Uma Linda Mulher - 2ª TEMP | CAP.70

|


Uma Linda Mulher - 2ª Temporada





Capítulo: 70

Informou animado e já pronto, estava um cópia de Arthur, com os pés descalços usava uma calça curta branca, e uma bata estilo camisa na mesma cor que estava completamente aberta, ressaltando o bronzeado que haviam pegado durante a semana inteira, os cabelos jogados com gel, um perfeito Aguiar.
Lua – Obrigada querido, pode deixar que me visto em dois segundos. Linda, já acordou?
Gabriel – Sim, o papai está lá em cima com ela. – sentou se no sofá ligando a televisão.
Lua – Ok, eu já venho. – Lua subiu as escadas direto para o seu quarto, Linda já estava acordava com Arthur, a pegou no colo caminhando até o trocador logo ao lado da cama, o vestidinho branco estava pendurado em um cabide na porta do guarda roupa a vestiu colocando a faixa branca nos cabelos, sorriu fascinada. – Que menina mais linda, mãe. – A beijou nas bochechas, arrancando sorrisos e suspiros de Linda que mexia as mãozinha, animada. – Agora deixe que eu me arrume, ok? – Lua a colocou no berço repleto de bichinhos, Linda se distraiu o suficiente para que ela conseguisse se arrumar, um vestido branco de cetim até a altura das coxas, em decote em V, cruzava seu pescoço, deixando suas costas levemente descobertas, calçou a sandálias baixas, se maquiou como de costume deixando os cabelos lisos naturalmente, com um leve enrolar nas pontas cair em cascata em suas costas, se perfumou e gostou do resultado. Pegou Linda nos braços descendo as escadas Arthur e Gabriel comentavam sobre algo que se passava na televisão.
Gabriel – Nossa mãe, você e Linda estão lindas! – Lua sorriu caminhando até o marido e o filho, deu um selinho em Arthur lhe entregando Linda.
Lua – Gosta? – deu uma voltinha, e Arthur sorriu malicioso.
Arthur - É fácil de tirar? – Lua mordeu levemente os lábios o encarando.
Lua – Não tem botões… – sorriu com vontade e Arthur retribuiu.
Arthur – Ótimo, porque eu odeio botões.
Gabriel – Faltam 15 minutos…
Lua – Ótimo, me ajudem a colocar as coisas na mesa. – Com a ajuda de ambos a mesa lá fora foi posta, as velas acesas e a contagem regressiva prestes a ser feita. Se colocaram em frente à piscina na espera dos fogos, Linda estava no colo de Lua, com algodão no ouvido para diminuir o som dos fogos, sorria animada mexendo os bracinhos e as perninhas sem parar. Gabriel estava no colo de Arthur ansioso para a queima de fogos, observou o relógio mirando os pais, Arthur havia a abraçado pela cintura, a trazendo para mais perto de si.
Arthur – Quanto tempo falta filho? – observou mais uma vez o céu estrelado.
Gabriel – Faltam 20 segundos… – Arthur afirmou, Lua respirou fundo sorrindo, deixando seu coração bater com pressa e emoção. Fechou os olhos deixando os sentimentos fluírem por sua alma. – E agora, Uhul.
Gabriel - 10…
Lua – 5 pratas… – mordeu os lábios estourando outra bola. Arthur franziu a testa.
Arthur – Isso é ridículo… – disse em quanto tornava a mexer nas marchas.
Lua - Sorry, Baby o preço acaba de subir para 10… - Arthur sorriu com toda sua arrogância a mirou nos olhos e disse.
Arthur – Você não pode me cobra por isso…
Lua – Baby, eu posso te cobrar pelo o que eu quiser…
Gabriel – 9…
Arthur – Mudanças de planos, tenho um posposta...
Lua – Uma proposta? Que tipo de proposta? – se sentiu intrigada pelo sorriso dele.
Arthur – Sabe que sou um empresário… – Lua assentiu – E preciso de companhia diária para os meus jantares que acontecem diariamente também. Vamos direto ao assunto. Quanto você quer passa passar a semana comigo?
Lua – Você não pode falar sério Doçura… – sorriu abismada. – Porque um homem como você precisaria de uma companhia como a minha durante uma semana com tantas milionárias ao seu pés?
Arthur – Uma semana…
Lua – O que?
Arthur – Uma semana, eu você e mais nenhum outro homem...
Gabriel – 8…
Lua – Você está atrasado…
Arthur – E você está maravilhosa…
Gabriel – 7…
Arthur - Eu quero que você fique comigo…
Lua - Você irá me ver nas poucas vezes que sua empresa decidir que você viajará para cá, e eu estarei lá esperando por você, dia após dia, sentada com as roupas maravilhosas, pronta caso você chegue e me queira a noite inteira para depois voltar…
Arthur - Eu nunca te tratei como uma prostituta Lua…
Lua - Você acaba de fazer Arthur. Eu quero mais. Eu quero bem mais do que te esperar até você poder me dar o que tem a oferecer…
Arthur - Você quer mais o quanto? - franziu a testa procurando um ponto fixo no olhar dela.
Lua - Eu quero um conto de fadas, casamento, vestido branco véu e grinalda. - se emocionou perdendo a fala por alguns instantes. - Filhos, meus filhos…
Arthur - Você sabe que isso eu não posso te dar…
Lua - Eu também não tenho mais nada a oferecer Arthur, hoje é domingo e tudo se acaba por aqui…
Arthur - Eu não quero que acabe…
Lua - Eu também não quero muitas coisas…
Gabriel – 6…
Arthur – Não se faz amor só de corpo Lua... – a olhou nos olhos, lhe mordiscando os lábios ameaçando mais um beijo enlouquecedor. – Se faz amor de alma, está sentindo? Eu estou amando você agora. Mais não por uma semana, Deus de jeito nenhuma, por toda a vida…
Lua – Nós podemos tentar Arthur… – o abraçou chorando de emoção.
Arthur – Sim, nós podemos querida…
Gabriel – 5…
Lua – Eu disse que demoraria filho, mais escute me… – com as mãos pegou cada lado da face do filho. – Eu amo você se lembra, eu disse que te amo, que você é o meu garoto, meu bom garoto, e só Deus sabe o quanto a sua mãe sentiu sua falta meu menino. – sorriu emocionada derrubando mais uma dúzia de lágrimas. – Está tão crescido, os cabelos estão tão diferentes… – quase perdeu a fala pelo choro – Está tão parecido com seu pai e… - se calou baixando a cabeça. – Só quero que saiba que eu jamais te abandonei, cuidei de você nos meus sonhos, olho por você todos os dias filho.
Gabriel – 4...
Lua – Ela está bem? Está segura porque não chora? ARTHUR!
Médico – Eu quero que saia daqui senhor Arthur…
Arthur – Não, o que estão fazendo?
Lua – Ela está bem, porque não chora?
Médico – Quero que contatem o banco de sangue duas bolsas de O+, rápido. Eu não consigo ver nada por aqui, há muito sangue…
Arthur – Está tudo bem querida… – gritou a Lua antes que os enfermeiros o tirassem da sala a base da força. – ESTÁ TUDO BEM QUERIDA, FIQUE ACORDADA, FIQUE COMIGO LUA… – "Fique comigo querida, não me deixe aqui…"
Gabriel – 3..
Clarissa – Pode pegar mamãe e alimentar também, deve estar com fome… - Arthur a encorajou com um brilho sobrenatural no olhar, Lua o mirou, engoliu o nó enorme que se formava em sua garganta negando com a cabeça.
Lua – Não… – sorriu – Ela é o seu presente…
Lua – Eu estou aqui… – sentiu necessidade de dizer – Sou sua e estou aqui. Nós estamos aqui. – afirmou com paixão, demonstrando aquele belo homem que não estava sozinho.
Arthur – Eu sei que está… – ele em fim murmurou com a voz sufocada pela aquela tão forte emoção. - Eu sei que estão… – completou e sorriu se lembrando do rosto perfeito e tranquilo de Marieta. – Vem cá… – a chamou e Lua foi, com os olhos semi abertos se encostar às costas de Gabriel. E permaneceram assim, no meio da cozinha até que o choro desse lugar, à visão aberta da realidade… "Ele há de ajudar a você e aquela linda mulher criar Gabriel e Linda, que são a razão desse seu olhar iluminado e tão passional..."
Gabriel – 1…
Lua – E sou eu que digo que sou tão grata por você ter me encontrado, me salvado - o acariciou no rosto, com suas mãos quentes e pequenas. – Eu não preciso de mais nada nessa vida Arthur… – negou com a cabeça – Eu realmente só preciso que você me ame na mesma intensidade que eu te amo e que Deus te ajude porque meu amor é puro e incondicional. Eu te admiro meu amor, eu te venero. – soluçou, sentindo seus olhos arderem em lágrimas de emoção. – Preciso que compreende que eu sou sua, pelo resto da sua vida eu sou sua mulher Arthur. De corpo e alma. -  Lua pegou a mão dele levando até seu coração. – Sente? – sorriu mordendo os próprios lábios, não controlando mais as lágrimas. – É seu, tudo o que eu possuir em vida e após dela é seu Arthur…
Gabriel – 0…
Arthur - Você me faz sentir o melhor dos homens Lua… – ele se pôs sério e ela também. – Na realidade, me desculpe querida… – assentiu com a cabeça – Você é a melhor das mulheres… - Olhou sua filha em seu colo. – Você me dá mais do que um homem, que já errou tanto nessa vida com você meu amor pode receber… – realmente se emocionou a mirando nos olhos, repetindo com fervor novamente. – Deus eu sou tão grato por você. A sensação de saber que eles são meus de certa forma, que nos os fizemos com tanto amor e carinho. Ser mãe deve ser uma sensação única a você, mais ser pai… - balançou a cabeça para os lados. – Ser pai para mim, você não calcula. Eu morreria se acontecesse algo a um deles. Eu morreria se acontecesse algo com você…
Gabriel – FELIZ ANO NOVO! - Lua abriu os olhos de uma vez só, mirou tudo a sua volta escutando o primeiro estalo dos fogos, sorriu completamente emocionada, por Deus, por onde havia estado nesses último segundos? Recebeu o abraço de Linda que um pouco assustada com os fogos a apertava, Lua sorriu e abraçou também.

Lua – Feliz Ano Novo, preciosa. Olha filha, são estrelinhas… - apontou para os fogos e Linda pareceu não se assustar mais. – Feliz Ano novo filho, Eu te amo meu amor. – abraçou Gabriel do colo de Arthur.


Hello Hello :)
Boa Noite, amores.
Como eu havia dito no último capítulo da fic, eu só voltaria a postar quando tivesse comentários em todos os capítulos da maratona. Por isso, a demora para atualizar. Eu espero que quando eu fizer outra maratona, vocês participem mais. É isso.
UHUL, ANO NOVO!!! Lua relembrando os momentos em que viveu com o Arthur, que coisa linda *-*

Com mais 10 comentários, posto o próximo capítulo.

Não me responsabilizo, pelos próximos capítulos. Só digo uma coisa, vão ser tensos.

14 comentários:

  1. Mais!!! Ja to ansiosa!! Eles vão brigar ou algo do tipo?
    Hellen

    ResponderExcluir
  2. Ai, Senhoooor! Lá vem! Mais!

    ResponderExcluir
  3. Awwwnn❤️ Existe família Mais Lindaaa??? ❤️ Existe web Mais Perfeito gente??! Mais é claro que não ❤️❤️
    Amooooo❤️✔️

    ResponderExcluir
  4. Posta mais por favor

    ResponderExcluir
  5. Vai ser algo com o Thur né??? Ai to ansiosa quero +++++++

    ResponderExcluir
  6. Acaba com a Alma da pessoa mesmo:'(:'(:'(:'(

    ResponderExcluir
  7. A não quando a paz reina ja vem algo tenso de brinde ; ( ansiosa de mais

    ResponderExcluir
  8. Ai meus Deus!O que será?Nada de briga por favor.

    ResponderExcluir
  9. Acaba com a Alma da pessoa mesmo:'(:'(:'(:'(

    ResponderExcluir
  10. QUE LINDOS, ELES MERECEM SEREM FELIZES MESMO

    ResponderExcluir