Sentimentos traiçoeiros - cinema

|



Lua


Passados alguns dias...

      Apanhamos o autocarro e andamos no mesmo durante 20 minutos para chegar ao cinema.
     Arthur vinha com uns shorts azuis, uma camisola branca e uns tênis Adidas.
     
- Qual é o filme que vamos ver?
- Maze runner 2
- Está bem. Por momentos pensei que ias escolher um qualquer de romance lamechas.
- Eu gosto desse tipo de filmes, mas este acabou de sair. E eu adoro os personagens.

      Caminhamos mais um pouco. Durante os primeiros cinco minutos, só encontramos casais de mãos dadas ou a tirar fotos ou ainda a roubar beijos um ao outro. Eu senti-me um pouco constrangida.
     Eu e Arthur andávamos lado a lado. Ele de mãos nos bolsos e eu a brincar com os meus próprios dedos, fazendo de conta que estava tudo bem.

- Pago eu. - Disse Arthur ao senhor da receção quando pedimos os bilhetes, pipocas e refrigerantes. Tentei negar a sua oferta mas em vão.

     Faltavam 20 minutos para o filme começar, mas já nos deixaram entrar porque a sala estava livre. Fomos para trás, canto superior direito.
     Tive vontade de fazer aquelas cenas de filmes em que a rapariga deita a cabeça no ombro do rapaz. De seguida, ele põe a mão na perna dela e faz-lhe alguns carinhos. Ela começa a dar-lhe beijos no pescoço e ele sobe a sua mão para a sua intimidade dela, caso estivesse de saia. E bom, o resto é óbvio.
     
- Em que estás a pensar?
- Em nós, no nosso pacto e nas coisas que têm acontecido ultimamente.
- Entendo. - Arthur suspirou. - Eu prometi o pacto e vou cumpri-lo. Mas tenho medo de avançarmos de mais e confundirmos tudo o que sentimos um pelo outro.
- Mas tens algum problema em começar a gostar de mim? - Aquela pergunta saiu-me tão alto da boca que o casal que subia os degraus do cinema olhou para nós.

     Arthur ficou de boca aberta e sem saber o que dizer. Por momentos, eu arrependi-me de lhe ter falado assim.

- Desculpa... eu só acho que se for sem sentimentos... - queria arranjar as palavras certas - Será igual fazer contigo ou com um estranho qualquer. - Suspirei - Fiz a promessa de deixar de ser virgem este verão. É estupido para alguns, mas agora que meti isto na cabeça, não consigo parar de pensar.
- O problema não é gostar de ti... mas tu sabes, vai ser estranho. De melhores amigos e namorados... e se não der certo? Não será igual.
- Mas podemos tentar. - Insisti. Não sei se estou a começar a gostar realmente do Arthur ou se isto não passa apenas de uma confuso. - Se não der certo, paramos. E eu juro que tudo vai voltar a ser como antes. - Coloquei os braços à volta dele para o poder abraçar e ele colocou a cabeça no meu ombro.

     O filme começou. Era totalmente de ação e em todo o filme só houve um beijo. Eu estava vidrada. Adorava os atores e este era o único filme de ação que eu realmente gostava.
      Durou duas horas e meia. E depois de sairmos, falei durante mais 30 minutos com o Arthur sobre o filme, onde ele só anuia com a cabeça positivamente. Ele não tinha nem metade da minha energia.

- Ok, para a próxima tu escolhes o filme.
- Eu posso escolher é o que vamos fazer agora.
- Eu deixo.
- Vamos comer um gelado e ir para a parte de cima do shopping, onde tem aqueles pufes, estás a ver? E vamos rezando para ter vaga.

     Escolhemos os nossos gelados no Mac e fui eu que paguei. Cruzei os dedos e pedi a deus que realmente tivesse um lugar vago onde Arthur propôs que fossemos. É tão raro nos podermos sentar lá.
      Subimos os degraus com os gelados nas mãos. Ao chegar ao salão, onde todo ele é repleto de vidros com uma maravilhosa vista para o centro da cidade, ficamos radiantes ao ver que haviam pelo menos três lugares disponíveis para nós nos sentarmos.
     Sem pensar duas vezes, sentamo-nos no mais reservado, deixando as nossas coisas de lado.

- Posso provar o teu gelado?
- E em troca eu recebo o quê? - Arthur perguntou com a maior inocência.
- O que quiseres.
- Só se te sentares no meu colo. (- Imaginem a maior cara de safado)


Notas finais

Mais um capitulo!! :D

6 comentários:

  1. Hmmm, acabou na melhor parte :( mais?

    ResponderExcluir
  2. Deus, Arthur! Não seja tão safado, menino hashshsjsjss

    ResponderExcluir
  3. Arthur safado kkkkkkkkk logo no colo kkkk mais?

    ResponderExcluir
  4. Ai que lindos se peguem safados kkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Arthur SAFADO kkkk
    Posta Maiiis

    ResponderExcluir