2ª Temporada - "LuAr na Casa dos Segredos" - 53º Capitulo

|

POV ARTHUR

30 minutos para mim nunca passaram tao devagar como hoje. Porquê logo hoje também? porque não amanha? Porque é que 30 minutos não passam devagar quando temos de acordar cedo para trabalhar? Enfim, mundo cruel!

Lua: será que demora muito mais?
Arthur: impaciente?
Lua: muito! – respondeu – E com fome também
Arthur: eu também. pizza para o jantar?
Lua: e o Thomas?
Arthur: ele pode comer também
Lua: tá… depois vemos isso. – ela não estava nem ai para a comida

Pouco mais de três minutos nos chamaram para entrarmos de novo naquele consultório. A doutora tinha a cara seria e alguns papeis nas mãos.
Sentamos e ficamos de novo sobre o olhar atento dela. O Thomas estava mexendo nas coisas que não eram dele, mas também pouco me importei com isso. eu queria era  saber o resultado

Doutora: bom, tenho o resultado nas mãos
Lua: isso nos sabemos… e como foi?
Doutora: - ela abriu e mostrou para nós – Infelizmente você não conseguiu Lua…
Lua: eu não acredito – as lagrimas caíram sobre o seu rosto – Pow, mas agente se esforçou tanto…
Arthur: fica calma – abracei ela de lado – Doutora, você acha que não dá mesmo?
Doutora: não… pelo contrário. Eu acho que vocês podem tentar apenas mais uma vez.
Lua: mas como? Agente fez de tudo doutora! – ela estava desiludida – Agente fez amor por tudo o que era lugar, até no meio do mar fizemos. Trocamos posições e até fazíamos mais que uma vez por dia. Chegava mesmo a ser três vezes
Doutora: eu já vos disse que não é por fazerem muitas vezes que as coisas vão acontecer. Tudo depende do seu organismo Lua. Você sabe do problema que tem e não pode se revoltar
Lua: mas o que me entristece é o facto da gente já ter tentando tantas vezes e nada dar certo… 
Doutora: você vai ver que tudo vai dar certo. Eu tenho uma ideia de uma última tentativa de que vocês possam fazer. Talvez dê certo.

(…)

Aqui estamos nós. Estados Unidos, 19:34 da tarde! Eis aqui, um pais quente, segundo a doutora. Deveríamos escolher entre Reino Unido e Estados Unidos, e decidimos vir para cá. Quero dizer, a Lua decidiu.
Segundo o conselho da doutora, os países quentes são os melhores para engravidar. Espero que esta semana, que é o tempo que podemos estar aqui, dê para “alimentar” o nosso desejo de sermos pais.

Lua: quer saber? – ela olhou para mim – Não dá nem vontade de ter sexo!
Arthur: o que? – olhei pra como assustado com o seu desabafo – Você não pode decidir isso agora. Paramos as gravações durante uma semana. Você não pode simplesmente dizer que não quer ter sexo!
Lua: mas é que eu sinto que sou obrigada a faze-lo e não quero isso!
Arthur: amor, mas este lugar aqui pode dar o que você quer tanto. Agente deixou tanta coisa para trás.
Lua: é isso que me irrita. Eu não queria deixar o Thomas com a sua mãe. Eu queria que ele viesse com agente
Arthur: mas a doutora falou que…
Lua interrompe: que deveríamos estar sozinhos e sem preocupações e bla bla bla. Eu acho que ela fala de mais.
Arthur: não acredita mais no trabalho de especialistas?
Lua: so acredito se eu chegar ao Brasil, fizer o teste e que isso dê positivo! Caso contrário, não acredito em droga nenhuma
Arthur: você não pode ficar irritada. Vá, vamos para o hotel. Eu to morrendo de calor, preciso de beber algo agora!
Lua: vamos logo para o hotel.

No hotel somos bem recebidos. Os empregados eram bem simpáticos e ficaram o tempo todo falando e tentando que nos entendêssemos bem o que eles diziam. Felizmente, eu e a Lua entendemos bem o que eles tanto falam.

Quando eu disse que ficaríamos cá uma semana, não chega bem a ser. Mas vamos aproveitar esses poucos dias aqui e curtir muito.

Lua: Inglaterra é um local lindo amor! Queria começar a visitar as coisas hoje. O que você acha?
Arthur: não acha um pouco tarde?
Lua: não… - ela lia um papel qualquer que pegou na entrada do hotel – Tower Bridge seria bom, para começar. De noite aquilo é lindo
Arthur: então pronto, vamos lá hoje
Lua: Arthur…
Arthur: sim?
Lua: começamos hoje com o… - ela não quis falar, apenas deu a entender
Arthur: só se você quiser
Lua: é isso que eu não quero
Arthur: não quer fazer amor comigo? – me exaltei
Lua: não é isso. apenas não quero que seja “obrigatório” fazer isso. caso contrário, não sentirei prazer nenhum
Arthur: tá… fazermos tudo normalmente. Não se preocupa com isso
Lua: obrigada por me entender
Arthur: obrigado eu por você ser assim – deitei ao seu lado e encostei o rosto no peito dela
Lua: assim como?
Arthur: perfeita, linda e maravilhosa! – enchi o seu pescoço de beijos

0 comentários no capitulo 51? #Triste

10 comentários:

  1. Posta mais.

    Fiquei triste, eles merecem que ela fique gravida.

    ResponderExcluir
  2. Eu comentei la mo cap 51 pode ver
    Ass:manu

    ResponderExcluir
  3. Posta +++++++++++++++++++++
    Ameeii *-*

    ResponderExcluir
  4. Vc falou que eles estavam nos EUA mas dps a Lua falou q queria conhecer os lugares da Inglaterra, ficou um pouco confuso :s E bom, o clima do Uk é subpolar, então...só faz calor mesmo nos meses julho/agosto e se estiver muito úmido!

    ResponderExcluir