Uma Linda Mulher - 2ª TEMP. | CAP. 110

|

Uma Linda Mulher – 2ª Temporada

Capítulo: 110


Lua – Amanhã você tem escola… – Gabriel levou a mão à boca abrindo um sorriso, Lua abriu os olhos e o mirou, com aquele brilho emocionado nos olhos afastou a franja dos mesmos – Olá meu amor…

Gabriel – Olá… Te acordei? – Lua negou com a cabeça.

Lua – Não, só estava descansando… – mirou Arthur que mordeu os lábios com um sorriso malicioso nos lábios, abriu os braços e Gabriel se jogou nos mesmos, se deitando sobre os seis de Lua que lhe alisava os cabelos, puxou a coberta o cobrindo – Como foi seu final de semana….

Gabriel – Foi super animado, sabe mãe, ficamos até tarde na piscina e a Dona Lissa deixou a gente comer uma colher de brigadeiro antes do almoço, e não perdemos a fome e depois… – Lua sorriu prestando atenção em cada palavra do filho, sem nenhuma pausa e nenhuma vírgula.

Arthur se levantou ouvindo o choro do quarto ao lado, caminhou até o quarto da filha a pegando no colo, Linda o abraçou se deitando sobre o peito largo do pai, bocejou abrindo a boquinha tão pequenina…

Arthur – Até que enfim dorminhoca! Pensei que iria ficar a noite inteira nesse cochilo!

Linda lhe respondeu com uma série de protestos e especulações, Arthur gargalhou concordando com a mesma em tudo, voltou para seu quarto se sentando na cama ao lado de Lua, que se sentou também com Gabriel no meio de suas pernas de costas para ela encostado sobre seus seios, falando animado sobre sua primeira saída por dois dias para a casa do amigo…

Lua – Não acredito? Sério que o desenho acabou assim? Precisamos ir à locadora ver se tem continuação!

Gabriel – Exatamente, foi o que disse para o Juan, ficamos de marcar para ele dormir aqui em casa da próxima vez, assim chamamos o Luca também, acha que o tio Chay deixa pai?

Arthur – É claro que deixa amigão, é só ligar… – Gabriel sorriu a Linda que ergueu os bracinhos mexendo as perninhas, Arthur a colocou na cama no meio das pernas de Lua junto com Gabriel… – Segura filho…

Gabriel – Tô segurando…

Lua – Acordou preciosa? Mas que menina mais preguiçosa mamãe! – Linda um de seus gritinhos e Lua sorriu, ela mexia a boquinha prestando atenção no que Lua falava, tentando responder…

Arthur – Olha Luinha ela quer conversar com você…

Lua – Você quer conversar comigo? Não, não fique nervosa você ainda é novinha para falar tudo!

Gabriel – Ela está ficando nervosa é melhor ir com você mãe… – Lua a pegou com um sorriso nos lábios, a segurando pelas mãozinhas a ajudando a ficar de pé…

Arthur – Hum, Gabriel, acho que tem uma surpresa para você lá na cozinha! – Gabriel franziu a testa curioso, mirou Lua que fez com que não sabia com os ombros…

Gabriel – Uma surpresa?

Linda – pesaaaa…

Arthur – É uma surpresa meu amor… – gargalhou junto com Lua lhe a beijavam por todo o rostinho –

Lua – Fui eu que fiz…

Gabriel – Ahh mãe assim não vale, dá mais dicas…

Lua – Hum, deixa-me ver, tem gosto!

Gabriel – Gosto?

Arthur – Sim gosto, e é doce…

Gabriel – A mamãe que fez, é de comer e é doce… Hum, AHH BOLO DE CHOCOLATE, YES… – Lua assentiu abrindo um sorriso, Linda pulava em seu colo animada com o grito de animação do irmão…

Linda – Yeeeeeeeee….

Lua – A meu Deus eu vou te morder sua sapeca! – Gabriel se levantou correndo pelas escadas, desceu até a cozinha vendo o prato com pedacinhos quadrados de bolo de chocolate coberto por uma calda de brigadeiro, sorriu devorando um pedaço, com o prato nas mãos subiu até o quarto dos pais, Linda observou o prato erguendo as mãozinhas, Lua  sorriu negando com a cabeça…

Lua – Nada disso, se quiser podemos comer frutinha…

Arthur – Um pedacinho só amor, acho que não faz mal…

Lua – Ah não faz mal, eu te deixo com seu pai se essa fralda ficar cheia em? – Arthur sorriu, tirou um pedacinho bem pequenininho colocando na boca da filha, Gabriel concentrado comia outro pedaço, Arthur sorriu o mirando envolta da boca já estava toda recheada de brigadeiro…

A manhã chegou quente e aconchegante, os pássaros pareciam produzir cantos serenos anunciando a maravilhosa chegada do sol, Lua coçou os olhos, colocando os cabelos para trás da orelha…

Lua – Já tô indo filha… – sacudiu a mamadeira quentinha em sua mão, ainda era cedo, Gabriel dormia e Arthur estava desmaiado na cama, sorriu maliciosamente negando com a cabeça, a noite havia sido agitada, sentiu seu estomago protestar de fome, alisou o ventre… – Já vai outro filho!

Entrou no quarto e Linda com um bico enorme deixava as lágrimas escorrerem pelo canto de seus olhos molhando o travesseiro rosa...

– Não acha que tá cedo para todas essas lágrimas? – A pegou no colo, ouvindo os protestos e os ‘mamas’ – É sim, senhora, está muito cedo para toda essa conversa, papai e Biel estão dormindo... – Linda a encarou parando de chorar, apenas com o bico tentando alcançar a mamadeira das mãos de  Lua que se sentava em sua poltrona… – Assim está muito melhor… – lhe sorriu acariciando os cabelos lisos, Linda tomou a mamadeira com vontade, em pouco tempo nada restava do leite, a colocou sobre os ombros dando uma caminhada pelo quarto, mais 20 minutinhos lhe trocou a fralda….Os olhinhos da pequena estavam pesados novamente, Lua sorriu, alimentada e limpa, só restava dormir…E foi o que aconteceu, mais 5 minutinhos de canções e carinhos nas costas, Linda adormeceu novamente.

Lua lhe beijou as bochechas, levou as mãos à cabeça sentindo novamente aquela maldita tontura, precisava comer, e precisa com urgência, desceu as escadas fortemente agarrada ao corrimão, e a dor ficava mais forte e mais forte, abriu a geladeira pegando a primeira fruta que viu pela frente, sua boca salivava pelas náuseas, deu a primeira mordida prendendo a respiração para não sentir o gosto da maça, a segunda, e na terceira do mesmo jeito que engoliu voltou, levou as mãos à boca correndo direto para o banheiro, a sensação era ainda pior quando botava tudo para fora com o estomago vazio, sentiu seus lábios trêmulos novamente, respirou fundo tentando não acordar Gabriel e nem Arthur, se sentou no chão do banheiro cobrindo os olhos da luz, respire Lua, respire…

Se sentindo melhor levantou-se, lavou o rosto subindo para se olhar no espelho, e lá estava ela novamente, quase pálida como no dia anterior, voltou para cozinha se sentando na cadeira, o relógio bateu 6:00, fechou os olhos se sentindo exausta, seu estomago embrulhava e suas pernas estavam fracas, não conseguiria comer nem muito menos caminhar, mordeu os lábios apertando os olhos, aquelas sensações tinham que parar…

Continua...


Hello! Hello :-D (Não. Não é a Brenda haha)

Bom, eu estou postando para a Brenda, porque ela viajou, vai passar o final de semana fora, e está sem net, e me pediu para atualizar o capítulo. É isso... Bye.

Com mais de 10 comentários, próximo cap.

10 comentários:

  1. Coitada da Lua...
    A Linda Ta Tão Fofa Querendo Falar Tudo .

    ResponderExcluir
  2. Tadinha da Luuh . Já quero o Próximo. ❤❤

    ResponderExcluir
  3. Tomara que não acontece nada com a lua quando ela tiver o bebê

    ResponderExcluir
  4. Linda acha q ta grande já pra falar tudo.
    Tadinha da Lua, tomara q não aconteça nada
    Helena

    ResponderExcluir
  5. Meu deus, rezando para q não aconteça nada com a Lua
    Bia

    ResponderExcluir