Treinando a Mamãe 2

|
Lua entre a cruz e a espada - Capitulo 23 
- E teus filhos?
- Arthur, é por causa deles que eu não posso ficar sem trabalho. Você não vê que isso é importante para mim?
- Justamente. - Sorriu incrédulo. - Importante para você. Porque tudo que você faz, é pensando em você mesma.
- Entende o meu lado! - Alterou a voz.
- Vai contratar uma babá para educar teus filhos e estar presente em todos os momentos em que você deveria estar? - A voz dele também subiu de tom.
- EU. TENHO. O. MUNDO. NAS. MÃOS. - gritou e quando mais tentava uma defesa, era pior
- Palmas. - Bateu palmas para ela, ironicamente. - A mesma frase duas vezes. Ai que vejo que foi uma burrice ter recomeçado tudo de novo contigo.
Ela estava vermelha de tão nervosa. E seus olhos cintilavam lágrimas de decepção mas ela não sabia se era decepção dela mesma ou de qualquer outra coisa.
- Burrice? - Sua voz soou embriagada.
- É. - Afirmou lhe encarando. Ele estava com a tenta molhada de suor, talvez por estar nervoso. - Burrice.
- Por que eu quero ser independente como sempre fui, você se acha no direito de me machucar e me julgar?- Estava muito sentida, sua voz saia partindo. E em segundos aquela sala ficou minuscula para os dois.
- Você já tem tudo. - Segurava o choro com unhas e dentes. Seus olhos maneavam, demonstrando ali que lágrias queriam cair.
- Então você vai ter o que quiser. - Encarava-a decepcionado. - Desculpas por ter empatado isso mais uma vez.
Eles não perceberam mas Amy teria chegado com Thammy e Théo e pegaram o final daquela discussão feia.
- O que... tá acontecendo aqui? - Perguntou descendo o degrau que dava acesso a segunda parte da sala.
Lua ainda estava de costas, com lágrimas nos olhos olhando para Arthur. Mesmo ouvindo o som da voz de Amy, não virou-se.
- Vai. Agora. Arrumar as tuas coisas. - Disse hesitando, enquanto encarava Lua.
- Hã? Pai! - Questionou, surpresa e incrédula.
- Os dois também. - Deu uma olhadela rápida para thammy e Théo que estavam ainda diante da porta.
Amy abriu um sorriso meio confuso.
- Vamos viajar? - Perguntou inocente.
- Não meu anjo, não vamos viajar. - Respondeu, em alerta, revesando o olhar entre as crianças, Amy e Lua.
Lua virou-se bastante alterada, andou de ré em direção as crianças e encarou Arthur em meio ao choro.
- Meus filhos não!
- O que está acontecendo aqui gente? - Amy estava em choque na verdade.
- Vamos embora. - Arthur disse, olhando para ela. Seu olhar era bastante sentido e decepcionado.
Arthur não tinha o direito de levá-los. Quer sair? Pode sair... Mas será que ele poderia mesmo levar as crianças? Amy poderia dar sua opinião, é maior de idade e sabe o que faz, mas os gêmeos? Acho que não seria muito fácil assim.
- Amy, faz o que eu falei. - Foi rude. Lua ficava na frente dos três como leoa. Thammy e Théo estavam bem atrás dela.
- Paaai! - Amy Lee queria ua explicação, o choque foi grande demais e Lua já estava chorando novamente.
- Você não pode fazer isso. - Lua puxou o braço dele, o encarando.
Arthur puxou o braço desvencilhando-se dela.
- Já que você não terá tempo, como eu posso deixá-los aqui? Babá? Nunca.
- Eu dou um jeit... - Ele lhe interrompeu.
- Jeito nenhum! - Disse rude. Apontando o dedo para ela. - Quando você aprender a ser uma mãe de verdade, ai sim você vai poder dar algum jeito.

                                                                                                          Continua...............

14 comentários:

  1. Arthur tá certo, boa Arthur

    ResponderExcluir
  2. Certo?! A lua nao eh escrava do arthur na moral os tempos mudaram nao eh pq ela vai trabalhar que ela vai deixar os filhos..

    ResponderExcluir
  3. O Arthur é muito ignorantr, isso não pode ficar assim! Mais?

    ResponderExcluir
  4. Tem que acontecer alguma coisa com a lua para o Arthur se sentir culpado e pedir desculLas para ela, mas óbvio que ela tem que se fazer de difícil!

    ResponderExcluir
  5. Oh arthur ta errado? Meu a lua nem quer trabalhar msm ela só ta fazendo isso pq ta vendo que td que o arthur ta falando é verdade e pq esse tal de jack fica enchendo a cabeça dela de besteira. E vcs perceberam como o Fernando gosto da dela?aposto que a lua com essas atitudes infantis vai acabar fazendo uma besteira...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você em número, gênero e gral... tbm acho isso tudo que se falor...
      By' alice

      Excluir
  6. Eita que tensão :( negocio aperriou.

    ResponderExcluir
  7. Ain Posta mais anciosa

    ResponderExcluir
  8. Antes qndo os gêmeos nasceram quem cuidava deles era a babá e a Lua então ele n pode tirar eles dela

    ResponderExcluir
  9. Na minha opinião os dois estão errados, tanto Arthur por querer impedir lua de trabalhar como lua fazer tudo que está fazendo so para atingir Arthur, eu acho que ambos devem tomar consciência disso, e não deixa arthur levar eles embora até porque no começo era lua e a babá e Lua sempre foi presente na vida dos bebês..

    ResponderExcluir