2º Temporada -- Mais que Melhores Amigos - 38º Capitulo

|

No dia seguinte…

POV ARTHUR

Se eu estava feliz? Sim, estava muito. Embora que eu tenha gostado da ideia de ser pai e de inclusive partilhar a casa com a Lua. Mas não sei se me iria acostumar a ter que dar mamadeira e trocar fralda, acho que por enquanto, não é a minha onda.
Foi melhor o teste ter dado negativo porque assim eu e a Lua vamos conseguir organizar as nossas vidas e terminar a faculdade sem problemas. Já para não falar dos problemas que eu teria com o pai dela, por a ter engravidado. Mas uma coisa é certa: eu não teria feito nada sozinho.

O melhor de tudo isso, é que hoje é domingo e eu acordei ao lado da minha princesa. É… hoje ela dormiu de novo no meu ape.
Ontem, depois do jantar com a irmã dela, fomos dar uma volta pela cidade e de seguida viemos para cá porque já estava tarde para eu levar ela em casa.

Ainda não era meio dia, por isso não esperava a Lua acordar, mas pelos vistos…

Lua: bom dia – ela disse dando um beijo no meu pescoço e de seguida voltar a deitar na cama, com um sorrisao nos lábios – sabia que eu te amo?
Arthur ri: acordou muito fofa sabia? – deitei por cima dela – também te amo coisa linda – nos beijamos
Lua: mas eu estou com fome – disse saindo de cima de mim
Arthur: quer comer o que?
Lua: voce disse que faria sempre o café da manha para mim…
Arthur: mas isso era se voce viesse morar comigo
Lua: eu não venho morar com voce tão cedo
Arthur: porque voce diz isso?
Lua: amor, eu já te expliquei… quero terminar a faculdade.
Arthur: é, eu sei… -  olhei pró lado – O Bê não estava lindo ontem?
Lua ri: super lindo. Ele esta muito fofo. Ele é a carinha do pai toda, são super iguais
Arthur: mas ele puxou a minha beleza – me gabei
Lua ri: o seu lado convencido também
Arthur: eu não sou convencido, voce sabe bem que não
Lua: sabe o que podíamos fazer hoje?
Arthur: o que?
Lua: pegar o Bê e passar o dia com ele
Arthur: ta, boa ideia… mas antes – comecei a beijar o seu pescoço – vamos namorar – continuei…
Lua ri: assim voce vai me matar Aguiar – ela me empurrou – eu estou com fome
Arthur: ta bom – fiz bico e levantei

Saimos do quarto e fomos logo para a cozinha. A Lua começou a ver o que tinha no refrigerados e tinha algo que ela queria no canto de cima e não chegava. Então, se pos em bicos dos pés, esticando a mão e tentando chegar lá. Eu estava sentado em cima da mesa rindo muito… reparei também no detalhe: ela estava com a minha blusa vestida, que fez de pijaminha dela.

Arthur ri: quer ajuda?
Lua: quero – ela cruzou os braços – porque voce tem de por a nutella sempre em cima arthur?
Arthur: porque é la que tem espaço né tolinha? – levantei e peguei para ela

Depois ela foi para a bancada da cozinha, por a nutella no pão. Eu me encostei a ela, por trás e a abracei.

Lua ri: arthur, olha o que eu estou fazendo
Arthur: eu estou vendo – peguei um pouco de nutella e pus no seu rosto – opps
Lua ri: sac*nagem o que voce fez
Arthur ri: fico linda assim. Deixa eu limpar – passei a língua no seu rosto
Lua ri: bobo, isso não vale – ela fez igual em mim – opps, deixa eu limpar – e ela fez o mesmo que eu
Arthur ri: te amo

Beijei ela, a encostando na bancada. Ela pôs as mãos de volta do meu pescoço e ficamos la nos beijando. Mas claro que o beijo esquentou, porque eu estava sem blusa e ela insistia em passar as mãos por todo o meu “tanquinho” e pronto, isso me deixava louco. Separei num instante o beijo so para pegar ela ao colo, colocando as suas pernas de volta da minha cintura e a levei para o sofá, sem parar o beijo.
De seguida, deitei ela lá e fiquei por cima… na hora que eu ia tentar tirar a blusa dela, ela me jogou para o chão, se levantando e olhando para mim sem jeito.

Lua: fome… eu fiquei co… eu vou… - ela se atrapalhou toda e foi para a cozinha
Arthur: Lua, o que se passa? – falei alto, ainda no chão
Lua: nada – ela gritou da cozinha
Arthur: tem certeza?
Lua: sim – ela voltou a gritar

Me levantei, fui até a cozinha e fiquei mesmo na porta, olhando para ela que se atrapalhava toda pondo a nutella no pão e fazendo café.

Arthur: porque é que eu acho que algo se passa?
Lua: não sei… - ela disse sem me olhar
Arthur: voce me jugou no chão
Lua: eu estava com fome
Arthur: com fome ou com medo?
Lua: medo de tomar o café da manha? Nunca
Arthur: medo de estar comigo
Lua: claro que não

Ela pegou o pão e o café e foi para a sala, nem me olhando. Eu fui atrás.

Arthur: tá sim com medo e esta fugindo
Lua: eu vou ligar à minha irmã para agent…
Arthur interrompe: Lua, não foge do assunto
Lua: eu estou sentada, como iria fugir?
Arthur: aff, não dá mesmo!

Fui para a cozinha fazer o meu café da manha enquanto ela ficou falando com a irmã ao celular. Fiquei mesmo na cozinha e tomei lá o café da manha. Depois, fui para o quarto me arrumar. De seguida, a Lua entrou e fez o mesmo.

Lua: ta pronto?
Arthur: sim – falei olhando para ela – voce ta linda – sorri
Lua ri: gostou? – ela deu uma voltinha – eu também.
Arthur ri: bobinha. Vamos?
Lua: vamos.

Demos as mãos e fomos para o meu carro. Tínhamos de ir buscar o Bernardo à casa da Ana e assim o fizemos. De seguida, fomos para o parque.
Outras muitas crianças estavam lá, brincando com os pais ou irmãos e algumas pessoas olhavam para nós e para o Bê. Deveriam pensar que talvez aquele fosse o nosso filho e ate ouvi comentários

Xx: nossa, tão novos e já com um bebe
Kk: que irresponsabilidade

Acho que as pessoas deveriam se importar mais com os seus e menos com os outros né? Enfim…

Arthur: será que ele esta com fome?
Lua: não, a minha irmã falou que ele so comia agora às 2horas da tarde
Arthur: faltam 30 minutos então – falei olhando o relógio

Olhamos os dois para ele, que brincava ao nosso lado na caixa de areia. Claro que estávamos olhando sempre para ele e tomando todos os cuidados possíveis.

Arthur: vamos dar uma volta?
Lua: mas ele ainda esta brincando, ele esta gostando tanto – ela riu
Arthur: mas já estamos aqui a algum tempo, alem do mais, estou com fome
Lua: ta bom, vamos então

Na hora de tirar ele de lá, ele começou a chorar muito e toda a galera olhava para nós. Sim, eu morri de vergonha.

Arthur: bebe, demos agente vai ali de novo – falei com ele ao colo, que ainda chorava
Lua ri: voce acha que ele ta entendo o que voce ta dizendo?
Arthur: não tá?
Lua ri: amor, ele so tem 1 ano
Arthur: ta mais… ok! – eu ri

Andamos um pouco a pé, olhando o mar e eu ia falando com o Bernardo para ele se acalmar.
Almoçamos num restaurante e pedimos para eles aquecerem o leite do Bê, para ele também almoçar.
Depois, saímos do restaurante…

Lua: olha ali amor – ela apontou – não é a Carla?
Arthur: meu deus, é mesmo… e vem com a bebe.
Lua: carolina né?
Arthur: sim, é – olhávamos ao longe
Lua: mas aquele não é o Diego né?
Arthur: não, não é… é outro cara
Lua: olha, eles se beijaram – ela disse de boca aberta
Arthur ri: ok amor, vamos parar com isso!

Andamos mais um pouco até chegar a eles.

Carla: Arthur? Lua? Quem é esse bebe lindo? – ela apertou a bochecha do Bê
Lua ri: oii Carla, é o nosso afilhado
Carla ri: pensei que era vosso filho
Arthur ri: não, ainda não
Lua: oi princesa – ela disse para a carolina – voce se lembra de mim? – a menina não respondeu
Arthur ri: eu penso que não. ela não nos vê a muito tempo
Lua: acho que foi no batizado dela que nos vimos pela ultima vez
Carla: é verdade. Parabéns arthur, pela sua banda
Arthur ri: voce também já sabe?
Carla: impossível não sabe. E parabéns a voce também, senhora que vem na capa das revistas – nos rimos
Lua ri: senhora não por favor
Carla: bem, tenho de vos apresentar ele – apontando para o cara – é o meu namorado, Felipe
Lua: oi prazer – ela cumprimentou ele
Arthur: oi – cumprimentei com um aperto de mãos
Felipe: oi, prazer
Lua: quer dizer que o Diego passou a vida né?
Arthur: Lua! – repreendi – isso é la coisa de se perguntar?
Lua ri: desculpa…
Carla ri: mas vocês não souberam?
Arthur: do que?
Carla: o Diego fugiu do país
Lua: como assim?
Carla: na altura em que o Arthur foi para NY, ele fugiu também não sei para onde. So deixou uma carta, dizendo que não queria saber das responsabilidades, ou seja, a carolina
Arthur: caraca, que canalha!
Carla: mas agente, eu estou bem… alias, super bem. Estou noiva – ela mostrou o anel no dedo
Lua ri: nossa, que lindo – ela disse pegando na mão da Carla, para ver mais de perto – amor, eu quero um também – ela cruzou os braços
Arthur ri: quem sabe né? Parabéns aos dois
Carla e Felipe: obrigado – eles sorriram
Lua: ohww, adorei ver vocês. Muitas felicidades
Felipe: para vocês também
Arthur: bem, nos vemos em outro dia
Carla: fico a espera de mensagem
Lua: combinado. Tchau, beijo
Carla: tchau

Nos despedimos e fomos para o nosso carro…

E ai, gostaram? Querem mais?


4 comentários:

  1. Amei *-*
    Posta +++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  2. Posta mais , haha ' && mtt obrigado por nn colocar a Luinha grávida , irir estragar u pouco a relação deles , de uma certa forma :DD

    ResponderExcluir