho.

Lua ri: nem pensar… eu vou fazer a dança, pode?

Arthur ri: é dessa que o meu coraçao não aguenta

 

Arthur ficou sentado na cadeira enquanto Lua o olhava com aquele ar sexy, como ele dizia. A garota começou a balançar o cabelo, levantando a blusa e fazendo aquela dançinha sensual com o bumbum que deixava Arthur louco. Se aproximou dele e beijou o seu pescoço… quando ele colocou as mãos na bunda dela, Chay interveio…

 

Chay ri: ei ei, não pode tocar

Mel ri: chegaaaaaaaa! To vendo que é dessa que o Arthur morre

Lua ri: agora é a sua vez Mel…

 

E assim continuou noite fora.

Teve também lançamento de dardos, pista de obstáculos e corridas. Essa parte foi a melhor sqn

 

Chay: agente tem de se por dentro dessa saca enorme e chegar ao fundo do jardim

 

Todos se colocaram dentro das sacas

 

Mel: um, dois, três…

 

Arthur ia na frente, Chay atras e as meninas acabaram embarrando uma na hora e caindo para o lado, com gargalhadas e mais gargalhadas. O Arthur é que ganhou a prova.

 

Chay ri: chegaaa – ele se jogou na grama

Mel: vamos dançar?

Lua: ahh não, to cansada – ela sentou no colo do Arthur – Estou mais numa de namorar – beijou Arthur

Arthur: e não é que eu estou de acordo? – continuou beijando ela

Lua ri: sabe o que eu lembrei?

Arthur: o que?

Lua: que essa festa tem a ver com agente

Arthur: hum? Como assim?

Lua: Luau… LuAr… lembra o que a Anna falou ontem?

Arthur: ahh, de agente ser o casal LuAr né?

Chay ri: acho fofo isso… como será o nosso Mel?

Mel ri: nós não somos um casal

Lua ri: não é fofo? Essa festa é super nossa cara!

Chay: verdade, podem me agradecer! – se fez de convencido

Lua: vem, vamos para o quarto – puxou Arthur pela mao

Mel: juízo casal!

Chay: não quero barulhos sinistros tá?

 

Os cocktails não tinham álcool nenhum, por isso, qualquer coisa que aconteça aqui, não será justificado pelo Alcool.

Mas atenção, porque ainda não sabemos o que irá acontecer.

 

Lua o arrastou até o quarto, mas precisamente até à cama. Os dois se aproximaram e selaram seus lábios em um beijo apaixonado. Arthur puxou Lua pela cintura e aproximou seus corpos, em um movimento Involuntário ele ficou por cima dela sem romper o beijo, que agora ganhara mais velocidade.

Lua arranhou as costas de Arthur deixando-o arrepiado…

E assim eles continuaram aqueles beijos quentes…


Amanha tem mais ;)


6 comentários:

  1. Posta +++++++++++++++++++++++++
    Ameeii *-*

    ResponderExcluir
  2. Cris vc quer matar a gente ?? Rs dedica o próximo pra mim por favor ? Beijooos

    ResponderExcluir
  3. Mais!!Entrem no meu blog http://webdiroamorincondicional.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Posta mais pf amei esse capitulo

    ResponderExcluir