2ª Temporada - "LuAr na Casa dos Segredos" - 56º Capitulo

|

POV ARTHUR

No quinto mês de gravidez da Lua, as minhas preocupações aumentavam, ainda por cima estou trabalhando e não posso estar 24h sobre 24h atento a tudo o que ela faz. Mas felizmente, tenho amigos que me deixam tranquilo por passarem parte do tempo do dia com ela.

Hoje, quando cheguei a casa, após um longo dia de trabalho no Rec9, vi que a casa estava em festa. Havia musica, pessoas de um lado para o outro e muita comida.

Lua: amor, que bom que você chegou! – ela veio me abraçar e me dar um beijo, enquanto comia algo doce – Chamei os nossos amigos para jantarem cá em casa
Arthur: que bom mas… logo hoje amor? Não podia ser numa sexta ou sábado?
Lua: mas que mal tem hoje?
Arthur: é que hoje é quarta, estamos a meio da semana e eu estou super cansado! – contestei
Lua: porque você sempre reclama? Quando é pra tazer os seus amigos todos das gravações da novela, você fala que está tudo bem, quando é os meus amigos, é que não pode – ela se irritava
Arthur: amor, não é nada disso. Eu não me importo que você convide quem você quiser, mas acho que pelo menos você deveria ter me avisado
Lua: aff, você é tolo mesmo! – ela foi embora para a cozinha
Thomas: papai, a mamãe tá chata – meu filho reclamava
Arthur: é… mas fazer o quê? Mulher gravida é assim mesmo

Havia pessoas que ela conhecia desde a adolescência, havia outras que participar na “casa dos segredos”, havia ainda outros colegas de gravação, enfim, veio meio mundo para cá.
Todo o mundo trouxe presentes porque todos sabem que estamos à espera de uma menina. Então, nos ofereceram mil e uma coisas. A Lua abria os presentes por toda a casa, deixando os papeis dos embrulhos espalhados. O Thomas achava piada a todos e começava a brincar. Enfim, espalhava ainda mais.
Conclusão: todos comeram, beberam, riram e foram embora e eu fiquei arrumando tudo!

Cheguei à cama já passava da meia noite. Eu estava de rastos, mas pelo menos a casa ficou mais ou menos arrumada. No dia seguinte teria de me levantar às 6:30 da manhã, por isso era hora de eu ir dormir.

Arthur: pow amor, você nem me ajudou com nada – deitei na cama, ao seu lado, tentando deitar sobre a barriga dela, como sempre faço de forma confortável
Lua: eu não arrumei nada? Você por acaso viu o monte de copos que eu lavei? – ela me empurrou para o lado, brava
Arthur: mas e o chão, quem varreu? O resto da louça, quem lavou? As cadeiras, quem arrumou?
Lua: isso! joga na minha cara que eu não sirvo para fazer nada, eu e a sua filha aqui né? – ela colocou a mao sobre a sua barriga
Arthur: não é nada disso amor
Lua: não me chama de amor! – Lua ralou comigo – Você é um insenceivel, sem coraçao, idiota! Ahh vai embora! – ela levantou da cama, pelos vistos chorando e quis me expulsar do quarto
Arthur: Lua, chega de birras! – levantei a voz
Lua: e eu é que faço birras? Se você não vai, vou eu!

Ela pegou o seu travesseiro e foi para o quarto de hospedes quem futuramente será o quarto da nossa futura Blanco de Aguiar.
Ainda por cima, se trancou, me impedindo de entrar.
Passei a noite em branco, e tive na mesma de ir trabalhar. O dia correu pessimamente, pois estava muito cansado.

(…)

Quando cheguei em casa, me preparando para o super mau clima, levei uma surpresa.
Lua estava colocando flores na jarra que estava na mesa da sala de jantar. Sobre a mesa, estava bolos, sucos, bolachas, pao e tantas outras coisas gostosas de se comer para um lanche bem caprichado. Lua havia caprichado nesse lanche de hoje. O seu humor dela parecia estar nos altos e eu ia aproveitar isso para não discutir, não mais que ontem.

Lua: amor, que bom que você chegou! – ela me abraçou, fazendo eu largar o casaco, que eu tinha na mão, no chão – Eu te amo tanto, sabia? Sentia tanto a sua falta hoje! – ela me beijou e como é logico correspondi
Arthur: sabe que eu também? – sorri e dei mais uns beijos nela pra descontar o que eu não dei ontem – Cadê o Thomas?
Thomas: aqui papai – ele vinha da cozinha
Arthur: o que você estava fazendo lá?
Thomas: comendo brigadeiro – poderia ter concluído isso pelo seu rosto sujo
Arthur: deixou tudo arrumado?
Thomas: hummm – ele fugiu para o sofá
Lua: ahh, deixa ele vendo tv. Eu arrumo depois – ela riu – Vem, vamos lanchar. Como foi o trabalho? Correu tudo bem? Tá cansado hoje?

A Lua nem parecia a mesma de ontem. Eu estava fascinado. As gravidas mudam de humor como “uma pessoa muda de cuecas”. É sem dúvida, super fascinante.

Lua: podíamos aproveitar que o Thomas esta ali distraído com a tv e dávamos um pulinho ao quarto, o que você acha? – ela me fazia perguntas indecentes, toda manhosa, enquanto passava a mão sobre a minha camisa de trabalho. Eu não tinha como recusar…

Ainda hoje tem mais

Hey, sigam o meu insta *-* acabadinho de criar  _crisjesus sigo de volta ;)

8 comentários:

  1. amo essa web que pena estar acabando não gosto da outra :(

    ResponderExcluir
  2. Hahaha Lua estranha muda de humor de uma hora pra outra, posta maais?

    ResponderExcluir
  3. quero maaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaais
    ass Sophia

    ResponderExcluir
  4. tadinho do arthur ele ficou confuso por a lua ter mudanças de humor tão repentinas no mesmo dia kkkkkkk, posta mais pf

    ResponderExcluir
  5. Posta +++++++++++++++++++++++
    Ameeii *-*

    ResponderExcluir