Treinando a Mamãe - Capitulo 25

|


- E? - Como ''E?'' o que ele tem na cabeça? o que estava se passando pela cabeça dele na verdade? O Arthur não era nada idiota, mas tava tentando se passar por um.
- Eu estou no meu período fértil. - Gelei toda por dentro. - Arthur!
- Pensasse nisso antes. - Se enrolou em um roupão do hotel que estava dentro do guarda-roupas. Ele não estava nem ai para o que eu estava falando.
Idiota, eu estou no meu período fértil, posso ficar grávida caralho!- Queria gritar, mas a voz não saiu.
- Arthur.... - Minha voz soou incrédula.
- Lua, digamos que foi de proposito. - Me olhou ao sentar na ponta da cama.
COMO? de proposito? não, eu não estava compreendendo. O que ele queria falar com aquilo? Meu sangue sumiu todo. Foi um choque de realidade. Depois de um prazer absurdo, eu estava tensa e apavorada.
- Como assim, de proposito? - Fiquei com medo da resposta.
- Quero que você seja mãe de novo. E vai ser. - Sorriu sagaz. - Sozinha, com a ajuda de você mesma, assim como eu fui pai sozinho.
- Você está brincando. - Estava pasmada, meu queixo caiu naquele momento. Não poderia ser sério aquela loucura. O Arthur não era doente, ele era normal. Muito normal.
- Bem, eu não tenho problema nenhum para engravidar uma mulher. E tenho certeza de que você é muito fértil. Se você não tentar contra essa criança, ela nascerá daqui a nove meses. - Toscou meu queixo com o polegar e o indicador. - Está na hora de crescer Lua!
Eu errei, admito e me arrependo dos meus erros, das minhas falhas, da minha falta de maternidade. O meu coração sangra, toda vez que eu eu lembro a infância que perdi da minha Amy, da minha peste. Apesar de não saber o que é ser mãe, de não saber distinguir esse sentimento ainda dentro de mim. Mas 2 semanas foram o suficiente para me fazer mudar, me fazer enxergar o mal que eu fiz para ela, e para mim mesma. O que ele fez foi absolutamente cruel, eu não podia ficar grávida. Ele fez tudo de caso pensado. Talvez a tal viagem para a África e a vinda da Amy para o Brasil foi tudo de caso pensado. Toda a aproximação, os malditos e-mail, a visita, os beijos, a sedução, as palavras, os toques e por fim o sexo intenso. Ele gozou dentro de mim de proposito justamente por que ele sabia que eu não iria fazer nada contra uma criança. Ainda mais, depois de tudo que estava passando pela minha cabeça.
- Você esta maluco? - Meus olhos enxeram de lágrima. - Fez... Você fez tudo de caso pensado.
- Eu não vou mentir para você.
- Arthur, você... Você... Porra Arthur! Eu não posso ficar grávida cara, não posso.  - Agora estava de joelhos na cama, em desespero.
- Você pode, e ai ficar. - Ele me encarou, levantou-se e esboçou um sorriso tranquilizador... Mas, tranquilizador pra quem?
Eu fiquei em alerta, estava de joelhos na cama sem me importa com a minha nudez. Estava tão atordoada que isso era o de menos.
- O que você ganhar com isso, Arthur? Eu tenho responsabilidades.
- Lua, você me agradecerá por isso. Eu passei 9 anos da minha vida, pensando em como iria voltar e te fazer crescer.
- Você não sabe o que está falando. - Coloquei as mãos no rosto. Senti meus olhos serem dominados por lágrimas. Droga¹¹¹¹¹¹ estava chorando, e na frente dele.
- Ei... - Tirou as minhas mãos do rosto. Eu evitei lhe olhar. - Não quero o seu mal.
- É? - Lhe olhei com desdém. - Você acha que vai acontecer o que, se eu simplesmente ficar gravida?
- Uma criança, nascerá daqui a 9 meses.
Ele sorriu de uma forma intensiva. Estava tranquilo com aquela situação. Parecia um filme, uma novela, um livro. Eu não estava acreditando no que eu estava escutando a exatamente 1:40 da manhã.
- Droga. - Virei o rosto.
- Você foi muito tola Lua, foi muito tolinha. - Meu inconsciente jogou na minha cara.
- E outra, vou embora e não me envolverei mais contigo e nem com a criança. Vou embora e você se verá livre de mim.
- Você é doente. - Enxuguei as lágrimas, bruscamente.
- Você me deixou assim.
- Você está se vingando?
- De você? - Franziu a testa. - Nunca. Eu amo você Lua.
- Me ama? Arthur, você é doente.
Eu não entendi mais nada. Estava tudo confuso, maluco, apavorante.

                                                                                                      Continua.......................

13 comentários:

  1. Genteee ��
    Amoooo quero ++++

    ResponderExcluir
  2. Arthur ficou doido kkk mas ele fez o certo

    ResponderExcluir
  3. Coitada da lua, posta maiss

    ResponderExcluir
  4. Vish a lua foi tolinha em acredita no Arthur

    ResponderExcluir
  5. Posta mais pelo amor do santo!!! Izadora B.

    ResponderExcluir
  6. Coitada da Lua, o Arthur foi idiota, ela se arrependeu, não tem necessidade dele fazer isso
    By: Isabella

    ResponderExcluir
  7. a lua podia fica gravida de gêmeos, nomes
    podia se diego , diego

    ResponderExcluir
  8. lua podia fica em coma quando a criança nascente

    ResponderExcluir
  9. Gente que web perfeita, se eu fosse a lua tentava pega a quarda da amy ela e também ela não deixa ele ver o baby que ela pode ta esperando nunca espero que ela va para Barcelona

    ResponderExcluir
  10. Eita :S e agora. Arthur não devia agir assim :/
    Lua deve lutar por Amy ela não tem nada a ver com as idiotices do Arthur.

    ResponderExcluir
  11. Amo está sua web :)

    ResponderExcluir
  12. Ele volta? Nossa esse capitulo foi barra!

    ResponderExcluir