"É estranho. Mas é do nosso jeito" - 36º capítulo

|




P.O.V.'s Lua Blanco

   No campo de futebol, até fazia um solzinho, então resolvi levar os meus óculos de sol e até o meu livro Corações em Silêncio, de Nicholas Sparks. Eu não entendia muito de futebol. Eu não torcia por nenhum time fixo. Eu só apoiava imenso quando são jogos mundiais em que diversas seleções lutam por uma taça. Esses sim eu dou valor!
   Arthur estava lá, no time com camisa. Caio estava na equipa adversária, sem camisa, e com um bando de garotas o aplaudindo, apesar do jogo ainda nem ter começado. Frederica estava do outro lado das bancadas, quase dentro do campo, para aplaudir o seu novo “ficante”. Espero mesmo que ela estava afim de Caio e que largue de uma vez por todas o Arthur. 
   O jogo começou. O time do Arthur é que começou. Começaram logo a levar a bola para a baliza adversária, se não fosse Matheus a detê-los e a bola para o outro lado do campo, para junto de Caio. Em cinco minutos, eles marcaram o primeiro gol. Eu via a raiva no rosto do Arthur, ele odiava perder.
   Quando o jogo estava ficando meio chato, eu comecei a ler o meu livro. Mas foi só eu começar a ler, para a coisa esquentar. Ouvi uns gritos, uma mera confusão, e Arthur estava no chão. Logo Caio foi levantar ele. Ouvi Arthur o xingando, mas Caio pedia, a toda a hora, desculpa.

   Depois do jogo ter terminado, eu fui para a sala de convivo com a galera, nomeadamente Jhulie, Anita e as outras garotas. Conversávamos sobre novelas, livros e até matérias da escola. Eu sentia a falta de Bela. Sei lá, ela é aquela vadia que sabe tudo de mim e me entende. Eu queria falar com ela sobre o que aconteceu no quarto, com Arthur. Então decidi me afastar de todos, indo até ao lado de fora do colégio, para ligar a ela.

- Atende logo, sua idiota! – adoro a xingar. Esperei, esperei, até ela atender – Finalmente! Pow, você estava onde?
- Na piscina, meu bem
- Piscina?
- É. Piscina interior. Você não vai acreditar, os meus pais…
- Cara, não quero saber! – a interrompi – Eu estava com o Arthur no quarto, no quarto dos garotos, na cama, mas pra falar a verdade estávamos na cama do Daniel quando…
- VAI DIRETA AO ASSUNTO PELO AMOR DE DEUS! – ela gritou comigo
- Eu e o Arthur quase… quase, você sabe né?!
- Quase transaram?
- É… quase isso.
- Mas…?
- Mas… sei lá, eu acho que ainda não estou pronta. Ou melhor, eu pensava que estava pronta, mas eu estava insegura e Arthur disse que era melhor não.
- Minha amiga, segure esse garoto bem, ouviu? Se fosse outro, não pensava duas vezes e tirava de uma vez a sua virgindade.
- É… eu pensei o mesmo. O Arthur é pra casar!
- Exato! – Bela deu risada – Eu volto amanhã bem cedo, tá? O Daniel também. não vi ele hoje e estou morrendo de saudades.
- Tudo bem. Espero vocês. – mais dois dedos de conversa e desligamos a chamada.

   Entrei no colégio. Não estava a fim de falar de novelas novamente, até porque no momento eu não estava a assistir nenhuma. Eu queria estar com Arthur, mas não sabia exatamente onde ele estava.
   Tenho mudado muito. Desde quando eu sou tão apegada nas pessoas? Depois da relação que tive com Caio, meti na cabeça que se apegar às pessoas erradas fazia mal e realmente faz. Nós sofremos quando elas vão embora. Mas agora eu estou apegada ao Arthur e, bom, acho que ele não vai embora. Pelo menos eu espero que não. Acho que a nossa relação vai durar muito, apesar das nossas brigas idiotas. 
   Ao passar pela biblioteca, cuja porta é de vidro, vi Arthur falando com Frederica. Ela tinha um livro, na mão, que a professora de história mandou a gente ler. Arthur e ela riam muito, apesar de na biblioteca não se poder fazer isso, não é mesmo Aguiar?
   Caio chegou por trás de mim. Estava muito cheiroso e com o seu sorriso do costume. Tinha também o violão na mão e algumas folhas na outra.

- Oi. Viu a Frederica?
- Sim. Está ali. – apontei para os dois
- Ah, estava procurando ela pra ir até ao jardim.
- Conquista nova? – perguntei, não o olhando diretamente
- É… ela é legal.
- Só… toma cuidado.
- Cuidado? Com o quê?
- A Frederica nunca foi do bem.
- Porque diz isso?
- Ela já andou com o Arthur… Com o Arthur, com o Daniel em tempos passados e mais meio colégio. Entende?
- Ah… sim, mas a Frederica é só… sei lá, não é especial, entende? Especial mesmo foi você e nenhuma será como você foi. – ele me deixou sem palavras – Mas relaxa, a gente está bem assim.
- É… você é que sabe. – sorri.

   Entramos na biblioteca.

- O que você faz com ele?
- E o que você faz com ela? – eu e Arthur nos encaramos. Ele ouviu o barulho da porta se abrir e virou a atenção para mim e para Caio que entramos ao mesmo tempo – Pensei que fosse tomar banho e que depois fosse para a sala de convívio ou até estudar.
- E fui. Mas vim até aqui buscar o livro para história. Esqueceu?
- Não. não esqueci. – cruzei os braços – Porém, acho que você se perdeu.
- Gente, calma. Eu só estava dizendo ao Arthur que o livro era o último. Mas quando eu terminar de ler, eu posso vos emprestar. – respondeu Frederica, parecendo uma criancinha de 5 anos bem inocente.
- Vamos Frederica? – perguntou Caio
- Sim, até depois. – Caio e Frederica saíram.
- Pequena… - ele pegou a minha mão, me puxando para perto e colocando os seus braços à minha volta – Porquê tão ciumenta?
- Porquê tão idiota? Eu odeio ela.
- E eu odeio ele.
- Só porque ele te ganhou?
- Só porque ele existe.
- Dorme comigo hoje?
- O quê? – Arthur riu – Escutei direito?
- É… dorme comigo hoje. A Bela não vai estar no quarto… então eu pensei que… podíamos passar a noite juntos.
- Eu quero. – ele me beijou
- Mas…
- Mas?
- Sem segundas intenções, ok?
- Nem uns beijos?
- Beijo pode.
- Mordida?
- Pode também.
- Sem roupa?
- Olha! – o repreendi, dando o tapa em seu braço

Mil desculpas pelo desaparecimento.
Eles devem, ou não, dormir juntos? SÓ DORMIR NÉ



14 comentários:

  1. Só dormiir criis? Que maldadee! Kkkkkkkkk amando posta mais um hj? Poor favoooorzinhooo!
    By Rafa

    ResponderExcluir
  2. Posta ++++++
    Ameeii *-*
    SÓ dormir juntos parece muito bom .!.!

    ResponderExcluir
  3. Amandoooo de maisss!!! Posta maisss

    ResponderExcluir
  4. Postaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa ++++++++++++++++++++++++++++++++ hoje. Por favoor Cris ♥

    ResponderExcluir
  5. Amando a Web esta PERFECT posta ++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  6. web super perfeita

    Ana

    ResponderExcluir
  7. Amei,to adorando essa web !!! Posta mais!!!

    ResponderExcluir
  8. adorei a parte final do capitulo kkkkkkkkkkkkkkk
    eles podiam falar abertamente sobre o que sentem um pelo outro e sobre a primeira vez deles, se rolar tem que ser natural, não pode ser forçado ou imposto. eles tem que estar seguros com o namoro e amor deles, sei lá, minha opinião

    ResponderExcluir
  9. eles podiam dormir de conchinha agarradinhos

    ResponderExcluir
  10. unhum, eles só dormem e eu sou a mamãe noel!!

    ResponderExcluir
  11. Podem concerteza dormir só n

    ResponderExcluir
  12. Faz um capitulo engraçado, aproveita o "acontecimento". Amando a fic.

    ResponderExcluir