2° Temporada - Destinos Traçados - 3° Capitulo

|




Lua: amiga porque essa carinha?
Mel: aa Lua eu to triste só isso
Lua: e qual motivo?
Mel: você sabe bem
Lua: não sei nada
Mel: então depois te digo não to afim de contar agora -disse olhando pro teto-
Lua: eita não precisa ser grossa -foi saindo do quarto chateada-
Mel: foi mal, Lua?
Lua: oi
Mel: vem cá -Lua se aproximou da cama-
Mel: desculpa ter falado assim com voce é que eu estou extressada, chateada e descontei na pessoa que só quer meu bem, desculpa amiga
Lua: entendo mais não seja assim Mel
Mel: ta bom eu vou parar com isso
Lua: acho bom, é por aquele assunto que voce ta com essa carinha de novo?
Mel: eu e o Chay brigamos novamente
Lua: oo amiga porque você é assim? deveria acreditar nele, faz um tempinho já que vocês estam juntos
Mel: eu sei amiga mais eu não consigo
Lua: ele já te deu tantas provas e demostrações do amor que sente por você
Mel: não fala isso amiga fico com a consciência mais pesada
Lua: também..
Mel: eu sei que deveria confiar nele mais sei lá eu simplismente não to conseguindo, eu sinto que ele está mentindo pra mim
Lua: você sabe que não, ele está falando a verdade
Mel: mais eu vi as fotos dele no apartamento dele deitado com aquela vagabunda
Lua: mais isso pode ser mentira amiga, por favor se acerta com ele e para de uma vez com essa tolice porque se não você vai acabar com esse sentimento tão lindo que existe entre vocês
Mel: eu queria acreditar -disse com lágrimas nós olhos- mais não tenho culpa é mais forte do que eu e aquela que se faz de amiguinha dele a Paola eu não confio nela, nunca confiei , nem nunca acreditei que entre eles só existia amizade e olha ai eu estava certa -Paula era uma colega do trabalho de Chay que se tornou bem amiga dele, Mel não gostava dessa amizade mais ele dizia que eram só ciumes dela. será?-
Lua: mas você sabe como esse menina é atirada. Ele poderia até esta sendo amigo dela de verdade e ela ter se aproveitado dessa amizade pra tentar armar pra separar vocês
Mel: será?
Lua: eu acho que sim amiga
Mel: mas não é possível, ela com certeza não ia conseguir fazer tudo sozinha
Lua: mas ela pode ter tido a ajuda de alguém
Mel: será?
Lua: pensa bem, você pode estar sendo injusta com o Chay -ela saiu do quarto e deixou Mel lá refletindo

Arthur: de novo aquele assunto?
Lua: sim, ela ta mal por não acreditar nele
Arthur: oush e porque não acredita? ele já demostrou tanto que ama ela incondicionalmente
Lua: mais ela ta se sentido insegura
Arthur: isso não é desculpa ela tinha que ter confiança no homem que ama já que isso é a base de um relacionamento isso é se ela o ama neh?
Lua: claro que ela ama ele, eu não sei o que ta acontecendo com a Mel, ela ta diferente
Arthur: ainda bem que falta de confiança não existe entre nós
Lua: é mesmo -se aproximou de dele, roçou seus lábios ao do amado e lhe deu um beijo.. suas línguas se entrelaçavam em perfeita sincronia-

[...]

Arthur: bom dia preguiçosa levanta
Lua: ai eu não quero -disse ainda de olhos fechados
Arthur: tudo bem então você pode ficar na vida boa ai aproveita enquanto eu tenho que ir
Lua: já? -fez um biquinho abrindo os olhos lentamente
Arthur: infelizmente sim, tchau amor -foi dar um selinho nela mais ela o puxou e ele caiu deitado em cima dela- não faz assim, desse jeito eu não vou querer mais sair daqui
Lua: mais é essa a intenção
Arthur: mais eu não posso amor, prometo que vou tirar folga pra passar o dia todo com você -disse ainda deitado se virando ao lado dela
Lua: bom mesmo ta um tédio fica aqui sozinha fazendo nada
Arthur: mas você sabe que é o melhor pra você
Lua: mesmo assim eu não gosto
Arthur: na vida nem sempre fazemos o que gostamos, pense nessa coisinha linda aqui que daqui a pouco chega ao mundo -disse se levantando e acariciando a barriga dela- tchau filha o papai te ama muito -deu um beijo longo na barriga de Lua
Lua: e a mim?
Arthur: também amo seu boba -se aproximou a ela e lhe deu mais um beijos- mais tarde venho te ver ta?
Lua: já que é o único jeito vou ter que esperar -disse fazendo biquinho
Arthur: gostosa -mordeu o bico que Lua fazia- agora sério vou indo se cuida e cuida bem da minha filha
Lua: sempre -deram outro selinho e Arthur se levantou já pronto pra trabalhar e foi embora

Se passaram alguns dias e Arthur havia ficado um pouco distante de Lua já que estava trabalhando muito e ela com razão estava muito chateada com o mesmo, ela sentia que ele estava diferente, não dormia mais na casa dela como antes só ia lá e ficava um tempinho e depois ia trabalhar e no outro dia a mesma coisa e ela digamos que estava um pouco ocupada também pois estava estudando uns assuntos da faculdade para depois que a bebe nascer fazer uma prova.. ele fora sempre carinhoso no começo da gravidez dela e no final começa a ficar assim? estranho isso pensou Lua

Era um dia de Sábado a noite Lua estava arrumada pra sair com Arthur pois eles haviam marcado de jantar fora, quer dizer Lua havia marcado já que estava sentindo falta do mesmo. Ela estava sentada no sofá só esperando Arthur chegar mais ele estava demorando muito, já iam fazer 1 hora que ela estava ali então resolveu ligar pra ele

LigaçãoOn
- amor?
- oi vida, você ta me esperando ne?
- estou sim, você ta demorando muito
- amor eu tive uma complicação aqui no trabalho, houve um erro numa obra que estavam fazendo e agora eu to aqui tentando resolver
- poxa Arthur faz tempo que nós não saímos juntos, você ta trabalhando direto e eu estudando
- é para o melhor de vocês Lua, eu tenho que trabalhar pra ter uma boa situação financeira
- sim mais não precisa trabalhar direto, tem que sair se distrair
- eu sei mor mais hoje não dá
- nunca dá
- não é assim
- ta ta Arthur eu já sei, bom trabalho pra você tchau
LigaçãoOf

Ela desligou na cara dele, realmente Arthur estava focando muito no trabalho e esquecendo que precisava sair, namorar. A vida dele esse tempo só tinha sido do trabalho pra casa de casa pro trabalho, falava sempre com Lua pelo celular ou no whatsapp mais isso não era o suficiente Lua estava sentido falta do seu namorado, do carinho dele, da companhia dele... de repente ela começou a sentir uma dor, respirou fundo centena de vezes mais essa dor passava e voltava mais forte e agora? não tem ninguém em casa como ela irá fazer? logo sentiu suas pernas molhares e um liquido escorrer pensou que tava fazendo xixi mais quando olhou bem viu que era sua bolsa que rompeu. Ela tentou pegar o celular mais as pontadas que estava tendo era muito forte e a impedia de se levantar (o celular estava na mesinha da TV que ela colocou e ela estava no sofá era um pouco longe). Ficou um tempinho respirando e inspirado calmamente e em alguns minutos a dor aliviou um poco então ela conseguiu se levantar e pegou o celular estava tão desesperada que ligou para a última chamada que tinha sido de Arthur

LigaçãoOn
- oi amor
- Arthur vem logo pra cá
- o que aconteceu?
- vem logo por favor eu não to aguentando de dor
- Lua o que aconteceu?
- para de falar e vem logo
- calma to indo
LigaçãoOf

Arthur já ficou nervoso e na mesma hora foi, falou ao pai de Chay seu chefe que Lua estava passado mal e na hora ele liberou Arthur. Ele pegou seu carro e dirigiu o mais rápido que podia em direção ao apartamento das meninas, não ligou muito pro transito não queria saber disso só queria chegar rápido lá, não sabia o que tinha acontecido com Lua, será que ela.. não não Arthur não pensa no pior disse ele consigo mesmo. Rapidamente chegou lá e subiu as pressas sem ao menos dar 'boa noite' ao porteiro. Chegando lá tocou a companhia uma, duas três vezes mais ninguém lhe atendia então resolveu gritar sabia que não deveria poque ali não pode fazer barulho mais agora não queria saber disso, só queria saber de Lua que estava lá dentro sozinha então ele gritou várias vezes pelo nome de Lua e não houve resposta logo ele desceu e falou com o porteiro a situação prontamente o porteiro foi buscar a chave reserva do apartamento logo ele abriu e viu sua amada deitada no sofá numa situação digamos critica. Ela estava acorda, até falava mais não se conseguia emitir sua voz pois estava muito baixinha

Arthur: meu amor o que foi?
Lua: Arthur me leva ao hospital sua filha vai nascer -disse sussurrando e Arthur ficou branco na hora e agora o que ia fazer? sua filha estava a ponto de nascer correu de um lado a outro e depois de alguns minutos pegou Lua no colo e levou para o carro avisou ao porteiro e foi em direção a maternidade.

7 comentários:

  1. É ainda bem que ele é quem vai estar com ela no nascimento da filhinha deles *--*
    Posta maiss *O*

    ResponderExcluir
  2. Ai que fofo
    Posta maiss

    ResponderExcluir
  3. +++++++++++++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  4. chegou a tempo de ver a filhinha nascendo

    ResponderExcluir
  5. o Arthur tem que dar mais atenção e carinho pra Lua e agora para a neném deles

    ResponderExcluir