Adivinha quem sou esta Noite (Adaptada)- Capítulo 29 - 2º temporada

|


No dia seguinte, às seis da manhã, quando Arthur se levantou para correr, eu não queria deixá-lo ir para a corrida.
Eu o prendi na cama comigo.
Precisávamos conversar sobre o que tinha acontecido. Ele sabe tão bem quanto eu, sua cabeça estava apoiada no travesseiro descansando, então fala.
— Eu não sei o que acontece contigo. Eu quero, mas não posso e... Tranquila eu sussurro.
— Eu disse que não preciso de mais ninguém. Sua imaginação e a minha já basta, você não acha?
Ele sorriu e acrescentou:
— Mas você gosta. Eu vi isso ontem em seus olhos, em sua boca, em seu corpo, como você arqueava de prazer quando eu abri suas coxas e eu te ofereci a outro homem.
Ao ver meu gesto sorriu e disse:
— Acredite ou não, eu também gostava até que vi algo em meu amigo que me fez bloquear e eu tive que parar. Quando vi o rosto do meu amigo...
— Talvez o problema seja o seu amigo, você não acha?
Arthur pensa e finalmente diz:
— Não foi a primeira vez que nós dois compartilhamos uma mulher.
Eu sinto uma pontada de ciúme no coração, mas digo:
— Talvez fosse esse o problema. Em outros momentos em que compartilhou com ele outras mulheres com as quais não tinha o mesmo sentimento que tem por mim. Lembra que eu sou sua mulher.
— Sim... – ele responde — Eu acho que você está certa. Com as outras não me importei, mas gosto de você e ver como te possuía me fez doente.
Nós sorrimos e ele sussurrou:
— Nós repetiremos com outra pessoa. Não quero privá-la nem privar-me de algo que nós dois gostamos.
 Vou falar, mas ele coloca um dedo sobre os meus lábios e sussurra:
— Querida, eu estou ficando duro só de pensar nisso.
Ele pega minha mão e coloca em seu pênis já ereto.
— Ver sua excitação ontem, quase me fez explodir. Ver suas pernas abertas para outro homem e testemunhar como você ficava excitada e...
 — Você está ficando como uma moto, doutor... –digo zombando.
 Nós sorrimos um para o outro sem dizer nada, ele dando-me o que eu peço.

Os dias passam. Nós não mencionamos o incidente e nem voltamos a repeti-lo, apenas jogamos "Adivinha quem sou esta noite" e passamos um tempo maravilhoso. No nosso jogo erótico onde éramos o que queríamos ser: policiais, médicos, carpinteiros, soldados, recepcionistas...
Valia de tudo, principalmente para o nosso prazer.
Arthur está completamente imerso em seu trabalho e eu sinto falta dele cada dia.
Seus longos plantões no hospital me matam, mas como diria minha mãe, não devo reclamar, pois é o trabalho dele, e ama sua profissão.
Sempre que eu vou para o hospital para buscá-lo seu chefe me cumprimenta amavelmente, mas sei o que pensa realmente. Vê-me como a atriz safada com quem casou e teme que se algum dia eu faça sucesso Arthur passe o mesmo que ele.
 Durante algumas vezes, meu marido viaja muito para participar de vários congressos. Sem que eu diga nada, ele me inclui nas viagens, porque, como ele diz, somos um pacote invisível.
Eu sorrio. Enquanto ele está em uma dessas conferências, reuniões ou palestras eu me dedico a fazer passeios. Eu gosto disso. Tenho um bom tempo e consigo conhecer cidades que jamais pensei que conheceria.
O melhor de tudo é quando nos reencontramos à noite no quarto.
Nos dias em que ele não trabalha, esquecemos o resto do mundo e se concentra totalmente em mim. Para ele, só eu existo.
Mima-me, me beija, me ama.
Saímos para jantar, comer, e me leva para conhecer Los Angeles. Prepara sempre uns finais de semana românticos em hotéis incríveis e, francamente, eu não poderia ser mais feliz. Ele faz tudo que pode para provar o quanto está feliz ao meu lado, e o quanto precisa e necessita estar ao meu lado.
Eu não disse nada sobre a festa de gala que Tifany disse naquele dia que teria. Eu adoraria ir, mas sei o que Arthur pensa desses eventos musicais. Ele não gosta de nada, para não estragar o momento que estamos vivendo, eu me calo. Só quero ser feliz com ele.
Minha carreira musical ficará mantida em segundo plano.
 Mas os dias passam e algumas vezes me pego em lágrimas e eu não sei o que fazer.
Leio, ouço músicas, assisto filmes. Eu falo com os meus amigos no Facebook e no Twitter. Fico em casa e acabo comendo Nesquick às colheradas. Eu saio com Tifany e suas amigas, vamos às compras, e vamos até uma academia, mas nada é suficiente.
Eu preciso fazer alguma coisa produtiva!
Uma manhã, Tony passa em casa para me visitar e decido acompanhá-lo. Ele vai para o estúdio de gravação, onde ele tem uma reunião de duas canções que foram vendidas.
Ao chegar não me surpreendo em ver Omar e alguns executivos da gravadora. Comprimento e sorrio educadamente, olho ao redor. Que lindo estúdio!
Quando eles saem, entro animadamente junto com Tony para não ficar sozinha, Stefano, um dos técnicos de som, explica o funcionamento desses aparelhos.
 É incrível o que eles fazem!
Uma vez que eu voltei do café, vejo Omar com uma morena provocante que oferece um sorrindo insolente. Odeio vê-lo. Penso em Tifany e em tudo o que está fazendo para conseguir seu amor e preservar seu casamento.
Eu fico com raiva e quero arrastar Omar pela cabeça e rasgá-lo. Inacreditável!
Raivosa, eu decido parar de olhar, mas antes de fazer isso, vejo Omar dando uma palmada na parte de trás da morena, ela ri com luxúria.
 Eu me viro e, sentindo muito por Anselmo.
Cinco minutos mais tarde, quando eu estou de volta na cabine de vidro, vejo um cara que passa por fora e alucino ao ver Kiran Mc!
Porra... porra... porra. Meu irmão, Rayco, e eu amamos este cantor e especialmente seu rap chamado, Cosas Del Talento. De maneira inconsciente começo a cantar mentalmente.
“Voar ainda mais esquecendo o que está por trás.
Imersa em uma história para deixar os problemas para trás.
Se eu estou feliz com isso, o que importa para os outros”
Eu amo... Eu amo... Eu amo isso.
Quando contar para o meu irmão que o tive a menos de dois metros, ele vai pirar!Viva, Kiran Mc!
Contente, suspiro e sorrio. De repente, a porta se abre e vejo entrar alguns músicos. Estou sem palavras quando eu reconheço JP Parker.
Pelo amor de Deus, JP Parker a um metro de mim!É alto, moreno, com espetaculares olhos cinza e com pinta de conquistador, ele sabe que ele é. 


5 comentários:

  1. Coitada e Lua é o sonho dela poxa... :/

    ResponderExcluir
  2. Gente lua e uma onda nessa web kkkkk

    ResponderExcluir
  3. Amo essa web coitada é muito ruim ficar sem fazer nada :/ sóquenão kk

    ResponderExcluir