Plano B - Capítulo 5

|
Capítulo 5

Lua Pov.

Fui para casa andando mesmo, não era muito longe dali então em uns 10 minutos eu cheguei. Tomei um banho de banheira bem relaxante e quando sai já eram 20:30h, ou seja estava adiantada, já que era só as 21:30h!
Alisei meu cabelo, e coloquei um vestido longo com uma estampa floral. Passei uma maquiagem básica e calcei um scarpin alto preto, porque eu sou muito baixinha e quero disfarçar isso.

Uma hora havia se passado desde que sai de casa, a reunião estava interessante, o cara que eu esqueci o nome estava falando sobre os cachorros e como eles reagem quando querem alguma coisa. Agora por exemplo, em quanto ele falava sobre oque os cachorros faziam quando queriam se reproduzir. Até que senti que alguém parou do meu lado e olhei, perai!

Lua: O que você está fazendo aqui? - sussurrei
Arthur: Ué, você não me atende então vim atras de você. A propósito, você tem uma amiga muito legal. - Mel, pensei.
Lua: Olha, eu estou ocupada agora, e você não tinha um compromisso?
Arthur: Pode falar, você tem namorado? Por que você não se interessa em mim? Eu sou legal!
Lua: Não, eu não tenho namorado. Eu só.. Não estou interessada em homens agora!
Arthur: Você é lésbica?
Lua: Eu não sou lésbica!! - gritei, ops agora tá todo mundo olhando para gente. Pedi desculpa e puxei ele para fora da loja. - Olha, eu to passando por mudanças, e não estou querendo me envolver com ninguém!
Arthur: Mudanças? É o que? Menopausa?
Lua: Menopausa? Jura? Quantos anos acha que eu tenho?
Arthur: Se não é isso, então deixa eu ser pelo menos seu amigo. Porque pensando bem, nós dois juntos nunca daria certo, você é muito mandona!
Lua: Eu já tenho muitos amigos..
Arthur: Mentira. E mesmo assim, amigos nunca é demais. O que vai fazer hoje?
Lua: Comer comida pronta e dormir.
Arthur: Viu? Tá na cara que não tem muitos amigos. Olha, eu também vou comprar comida pronta. Vamos fazer assim. Eu vou com você ao lugar que preferir, e depois eu te acompanho até em casa para a gente se conhecer melhor.. O que acha?

Até que não é tão ruim assim..

Arthur: Isso não é justo! Você escolheu aqui porque o lanche fica pronto em 5 segundos. - estávamos no Grays papaia, o fast food que eu mais amo na cidade.
Lua ri: Nem foi! A comida daqui é muito boa!
Arthur: Aposto que nem gosta de comer aqui! Eu não acredito que você vai comer!
Lua: Quer ver? - dei uma mordida no sanduíche. - Viu? É uma delicia! Não sei como você mora em Nova York a tanto tempo e nunca veio aqui!
Arthur: Pra falar a verdade, não morei a vida toda aqui. Mudamos para a cidade quando meus pais partiram para outra! - olhei para ele, os pais dele morreram? - Ohh, não eles não morreram! - acho que pensei alto. - Eles compraram uma fazenda. Eles foram para Phoenix, e agora eu cuido de lá. E a sua família?
Lua: Meus pais morreram quando eu era jovem. Agora sou só eu e a minha vó. - Eu não me sentia mal falando disso, mas parece que eu o deixei sem graça.
Arthur: Ah, me desculpa, me desculpa eu ..
Lua: Tudo bem, isso foi a muito tempo. Eu tenho que ir agora..
Arthur: Então, eu não posso deixar você ir para casa sozinha, porque o bairro é muito perigoso! - ri

POV. Arthur:

Era tão estranho, ela é linda, engraçada.. Eu a conheço a tão pouco tempo, e já tenho um carinho tão grande por ela. Ainda mais depois que ela contou que os pais morreram quando ela ainda era pequena, ela tem uma vida maravilhosa, e ainda conquistou isso sozinha. Por isso eu tenho vergonha de contar sobre a faculdade. Ela é bem sucedida e eu um bebê que ainda estuda!



E aí? Ta maior? Gostaram?
Fiz o ponto de vista do Arthur para descobrirem algumas coisas..
Amanha tem mais! Não esqueçam de comentar o que querem que aconteça na web! Beeijo <3 Happy LuAr Day ^.^



5 comentários:

  1. Repetiu umas duas vezes ou três a mesma coisa. Não tá fazendo sentido nenhum :p

    ResponderExcluir
  2. repetiu o começo e agora ficou super pequeno nao gostei

    ResponderExcluir