"LuAr na casa dos Segredos" - 55º Capitulo - "voce só me desilude"

|

POV NARRADOR

O resto do dia foi meio estranho para o casal a quem tinha sido descoberto o segredo.
Eles ficaram se evitando um ao outro.
Tal coisa aconteceu, porque ainda não tinham falado sobre “o depois” da descoberta do segredo, ou seja, como seria o namoro deles depois de todos os concorrentes descobrirem a verdade?

Durante a noite, Lua ficou às voltas na cama, pois não conseguia dormir sem Arthur voltar. Então, ela levantou da cama e saiu do quarto silenciosamente para nenhum dos outros concorrentes acordar.
Ela passou pela sala, cozinha e banheiro e viu que Arthur não estava lá. Então, só poderia estar no jardim.

Ela foi até ao jardim e viu ele pensativo à beira da piscina.
Devagar, sentou ao lado dele…

Arthur: voce deveria estar dormindo
Lua: e voce deveria estar ao meu lado, fazendo o mesmo
Arthur: não consigo dormir
Lua: Arthur, lembra quando agente falou “eu te amo” pela primeira vez um ao outro?
Arthur: claro – sorriu
Lua: então, se esse “te amo” foi verdadeiro naquele momento, por que é que agora voce não sente mais isso?
Arthur: não é que eu não sinta… é que é estranho. Agente namorava por conta de um segredo e agora esse segredo não existe mais
Lua: mas voce falou que me amava e que queria namorar comigo, não pelo jogo, mas sim porque era isso que voce sentia
Arthur: eu sei… só que sei lá… é diferente agora. – ele encarou os seus pés, na piscina
Lua: quer dizer que acabou?
Arthur: não é razão para dizer isso… mas é que eu estou confuso
Lua: e eu como devo ficar?
Arthur: eu não sei…
Lua: voce só me desilude – ela disse quase chorando
Arthur: não, não diz isso… - pediu, triste, e pegou a mão dela
Lua: como não? voce falou que me amava, falou que queria namorar mesmo comigo e agora fala que tá confuso – ela se levantou, chorando – voce não presta!

Lua entrou em casa, acabada, por ver tal reação do Arthur.
Ela nunca esperava tal coisa dele.
Ele também não queria reagir daquele jeito, mas era o que realmente ele tava sentindo.
Quando eles namoravam por conta do segredo eles sentiam aquela adrenalina, pelo menos Arthur sentia, e agora, que não existia segredo, meio que o namoro perdeu a graça.

Ao ver a loirinha entrar na casa chorando, fez com que Arthur ficasse também pensando no que realmente quer.
Ele ficou a noite inteira, sem pregar olho, no sofá da sala.

(…)

Naquela manha seguinte, Chay foi o primeiro a acordar.
Ele olhou em volta e viu que Arthur não estava no quarto, mais precisamente na cama da Lua. Viu que a menina estava acordada, mas resolveu não dizer nada.
Ele foi para a sala, e sentou ao lado de Arthur.

Chay: madrugou hein – deu com a mao na perna dele – a Lua te mandou embora do quarto é? – riu
Arthur: pára Chay… não tem graça nenhuma.
Chay: vocês brigaram?
Arthur: sim…
Chay: percebi que ontem depois da Sophia descobrir o vosso segredo, vocês ficaram estranhos um com o outro
Arthur: pior que ficamos mesmo… e o pior disso tudo, é que eu sou a causa disso
Chay: o que voce fez?
Arthur: borrada da grossa – ele contou tudo para o Chay
Chay: voce é idiota né?
Arthur: eii – se ofendeu
Chay: cara, é que so pode… eu aqui querendo namorar a Mel e voce recusando uma mulher que nem a Lua! Voce é muito idiota
Arthur: disso eu sei…
Chay: voce ama ela?
Arthur: não costumo falar “eu amo voce” sem sentir isso pela pessoa – encarou o Chay
Chay: então se voce ama ela, vai lá e fala isso para ela. Fala o que vai no teu coração. Voce tá se imaginando sem ela?

Arthur parou de novo para pensar…

Arthur: não… estamos apenas a 12horas sem nos falarmos e já está custando de mais. Imagina a minha vida sem ela…
Chay: vai lá e fala com ela cara.
Arthur: ela falou que eu só lhe desiludia…
Chay: prova que ela tá errada
Arthur: se certa forma ela está certa
Chay: caralh*, se tu ama ela, vai lá! – falou sem paciência para a teimosia do Arthur – vou te ajudar!

Chay se levantou e foi ao quarto onde todos dormiam e devagar, acordou todos pedindo para que eles saíssem do quarto. Assim que todos o fizeram, ele mandou Arthur entrar, que estava meio inseguro e fechou a porta do quarto, deixando os dois a sos.
Arthur respirou fundo e pensou nas coisas que lhe ia dizer, mas nada lhe vinha à mente.
Lua estava acordada e percebeu a ausência de todos. Quando ela sentou na cama, viu Arthur. os dois se encararam

Arthur: precisamos de conversar…
Lua: eu não acho – ela levantou da cama, não olhando para ele
Arthur: Lua, por favor, me ouve – ele ficou de frente para ele – eu errei, eu sei que sim. Mas acredita em mim, eu te amo
Lua: eu não consigo mais acreditar
Arthur: o que voce quer que eu faça para te provar que eu te amo?
Lua: não sei… voce é quem sabe
Arthur: Lua – segurou a mao dela – eu nunca tive tao arrependido na minha vida como estou agora. Acredita em mim
Lua: não sei se devo
Arthur: eu juro! – olhou nos olhos dela – eu tirei as minhas duvidas todas, eu superei tudo. Eu não quero ficar longe de voce, fica comigo por favor – ele abraçou ela

O abraço do inicio não foi retribuído, mas assim que Lua percebeu aquela necessidade que Arthur tinha daquele abraço, aquela força que ele transmitia, ela tratou logo de lhe abraçar também.
Bem que ele tentou o beijo, mas ela desviou…

Arthur: tem como voce me desculpar?
Lua: não sei… deixa o tempo passar e logo vemos. Voce me magoou de mais
Arthur: eu sei… sou um idiota – ele balançou a cabeça
Lua: é mesmo! – ela tentou conter o sorriso
Arthur ri: boba – abraçou ela de novo – não esquece que te amo e tudo o que eu te falei até hoje, foi tudo verdadeiro. Eu tive apenas uma recaída. Uma insegurança… mas tenho a certeza que isso nunca mais vais acontecer, não desse jeito. Eu sei o que eu sinto realmente… e o que eu sinto por voce, é bem forte. Não esquece – ele pediu
Lua: veremos…

Os dois saíram para tomar o café da manha.
Hoje, pela manha, a voz oferecia coisas diferentes aos concorrentes. O telefone tocava e bastava os concorrentes atenderem para ganharem prémios, sem ser dinheiro.

O telefone tocou e o Arthur correu para atender…

LIGAÇAO ON

Arthur: sim, voz?
Voz: esta é a voz. Arthur,  por ter sido o primeiro a atender, acaba de ganhar um apartamento
Arthur ri: mentira né?
Voz: não, é super verdade!
Arthur: cara, obrigado voz! – riu

LIGAÇAO OFF

Mel: obrigado do que Arthur?
Arthur ri: acabei de ganhar um apê
Perola: ahww, também querooo

O telefone tocou de novo.
A Lua aproveitou que estava todo o mundo distraído com Arthur e correu para atender o telefone também.

LIGAÇAO OFF

Voz: esta é a voz. Lua, voce acabou de ganhar uma viajem para um destino que ainda é segredo para duas pessoas durante 2 semanas.
Lua ri: e quando eu vou saber onde é?
Voz: assim que voce sair da casa
Lua ri: obrigada voz

LIGAÇAO OFF

(…)

O dia foi passando e todos foram recebendo ofertas generosas da voz como carros, casas, cheques em dinheiro em lojas caríssimas e viagens a lugares paradisíacos.

Sophia: a voz estava generosa
Chay: bota generosa nisso minha filha
Mel ri: será que amanha vai ter mais?
Lua: espero que sim… eu ganhei uma viajem
Arthur: e eu um apê – os dois se olharam

Na memoria de Arthur, as coisas correriam da seguinte forma: o apê, servirá para os dois viverem juntos assim que saírem da casa. E a viajem, servirá para, quem sabe, uma lua-de-mel… era perfeito se assim fosse né?

Galera, amanha não vou poder postar pois vou passar os dia fora de casa.
Mas segunda eu posto para compensar ;)


20 comentários:

  1. ok cris. mega ansiosa. sabe que eu sou maluca-fanática por essa web né?
    quando der posta mais.

    ResponderExcluir
  2. Posta ++++++++++++++++++++++++++
    Ameeii *-*

    ResponderExcluir
  3. Que perfeitooo , MEGA ANSIOSA. Posta maais ?

    ResponderExcluir
  4. Maissssssss!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. An faz a lua dar uma de dificil

    ResponderExcluir
  6. Hoje nao tem web =(!
    Mais espero ate amanha

    ResponderExcluir
  7. Anw muito fofow se fosse assim quando eles saisem!

    ResponderExcluir
  8. Ai gente ameii muiito ese cap

    ResponderExcluir
  9. LoooL ameiii, estou anciosa p outro cap cris!

    ResponderExcluir
  10. Que apegoh gente Õ/

    ResponderExcluir