Milagres do Amor - Cap. 48º

|

Milagres do Amor
O que é para ser seu, ninguém tira! | Parte 2

Pov Narrador 


Eu apenas quero estar ao seu lado.3
Você não vai me salvar?
Eu não quero ficar.
Apenas vagando sem rumo neste mar da vida.

Lua estava extremamente emocionada, igualmente todos que acompanhavam a dança do casal, era palpável a química e o amor que emanava de suas almas.

Você não vai…
Ouça, por favor, querida não saia pela porta.
Estou de joelhos, tudo que estou vivendo é por você.
Eu nunca pensei que estaria dizendo estas palavras
Nunca pensei que encontraria uma maneira
Outro dia sozinho é mais do que posso suportar
Você não vai me salvar?
Salvação é o que eu preciso
Eu apenas quero estar ao seu lado
Você não vai me salvar?
Eu não quero ficar
Apenas vagando sem rumo neste mar da Vida
Repentinamente o céu está caindo
Poderia ser tarde demais para mim?
Se eu nunca disse “Me perdoe”
Então estou errado, sim eu estou errado.
Então eu escuto meu espírito chamando
Imaginando se ela está ansiando por mim
E aí eu entendo que não consigo viver sem ela
Você não vai me salvar?
Salvação é o que eu preciso
Eu apenas quero estar ao seu lado
Você não vai me salvar?
Eu não quero ficar
Apenas vagando sem rumo neste mar da vida
Você não vai me salvar?
Você não vai me salvar?
Você não vai me salvar?

– Você acha que eu te salvei de tudo, mas não é verdade Lua. Você foi a única heroína aqui, eu pensei que tinha tudo, realmente tinha. Mas faltava o principal, o amor, e só uma pessoa como você, pura, sensível, amável, carinhosa, perfeita, poderia me proporcionar isso. Se não fosse por você, eu estaria como antes, uma pessoa fria, com um coração de gelo, não se importando com ninguém. Sempre serei grato aos céus e a você, por te amar como eu te amo e por incrivelmente ser correspondido com tanta intensidade. Eu nunca quero te perder, eu não suportaria um adeus, você e esse bebezinho que carrega em seu ventre são tudo pra mim. Sou totalmente imperfeito, enquanto você é doce eu sou grosso e rude, eu sou o fogo e você a água, você é o sol eu a tempestade, somos como estrelas diferentes. Não eu não estou dizendo que sinto muito, eu nunca irei me arrepender de ter deixado a vida que eu julguei ser perfeita, para viver uma nova vida com você e para você. Somos totalmente diferentes, talvez seja isso que nos torna tão unidos e harmoniosos. Vou tentar ser o melhor marido e pai, não sei se irei conseguir, mas darei o meu melhor. Eu te amo, nunca duvide disso… Será pra sempre Lua… Sempre – Arthur disse tudo sem desconectar o olhar com o de Lua, que já estava aos prantos.

– Arthur você não tem que agradecer em nada, a única coisa que eu posso lhe dar é o meu amor. Porque o que você faz e as palavras que você diz, tudo isso me deixa sem ar… Eu sorrio porque você sorri, apenas olhando para seu rosto, o jeito que você me olha, com amor, carinho, paixão, sempre faz meu coração perder batidas necessárias. O seu sabor, quando você me beija é o mais doce que tudo que já provei, seu toque em minha pele, faz cada terminação nervosa do meu corpo se contrair. É maravilhoso saber que quando eu precisar de um simples abraço, você estará ali para me acolher, quando eu chorar você enxugará minhas lágrimas, os corais e o sofrimento se vão, assim que eu fecho os olhos eu voo para longe, onde somente existe eu e você. Já ouvi mil vezes que não vale a pena o esforço, a dor ou todo o trabalho para o amor. Mas eu continuei correndo até essas vozes dentro da minha cabeça, e eu fiz o que elas mandavam, não me rendi. Quando tudo estava caindo em completa escuridão e eu não tinha forças, algo sempre me puxava de volta, para a luz. Eu nunca entendi porque eu permaneci viva todo esse tempo, agora eu vejo e sinto o porquê. Dói te dizer que se eu pudesse escolher entre não ter passado por tudo que passei e jamais te encontrar ou ter sido tudo diferente e nunca poder olhar pra você. Eu escolheria passar tudo novamente, se o final fosse ter você pra mim, eu esperaria pra sempre, valeu a pena a luta, valeu muito a pena. O que sinto por você é totalmente inexplicável, a frase eu te amo já não é suficiente para demonstrar meu amor por você. Só sei que nunca senti por ninguém, não cabe dentro do meu peito, é forte demais para explicar, vai além das palavras, é sincero e a coisa mais pura do mundo. Você me mostrou o que é o amor, e é tão fácil te amar, é como respirar. Você me faz feliz sem esforço algum, apenas por você existir, quando olho nos seus olhos, vejo que vale apenas cada carinho e gesto meu, vale muito apena continuar te amando como eu te amo, cada dia mais e mais, infinitamente assim. Não tenho medo das horas que passam sem parar ou permissão, dos minutos, segundo, do futuro… porque sei que você estará comigo.

Após Lua acabar de falar, Arthur a puxou para um beijo apaixonado, sem explicação, cada emoção e palavra trocada foi intensificada naquele ato simples e singelo. As línguas acariciando uma a outra, provando o sabor incrível que cada um possuía, nada mais era importante, o mundo poderia acabar e eles permaneceriam ali, em sua bolha de amor e carinho impermeável.

(…)

– Mel, não dá pra trocar esse vestido? Está me incomodando. – pergunta Lua.
– Sim, daqui a pouco vocês vão ir pra a Lua de Mel mesmo. – responde rindo.
– Luinha, cuidado com o pequeno Aguiar em... – Chay solta sem querer, levando um pedala Robinho de Ray.
– Como assim pequeno Aguiar? – pergunta Alana bufando.
– Minha neta, logo, logo teremos um bebezinho lindo correndo por ai. – diz Júlia, a avó de Arthur.

Uma senhorinha fofa e simpática de cabelos brancos e olhos azuis.

– Ah, meu neto querido, não acredito! Você vai nos dar essa alegria antes de nossa morte? – pergunta Jonas, seu avô, lhe agarrando pelo braço.

Um homem alto de cabelos loiros e olhos verdes, igualmente a Ricardo.

– Sim, em breve terá uma miniatura da Lua por ai – diz Arthur sorrindo pra ela.
– Oh querida, vem me dar um abraço, obrigada por isso. – diz Júlia abraçando fortemente Lua, que apenas cora.
– Depois vocês a parabenizam, agora vamos trocar o vestido. – diz Mel puxando Lua para um quarto, reservado do local. Elas ficam cerca de dez minutos, a maior parte do tempo discutindo sobre a roupa e principalmente o sapato.
– Eu desisto – diz Mel emburrada após chegar à mesa.
– Cadê a Lua? – pergunta Arthur olhando em volta e não a achando.
– Aquela teimosa está no quarto.
– Aposto que ela não aceitou vestir o que você queria não é anã? – pergunta Chay.
– Argh, calçar é melhor dizer.

Alana aproveitando que todos estavam distraídos com Mel emburrada, sai de fininho e vai até o quarto onde Lua se encontrava. Percebeu que ela estava no banheiro e esperou até ela sair.

– Parabéns. – diz batendo as palmas cinicamente.

Lua leva a mão ao coração pelo susto que levou, mas não se importa com Alana ali parada e vai lavar suas mãos.

– Te parabenizo por ter dado o golpe perfeito.
– Do que você está falando? – pergunta se virando e a encarando.
– Eu sei muito bem que você deu o golpe da barriga em Arthur, é só por isso que vocês se casaram. – cospe em sua direção.
– Você não sabe do que está falando e eu não ficarei aqui para ouvir baboseiras de você.
– É mesmo Luinha? Seu pai tem toda razão, você é uma aproveitadora, está aproveitando do Arthur por ele te amar.
– Como você sabe do meu… Pai? – se vira nervosa.
– Não importa, eu sei de toda a verdade. Você é uma piranha, inventou uma história para Arthur, mas a verdade é que você que dava em cima de seu pai, ele é o santo aqui e não o contrário. – diz furiosa.
– Alana isso é loucura, não se meta com ele.
– Está com medo? – ergue as sobrancelhas ameaçadoramente.
– Não, não tenho nada a esconder. – diz sincera.
– Você é uma falsa, eu espero que você seja infeliz. E essa criaturinha que você espera, espero que venha ao mundo morto. Sem nenhum ar nos pulmões, roxa... – sorri malignamente.

Lua não se controla e lhe dá um tapa no rosto, sua raiva atingiu o limite. O rosto de Alana vira para o lado, tamanha foi a intensidade do tapa. Seu rosto completamente vermelho, marcado com os dedos de Lua em sua face branca.

– Eu permiti você fazer de tudo comigo, mas com toda certeza com o meu filho você não irá fazer. Não há mais esperança pra você Alana, procure alguém que te ame de verdade, esse sentimento que é direcionado ao Arthur não terá futuro. Ele me ama, teremos um filho, eu te peço, imploro. Esqueça ele, não tente fazer nada contra o bebê, ele não tem nada a ver com isso, é inocente. Espero que você seja feliz Alana, eu espero. – diz acariciando a barriga inexistente.
– Você roubou minha felicidade. Como quer que eu seja feliz? – pergunta furiosa, massageando o rosto.
– Eu não roubei nada. Se eu não tivesse cruzado o caminho dele, você acha que conseguiria ficar com ele?
– Claro.
– Como? Vocês não se viam, ele não gosta de você. Vocês são primos. – diz pesarosa.
– Isso não importa. Eu iria conquistá-lo. Afinal você conseguiu isso, por que eu não conseguiria? – pergunta arrogante.

Lua balança a cabeça e os hormônios da gravidez dão sinal de vida, começa a chorar.

– Tente seguir em frente Alana, não há esperança, isso que você sente é doentio não é amor. – diz limpando suas lágrimas e saindo em direção à festa. Alana bufa de ódio, e se olha no espelho, vendo a marca vermelha em seu rosto.
– Isso vai ter volta Blanco, eu acabarei com sua felicidade, e seu querido pentelhinho pagará por você. – diz para sua imagem refletida, seu olhar é puro ódio.

Lua sai desnorteada, tentando esquecer a discussão, mas é impossível. O medo de acontecer algo ao seu filho, que apesar de ter apenas dois meses de vida, já o ama profundamente, toma conta de seu ser. Ela não conseguiria viver, se alguma coisa acontecesse com ele, preferia morrer e lhe dar a vida. Tinha certeza que Arthur seria um belo pai, isso a tranquilizava.

Arthur acompanha os passos de Lua sorrindo, vestindo um vestido tomara-que-caia azul e vermelho, achando o motivo da cara emburrada de Mel, seu tênis azul e branco, seus cabelos longos e castanhos soltos com cachos nas pontas.

Continua...

Com mais de 10 comentários, próximo post.


Beijos...

14 comentários:

  1. Loka retardada fora da casinha oq mais posso fala dessa alana ? Odeioooo ellla

    ResponderExcluir
  2. Esse tapa foi muito bem merecido .
    Posta mas

    ResponderExcluir
  3. Tadinha da Lua não merece isso, essa Alana é o cão chupando manga

    ResponderExcluir
  4. Alana tchau, bye bye, vc já viveu por muito tempo sua coisa sem noção, merece morrer

    ResponderExcluir
  5. Alana tchau, bye bye, vc já viveu por muito tempo sua coisa sem noção, merece morrer

    ResponderExcluir
  6. Milly atualiza a web por favor eu amo e a cada dia q eu entro e a web não tá atualizada eu choro 😭😿😭

    ResponderExcluir
  7. Por favor posta mais
    VC tá demorando muito

    ResponderExcluir