Não foi um erro - 3º Capitulo

|

No capitulo anterior…

POV LUA

Quando ele “evoluiu” nos movimentos, eu soltei gritinhos e cerrei os olhos sentindo um prazer exorbitante e aquele momento foi prolongando ainda mais o meu prazer. 

Depois de nos amarmos daquele jeito, eu fiquei super cansada, super sem forças para nada. As dores felizmente haviam passado e a alegria tomava conta do meu corpo. Porém, não ia ser para sempre assim.
Eu estava de olhos fechados sobre o peito nu de Arthur. ele pensava que eu estava dormindo e por isso ele passou os seus dois dedinhos sobre toda a extensão do meu corpo, me fazendo arrepiar e depois ainda me beijou.

- Eu adorei cada segundo com você… - disse-lhe
- Te fiz feliz?
- Mais que isso. me fez feliz, amada… eu estou radiante
- Não está arrependida?
- Nunca! – dei segurança a ele
- Eu acho que é com isso que agora agente vai ficar juntos pra sempre, embora à distância
- Você acha que era preciso ter dado esse passo para agente ter a certeza de que agente se ama mesmo? E vamos nos amar para sempre?
- Exatamente! – ele dizia confiante
- Tudo bem – sorri – Se você diz.

Eu confiava plenamente nele. O Arthur era mais velho e mais experiente. Se ele dizia isso, era porque achava que assim era certo.

- Porém, o nosso tempo está terminando – ele se levantou da cama e pegou a sua cueca boxer
- A que horas é o seu voo? – perguntei, enquanto me tapava com o lençol
- Daqui a 1:30h tenho de sair de casa
- Mas já Arthur? – eu disse com os olhos cheios de lágrimas
- Tem de ser docinho… - ele acariciou o meu rosto – Olha, enquanto eu estiver lá em Londres, agente vai conversar sempre.
- Me dá o seu endereço? Eu quero muito depois conversar com você por cartas e depois te enviar coisas e assim…
- Eu ainda não sei ele…
- Mas não é o mesmo endereço do teu pai? Você não vai morar na casa dele?
- É, vou… mas eu não tenho a certeza. Depois eu te falo – ele vestiu a blusa – Agora acho melhor você ir embora porque a minha mãe vai chegar a estranhar todo esse tempo que estivemos aqui
- Quer dizer que é agora a despedida?
- Precisa disso? – ele parecia não querer se despedir
- Lógico… eu vou passar muito tempo sem você! – eu levantei da cama, já com as peças intimas vestidas e abracei ele bem forte, que também retribuiu o abraço – Amo você!
- Te amo! – ele respondeu

Ficamos uns bons minutinhos abraçados. Várias imagens de nos dois foi passando na minha cabeça. Desde a primeira vez que nos conhecemos…

FLASH BACK

Havia chegado ao colégio o novo menino rico, filho do papai e da mamãe. Porque raio ele tinha de ser tão lindo assim? Mas ainda por cima é convencido e tem a mania que é modelo.

- Ele é modelo
- É tão gostosin – comentavam as garotas
- Tem gente que fala que ele vai ser um dos melhores modelos do Brasil
- Será que ele tem namorada?
- Eu acho que não
- Então vou me arrumar e me apresentar pra ele

As garotas já nem agir sabiam. Já não sabiam nem falar direito. Elas queriam era ficar com o Arthur. ele não estava nem ai pra elas. Nem para elas, nem para ninguém. Porém, ficamos na mesma turma e a carteira dele era ao lado da minha.

- E a loirinha aqui quem é? – ele me perguntou  -Todas se apresentaram menos você
- Lua Blanco, a única garota que não quer ficar com você!
- Nossa, gostei hein – ele ria – Vejo que é decidida
- Você nem imagina o quanto! – provoquei

FLASH BACK OFF

Até o dia de hoje. Dia que ficará marcado para sempre na minha memoria. Hoje, com apenas 15 anos, eu já não sou virgem. Eu sei que é cedo e é também muito arriscado, mas foi o certo a fazer com o homem certo da minha vida. Ele será meu para sempre. Um dia iremos casar e sermos felizes para sempre.

- Bom, vou te levar à porta – ele deixou o abraço – Se veste – ele pediu
- Claro! – me vesti e saímos do quarto dele
- Eu nem me despedi da galera, mas não tem importância
- Porque razão não têm importância?
- Você ainda pergunta? – ele disse, quase me encarando – O Micael me odeia, a Sophia me odeia e o Chay e a Mel andam pegados por ai.
- Eles não te odeiam… eles apenas não pensam do mesmo que você.
- O que vai dar ao mesmo. Olha, eu só quero que você pense em mim e que não ligue pro que eles dizem. Acho até que eles têm inveja de nos dois – ele colocou as mãos de volta da minha cintura
- Porque razão teriam inveja? Cada um deles namora e é feliz
- Olha, pensa o que você quiser…

Fomos até à porta onde nos despedimos mais uma vez. Achei uma despedida fria por parte dele, mas com certeza ele fez isso para que não chorasse à minha frente. Capaz disso, era ele.

Assim eu cheguei em casa, à noite, levei uma bronca dos meus pais.

- Onde você andou esse tempo todo? – perguntou aminha mãe
- E porque não atendeu o celular?
- Queria nos matar de preocupação?
- Ahh mãe, relaxa. Pai, o celular está sem bateria.
- Vá para o seu quarto. Quando eu te chamar, venha jantar sem demora
- Ok!

Subi para o meu quarto e antes de tomar banho, liguei para a Carla.

LIGAÇAO ON

- Carla, eu estou tão mal – desabei em choro
- Lua, mas porque? Ele terminou com você?
- Não… ele vai para Londres durante um tempo indeterminado. Ele pode nem gostar de estar lá e vir na semana que vem, como pode gostar e ficar lá anos e anos. – eu choramingava – Mas olha, a nossa despedida foi única
- Como foi?
- Agente transou…
- VOCÊS O QUE? – ela gritou no meu ouvido
- Aii sua louca – reclamei – Por Carla, foi tão único, tao perfeito…
- Quer dizer que você não é mais virgem?
- Exatamente – eu ri, entre lágrimas ainda
- Vocês se protegeram?
- Lógico…
- E ele foi carinhoso com você?
- Foi muito… - eu relembrava os momentos – Foram momentos únicos, que eu sentirei saudade para todo o sempre.

Os próximos capítulos serão um pouco mais interessantes.

4 comentários:

  1. mais mais cris posta LuAr na casa dos segredos pf pf pf

    ResponderExcluir
  2. mais mais, muito bom

    ResponderExcluir
  3. Hm ... espero que esse processo de o Thur tá em Londres passe rápido e que ele volte logo ai sim a web vai ficar beem interessante. Maais ?

    ResponderExcluir