Peça-me o que quiser (Adaptada)- Capítulo 100

|

No dia seguinte, no lindo chalé de Arthur e após uma noite de paixão e loucuras, nos deitamos nus para pegar sol enquanto planejamos um passeio a Zahara de los Atunes.

Não tocamos mais no nome de Fernando. Nenhum de nós quer falar sobre ele. Arthur beija minha tatuagem. Ele adorou. Cada vez que transamos, ele me olha todo safado e diz: “Peça-me o que quiser.” Isso me deixa louca. Completamente louca.

Arthur me chamou para ir à casa de uns amigos seus em Zahara, e gostei da ideia.

Podemos curtir uns dias com eles e depois voltar pro chalé, que, aliás, eu adorei. É uma graça.

À noite, Arthur me leva de volta pra casa do meu pai, que encontro sentado num balanço do pátio dos fundos.

— Esse homem serve pra você, moreninha.

— Ah... é? Por quê? — pergunto, achando graça, enquanto me sento ao lado dele.

— É um homem com H maiúsculo. Tem quantos anos?

— Trinta e um.

— Boa idade prum homem.

Isso me faz sorrir e ele continua:

— Te olha da mesma forma que eu olhava pra sua mãe e isso me deixa satisfeito. E ouve bem o que estou te dizendo. Até pouco tempo atrás eu pensava que Fernando era o homem ideal pra você. Mas, depois de conhecer o Arthur, mudei de ideia. Vocês dois são feitos um pro outro. Dá pra ver que é um homem digno e de princípios e que cuidará de você. Não é um depravado como aquele sujeitinho que conheci em Madri, cheio de agulhas e brincos.

De novo me faz rir. Ele está certo. Arthur é um homem de princípios, mas tenho certeza de que, se meu pai conhecesse seu comportamento sexual, cairia para trás. Mas isso é minha intimidade.

— Pai... Gosto do Arthur, mas não sei quanto tempo nossa relação vai durar.

Surpreso, ele olha para mim.

— O que está acontecendo, moreninha?

Minhas palavras fervem dentro de mim. Gostaria de contar ao meu pai que Arthur é meu chefe, mas não posso. Tenho medo da reação dele. Gostaria de botar pra fora um monte de dúvidas e todos os medos, mas me contenho.

— Não está acontecendo nada, pai — respondo finalmente. — É só que é difícil manter um relacionamento a distância. Você sabe que ele mora na Alemanha e eu aqui. E, quando ele terminar o que veio fazer em Madri, nós dois teremos de voltar aos nossos trabalhos e, bem... você já entendeu.

Ele faz que sim com a cabeça e, com sua habitual prudência, acrescenta:

— Ouça, minha querida. Você já não é uma criança. É uma mulher e é assim que devo te tratar. Por isso, a única coisa que posso te dizer é que aproveite o momento e seja feliz. De nada adianta ficar pensando no que vai acontecer, porque o que tiver que acontecer... vai acontecer. Se você e Arthur estão destinados a ficarem juntos, não haverá distância que os separe. Mas seja cautelosa e um pouco egoísta, e pense em você. Não quero te ver sofrer à toa, quando você mesma já está me dizendo que a situação de vocês é complicada.

As palavras do meu pai, como sempre, me confortam. Não sei se é pela idade, pela experiência de ter perdido minha mãe há alguns anos, mas, se tem uma coisa que ele sempre deixou claro e sempre transmitiu pra mim e pra minha irmã, é que a vida é pra ser vivida.

No dia seguinte, Arthur, de moto, vem me pegar bem cedo. Nossa pequena aventura começa. Meu pai se despede de nós com animação e nos deseja uma boa viagem.

Visitamos Barbate e Conil. Almoçamos lá e damos um mergulho na praia. À tarde, quando chegamos a Zahara de los Atunes, seu telefone toca e ele sorri.

— Andrés está nos esperando.

Subimos na moto e ele dirige até a casa de Andrés. Pela confiança com que se movimenta pelas estradas secundárias do lugar, fico imaginando que já esteve ali outras vezes. Mas não quero nem saber de sentir ciúme de novo. Nada vai me impedir de aproveitar esse tempo com Arthur.

Pegamos uma estradinha e paramos diante de um muro de pedras. Arthur toca a campainha e, segundos depois, uma enorme porta se abre e eu fico boquiaberta. Na minha frente se estende um maravilhoso jardim com centenas de flores coloridas que cercam uma linda casa minimalista.
 
 
 
 
Capítulo 100 \o/ \o/ \o/ *.*
Dedicado a todas vocês minhas leitoras lindas <3
 
 
 

9 comentários:

  1. ebaaaa, posta masssssssssssssssssssss ta mt bom <3

    ResponderExcluir
  2. Coisa lindaaa !!
    Posta ++++++++
    Ameeii *-*
    Mais que ótima escritora que você é, parabéns ❤️

    ResponderExcluir
  3. Ooba amoo essa web ♥

    ResponderExcluir
  4. Capítulo 100 Ubuntu... Ansiosa pelo próximo!! Parabéns web simplesmente espetacular...

    ResponderExcluir
  5. Quantos capítulos ainda restam ?

    ResponderExcluir
  6. Capítulo 100 uhuul o/ ,Arthur já conquistou o sogro,Eles tem que namorar logo.Que web perfeita mds♡♥

    ResponderExcluir
  7. Aeeeee \Õ/ arrasou Jess
    ahhh Arthur já tem o sogro agora falta só parar de ser mt babaca kkk
    ja quero eles juntinhos ♡♥♡♥♡
    Perfeito cap Jess *---* ♥

    ResponderExcluir